Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

CIMBAL anunciou novos passes e descontos no transporte rodoviário

Zé LG, 19.09.22

TRIMBAL4-768x576.jpgO novo programa possibilita a utilização dos transportes públicos rodoviários, através dos “passes de linha”, com origem e destino previamente definidos. Para os utentes que já sejam titulares de passes, as novas tarifas operam automaticamente.

Os tarifários são os seguintes:

– Passes de linha até 4 km – 20 €;

– Passes municipais (origem e destino dentro do mesmo município) – 30 €;

– Passes intermunicipais (entre municípios da CIMBAL) – 40 €;

– Passes inter-regionais (entre CIMBAL e comunidades intermunicipais adjacentes)–50€.

Os transportes escolares e os transportes urbanos do concelho de Beja não estão incluídos nestas tarifas.

CIMBAL já tem em vigor novas tarifas no transporte rodoviário do Baixo Alentejo

Zé LG, 23.08.22

202208211412365774.pngJá estão em vigor as novas tarifas de passes rodoviários, apoiadas pelo Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART), suportado pelo Fundo Ambiental, nos treze municípios do Baixo Alentejo, nos percursos previstos na concessão do Transporte Rodoviário Intermunicipal do Baixo Alentejo, iniciada este ano. No futuro, os descontos também poderão chegar aos passes do transporte ferroviário. Veja aqui os tipos e os preços dos vários passes.

Chamem os Bombeiros, porque a CIMBAL "está a arder"

Zé LG, 22.08.22

CIMBAL-Arsenio-e-Bota_800x800.jpgO presidente da Câmara de Beja, desmentiu o presidente da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) e também presidente da Câmara de Almodôvar, depois da CIMBAL ter emitido um comunicado onde é garantido que a autarquia bejense “assegura os restante 30 mil euros para a reparação da autoescada dos bombeiros”.

Paulo Arsénio desmentiu categoricamente o seu colega: “não é verdade. Isso não corresponde à verdade e nunca foi dito. Está errado” e garantiu que vai levar o assunto de novo à próxima reunião da CIMBAL, do próximo dia 12 de setembro, “para que todos os municípios possam contribuir. Se todos tiverem boa vontade podem mantê-la”.

Antes, António Bota, tinha referido que “apesar de estar no comunicado, não existia nenhum documento da Câmara de Beja a assegurar os 30 mil euros” e que “não concordo que as restantes doze câmaras coloquem uma verba na reparação de uma autoescada localizada em Beja que numa deslocação leva uma eternidade”.

O que devia unir as autarquias, principalmente numa altura de incêndios, serve para dividi-las, incluindo, como é o caso, presididas por eleitos do mesmo partido (PS). Unam-se e contribuam para reparar a autoescada antes que precisem dela!...

CIMBAL reduz em 25% passes nos transportes públicos da TRIMBAL

Zé LG, 29.06.22

CIMBAL-Trimbal_800x800-240x240.jpgNa sequência da implementação do Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos (PART), a CIMBAL deliberou atribuir a todos os utilizadores residentes no seu território, treze dos catorze concelhos do distrito, com exceção de Odemira, um desconto de 25% nas assinaturas de linha do operador de serviço público de transporte de passageiros no Baixo Alentejo, que tenham origem no território por si abrangido.

O presidente da Câmara de Beja informa que “a partir de 1 de julho o passe mensal máximo de transporte público rodoviário com partida e destino dentro do concelho de Beja será de 30,00 euros (valor garantido até 31 de dezembro de 2022)”.

Municípios do Baixo Alentejo assinaram novo Protocolo com ULSBA

Zé LG, 27.06.22

202206270859516612.jpgO Protocolo agora assinado, pioneiro e diferenciador a nível nacional, pretende reforçar a parceria entre os serviços do ministério da Saúde e os municípios, tendo em vista a concretização de vários objetivos nomeadamente colaborar na investigação sobre os agentes de transmissão denominados de vetores (mosquitos e carraças) e garantir a monitorização e vigilância da atividade dos vetores de transmissão.

“Acordem, porra!”, apela Jorge Pulido Valente aos autarcas

Zé LG, 27.06.22

30727644_880493072123842_6029269712825745408_n.jpgEste alerta aos autarcas resulta da enorme preocupação com o facto de nos confrontarmos com problemas que afectam gravemente o desenvolvimento da nossa região e não vermos as câmaras municipais tomarem medidas ou iniciativas políticas para os resolver, ou, no mínimo, promoverem publicamente o debate.

E refere: Água: está em curso oprojeto “Reforço do Abastecimento de Água ao Algarve – Solução da Tomada de Água no Pomarão”que poderá ter impactos significativos nos caudais do Guadiana e nas disponibilidades de Alqueva; Mão de obra, problema que só poderá ser resolvido com a imigração; Aumento da pobreza e Pobreza energética.

Oiça e leia aqui todo o apelo

Projetos estruturantes da região em debate entre autarcas da CIMBAL e ministra da Coesão

Zé LG, 25.06.22

202206241002127853.jpgA ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, e o secretário de Estado da Administração Local e Ordenamento do Território, Carlos Miguel reuniram-se, ontem, na sede da CIMBAL, com os autarcas do Baixo Alentejo, tendo sido abordada a questão das acessibilidades rodoviárias, com destaque para a necessidade de concretização do IP 8, a evolução do projeto de modernização/eletrificação da linha ferroviária Beja/Casa Branca com construção do ramal ao Aeroporto de Beja e a possibilidade de maior utilização desta infraestrutura.

Foi ainda efetuado um ponto de situação sobre a execução do Portugal 2020 e o próximo período de programação, o Portugal 2030 e quais os desafios para as comunidades intermunicipais e para os municípios que as constituem, bem como as atuais condições de mercado das obras públicas e a penalização que muitas operações sofrem, em virtude da desatualização dos designados “custos de referência”.

Municípios do Baixo Alentejo “disponíveis para colaborar ativamente para o sucesso da Candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura”

Zé LG, 15.06.22

202206131808556787.PNGO presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, e a coordenadora da Equipa de Missão, Paula Mota Garcia, estiveram ontem na reunião ordinária do Conselho Intermunicipal da CIMBAL. Para além da apresentação, foi destacada a necessidade desta Candidatura "ter um âmbito regional, de todo o Alentejo, com a identidade cultural que o caracteriza". Nesse sentido, a CIMBAL afirma que "da parte dos municípios do Baixo Alentejo, foi demonstrada a disponibilidade e vontade de colaborarem ativamente para o sucesso da mesma".

Pavilhão de Diabetologia da ULSBA, apoiado pela CIMBAL, EDIA e SOMINCOR, foi inaugurado no Hospital de Beja

Zé LG, 10.06.22

202206091042289960.PNGA CIMBAL revela que “este projeto tem como objetivo prestar os melhores cuidados de saúde às crianças, grávidas, adultos e idosos do Baixo Alentejo, com Diabetes Mellitus” e que “estes doentes receberão o tratamento e acompanhamento similar a outras zonas do País”. É ainda adiantado que “os mais jovens, terão a oportunidade de ter uma “bomba infusora” de insulina, o tratamento mais inovador para quem tem Diabetes Tipo 1.”

CIMBAL aprovou proposta de tarifas dos transportes públicos

Zé LG, 16.02.22

imgLoader2.jpgO Conselho Intermunicipal da CIMBAL aprovou, na última 2ª feira, o projeto de Regulamento Intermunicipal que estabelece as regras para a implementação do PART-Programa de Apoio à Redução Tarifária nos transportes públicos do Baixo Alentejo. O documento aprovado, de acordo com a legislação em vigor, vai ser submetido a consulta pública, pelo período de trinta dias, prevê a aplicação de valores únicos de passes municipais, 30 euros, intermunicipais, 40 euros e inter-regionais, com origem em Municípios do Baixo Alentejo, 50 euros. Prevê também a possibilidade de aplicação destes valores aos passes ferroviários, logo que seja possível.

Municípios do Baixo Alentejo apresentam medidas contra a seca

Zé LG, 09.02.22

Agricultura-seca-Entradas-1024x576.jpg“Resultante dos contactos estabelecidos” pelos autarcas “com algumas das associações mais representativas do setor”, é proposto “um conjunto de intervenções e de apoios de forma a mitigar” e “proporcionar condições para que a atividade agrícola e agropecuária consiga ultrapassar este dificílimo momento”, sublinha a CIMBAL, que, para além das 12 medidas urgentes propostas, apresenta também medidas de médio prazo a propor ao futuro governo.

Marco Monteiro Cândido, do Gabinete de Comunicação da Câmara de Ourique, é o novo Director do Diário do Alentejo

Zé LG, 11.01.22

202201101742118628.jpgMarco Monteiro Cândido, tem 39 anos, é licenciado em Comunicação Social, com pós-graduação em Jornalismo. Desempenhou funções de jornalista freelancer em jornais da região (Diário do Alentejo e Correio Alentejo), bem como de produtor na equipa da Grande Reportagem da SIC. Paralelamente, colaborou com empresas do sector audiovisual na criação de diversos conteúdos multimédia.

Desde 2015 que desempenha funções no Gabinete de Comunicação da Câmara Municipal de Ourique e, a partir da próxima edição, Marco Monteiro Cândido assumirá interinamente a função de Diretor do jornal, substituindo assim Luís Godinho.

Se o contrato de prestação de serviços com Luís Godinho terminava no final deste mês, porque é que a CIMBAL nomeou já, em plena pré-campanha eleitoral, o técnico de Comunicação Social da Câmara de Ourique para o substituir? Parece-me uma questão demasiado delicada que exige mais esclarecimentos da CIMBAL. Ficamos a aguardar.

“E como esquecer… a “visita histórica” e “amiga” que um deputado da nação se deu ao luxo de promover para me pôr na linha?”

Zé LG, 02.01.22

Diário-Alentejo-barriga_800x800-160x160.jpg«... Já me perguntaram se estou “contente” com o desfecho da “novela”. E a minha resposta tem sido esta: sim! E não! Ao mesmo tempo.
Estou contente, claro, porque procurei na Justiça a justiça que não encontrei fora dela. E ela fez-se, a Justiça!
Simultaneamente, enquanto cidadão e contribuinte, senti-me vexado. Vi-me espoliado dos meus direitos enquanto trabalhador, despedido de forma vil, ameaçado, vítima de calúnias e de intrujices, coagido. Por muito boa que seja a decisão final dos tribunais, quem poderá esquecer e ficar feliz com tanta e tamanha infâmia?
E como esquecer? Esquecer as pressões inenarráveis dos meus patrões, ainda para mais autarcas eleitos e com deveres de defesa do bem público? As suas tentativas de intercedência política na vida editorial do jornal que dirigia? A “visita histórica” e “amiga” que um deputado da nação se deu ao luxo de promover para me pôr na linha?
O concurso maquiavélico, viciado, para não dizer pornográfico, para diretor do DA engendrado pelo secretário da instituição e pelos seus fantoches de mão? A campanha de difamação das redes sociais e nos blogues que contra mim promoveram?
A campanha difamatória que fomentaram junto dos meus atuais “patrões” com o intuito de me prejudicarem a mim e à minha família? E a mentira? É muito difícil conviver com ela. Fica atravessada na goela. Jamais me esquecerei das caras deslavadas de Jorge Rosa e de Fernando Romba, no Tribunal de Trabalho de Beja, perante uma juíza de direito, impávidos, profissionais do ilusionismo, a afirmarem que quase nem me conheciam, que não sabiam quem dirigia de facto o DA, que desconheciam se eu tinha assento no jornal ou se me relacionava com as pessoas que lá trabalhavam… sinto pena e sinto vergonha por eles. Ao mesmo tempo. ...» Paulo Barriga. Aqui.

Assembleia Intermunicipal da CIMBAL reelege Ana Horta para presidente da Mesa e Fernando Romba primeiro secretário

Zé LG, 13.12.21

202112111632527015.PNG

fernando-romba-768x432.jpgAna Horta foi reeleita presidente da Mesa da Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL). Integram ainda a Mesa, Norberto Fialho como vice-presidente e Elsa Romba Barros, como secretária.

A nova Assembleia Intermunicipal da CIMBAL elegeu ainda, o Secretariado Executivo Intermunicipal tendo Fernando Romba sido também reeleito como Primeiro Secretário.

António Bota eleito Presidente do Conselho Intermunicipal da CIMBAL

Zé LG, 26.10.21

20211026153517286.JPGOs presidentes das Câmaras Municipais de Almodôvar, António Bota (PS), de Beja, Paulo Arsénio (PS) e de Vidigueira Rui Raposo (CDU) foram eleitos, por unanimidade, presidente e vice-presidentes do Conselho Intermunicipal da CIMBAL.

António Bota disse que as prioridades da CIMBAL “são diversas, mas a maior delas é manter unidos os eleitos da comunidade em prol de um objetivo comum: angariar mais fundos comunitários e executá-los na região”, que os autarcas têm “de unir esforços para conseguir mais e melhor para a região e para que os cidadãos fiquem beneficiados com o trabalho tanto ao nível das autarquias como ao nível do grupo autárquico da CIMBAL” e que vai apostar numa “visão coerente e de proximidade com os fundos comunitários para o ciclo da água, as eficiências energética e hídrica e o acolhimento empresarial para estimular a economia”.

Eleitos do PS acusam eleitos da CDU na CIMBAL de “eleitoralismo” e “desnorte” e dizem que têm apresentado propostas ao governo

Zé LG, 24.06.21

202105041742328615.pngOs eleitos do PS na Assembleia Intermunicipal da CIMBAL afirmam que “não aceitam as acusações dos eleitos da CDU por serem deslocadas da realidade, demagógicas e, puramente, eleitoralistas.” Ana Horta, presidente da Assembleia Intermunicipal fala mesmo em "desnorte" por parte do PCP.
Os eleitos do PS votaram contra a proposta de Moção “Exigimos do governo a concretização do investimento público há muito previsto”, apresentada pelos eleitos da CDU, porque consideram que se trata de um "ataque focado" no “bota-abaixo” e consideram “demagógico afirmar que têm adotado uma postura passiva e subserviente ao governo” e apontam como exemplo “as propostas apresentadas no processo de auscultação pública do PNI2030 e do plano de Recuperação e Resiliência, documentos esses que, contraponto com os documentos anteriores de planeamento, finalmente preveem a realização de vários investimentos, na rodovia e na ferrovia da região” destacando “a modernização (incluindo eletrificação) do troco Casa Branca-Beja, a realização dos estudos necessários à reativação do troço Beja –Funcheira, conclusão do IP8 entre Sines e Beja, incluindo a variante a Beringel e a construção da variante a Aljustrel.

Eleitos da CDU acusam eleitos do PS na CIMBAL de não reivindicarem os investimentos necessários à região para protegem o governo do seu partido

Zé LG, 22.06.21

202102221057594410.jpgOs eleitos da CDU na Assembleia Intermunicipal da CIMBAL acusam os eleitos do PS, nesse órgão, de protegerem o seu governo e não reivindicarem os investimentos necessários à região, depois de, na última reunião da Assembleia intermunicipal, os eleitos do PS terem votado contra uma moção apresentada pelos eleitos da CDU onde era exigido do governo a concretização do investimento público há muito previsto para esta região, designadamente na mobilidade rodoviária, ferroviária e aeroporto, saúde e a construção da 2ª fase do Hospital de Beja, assim como, o modelo de desenvolvimento ligado ao Alqueva e ao regadio.

Para João Ramos esta situação vem contradizer alguns eleitos e dirigentes socialistas que “batem com a mão no peito” a dizer que o partido que têm é o Baixo Alentejo, que lutam pela região e que não se vergam ao partido.

Transporte Público Rodoviário de Passageiros do Baixo Alentejo adiado para Janeiro de 2022

Zé LG, 16.06.21

202105041742328615.pngFoi adiado, para janeiro de 2022, o início do período de exploração da concessão de Serviço Público do Transporte Público Rodoviário de Passageiros do Baixo Alentejo, por deliberação, por unanimidade, do Conselho Intermunicipal da CIMBAL, que decidiu também a adesão da CIMBAL ao Acordo Cidade Verde/Cidades Limpas e Saudáveis para a Europa.