Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Contratação de Jurista pela Câmara de Beja gera polémica

A contratação dos serviços de uma jurista pela Câmara Municipal de Beja, para regularizar as rendas em atraso do parque habitacional municipal, tem gerado forte discussão, conforme se pode ver aqui e aqui, para além das conversas entre munícipes de Beja.

Esta questão terá sido suscitada, há algum tempo, pelo Vereador da CDU Vitor Picado, tendo o Executivo do PS afirmado que tal não era verdade, o que veio a ser desmentido pela publicação do referido contrato na plataforma de contratos públicos.

Por outro lado, não sendo questionada a legalidade da contratação, é questionada a necessidade da mesma, porque há quem afirme que o trabalho poderia ser feito por trabalhadores da Autarquia, sendo igualmente questionada a escolha da Jurista em concreto, por ser membro do Secretariado Concelhio de Beja do PS.

O PS costuma dizer, a propósito das inúmeras nomeações e contratações de pessoas do PS para lugares da Administração Pública que que essas pessoas não podem ser prejudicadas pelo facto de serem do PS. Mas também não devem ser contratadas ou nomeadas por essa razão. E isto é que, cada vez mais, se questiona, tal é o número de casos conhecidos.

“A crítica e a análise política fazem parte da democracia”

"Há quem conviva bem com isto, e retire conclusões..... outros não!
É certo que o anterior executivo esteve "de baixo de fogo da máquina política do PS", como todos estão em democracia......
Mas afinal, passado muito pouco tempo, tanto na área Técnica como na área operativa já se sentem algumas "saudades".
Governar com as pessoas para as pessoas,.... é muito diferente do que governar sem as pessoas... não sei para quem....!
CGP - Anónimo 08.11.2019 15:49", aqui.

“Os Comunistas são mesmo maus não são?...”

“… “à conta" de alguns Comunistas, que levaram fortes cargas de porrada e estiveram presos, é que o meu amigo (sem saber) pode escrever como quer, onde quer e o que quer.
Os Comunistas são mesmo maus não são...........?
Todas as lutas que esta grande organização colectiva partidária o PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS travou, trava e sempre travará, foram sempre com um sentido único......! O sentido da melhoria das condições de vida de quem menos tem, de quem está mais desprotegido de direitos e condições de trabalho. Esteve, está e sempre estará, nesta interminável luta entre quem tem e quem não pode ter.
Sempre por uma repartição mais justa das mais valias resultantes do lucro que provém do trabalho de todos.
Se achas que isto está errado? Então estamos em lados opostos, no que à organização social diz respeito. …
Anónimo 06.11.2019 20:14”, aqui.

“E depois ainda há quem se admire com os números da abstenção neste País! Porra!”

"Mas se abstenção teve que ver com a não concordância do documento, ou da falta de estratégia do executivo em funções, por que raio não apresentaram alternativas ou deixaram expresso de modo claro, em que medida fariam diferente! Confesso que esta "moda" da abstenção, que tem feito escola em muitas autarquias (independentemente da relação de forças política) me leva a pensar sobre o modo pouco responsável e desprezível como se exerce uma função pública legitimada pelo voto do povo… Pessoalmente não gosto mesmo nada, que quem é suposto representar os cidadãos em decisões importantes para a sua própria existência, se demita dos assuntos de maneira tão irracional! E o problema é tão recorrente por parte das oposições, que chega a ser confrangedor para os eleitores conscientes! E depois ainda há quem se admire com os números da abstenção neste País! Porra!
Anónimo 06.11.2019 20:05", aqui.

“Contem likes, contem...”

“Parece que está na moda os políticos locais passarem a vida a contar likes.
É um exercício bom... para quem se fecha num mundo autárquico criado à sua imagem, com grandes contornos de narcisismo.
Comunicar é olhar nos olhos, é falar com as pessoas.
Esta forma de comunicação começou, por se achar que era rápido e permitia falar com quem estivesse longe.
Mas rapidamente virou forma de comunicação global, quase esquizofrénica...
Contem likes, contem....
Anónimo 06.11.2019 16:59”, aqui.

“O que falta ao executivo PS em Beja é mais que isso...”

“… Não respondem às preocupações das pessoas, vão a reboque de ondas de populismo e depois surpreendem-se com questões básicas de gestão de recursos humanos dentro da própria estrutura autárquica, difíceis ou quase impossíveis de reparar.
Sem as “pessoas" não se consegue governar… não existe reconhecimento nem respeito pelas lideranças, por parte daqueles para quem se governa, isto normalmente é o princípio do fim.
Espero mesmo que seja...!
Com um orçamento relativamente generoso, como é possível fazer tão pouco.
Anónimo 06.11.2019 16:34”, aqui.

“A bolha da felicidade em que vivem, não lhes permite ver o que se passa fora da sua cúpula...”

“… Acham que as pessoas se esquecem das críticas que fizeram ao anterior executivo quando este estava em exercício, e das promessas que fizeram ao eleitorado...
… tudo se resume à competência e seriedade das pessoas, o resto é populismo e jogadas de interesse à procura de favores e formas de subsistência à conta do contribuinte.
Anónimo 06.11.2019 17:10”, aqui.

“Aeroporto de Beja apto a receber no imediato 1 milhão e 500 mil passageiros por ano”

Aeroporto-de-Beja-768x432.jpg

De acordo com a Plataforma Alentejo, “da troca de opiniões (com e a Administração do Aeroporto de Beja/ANA Aeroportos de Portugal) resultou claro que o Aeroporto de Beja está apto a receber no imediato 1 milhão e 500 mil passageiros por ano, que reúne condições excepcionais para o tráfego aéreo e tem todas as condições para a sua ampliação de acordo com eventuais necessidades futuras cabendo aos decisores políticos a clarificação do que se pretende realmente do Aeroporto de Beja e sobre a utilização militar da BA11”.

Claudino Matos, do secretariado da Plataforma Alentejo, afirma que a principal conclusão é que as acessibilidades rodoviárias e ferroviárias são fundamentais para o desenvolvimento do aeroporto de Beja.

Ler e ouvir aqui e aqui.

“Uma mentira mil vezes repetida torna-se verdade”?

Camilo

Quartel.jpg

… outro aspeto que aparece não poucas vezes nas citadas redes sociais: a associação da prática antifascista de Camilo Mortágua (avaliando-a de modo depreciativo) à atividade política das suas filhas, o que não deixa de ser uma atitude, no mínimo desonesta. O que, de facto, os que o fazem não conseguem aceitar é ver a Mariana e a Joana prosseguirem, não uma “carreira política” baseada em amiguismos e outros esquemas mas, a exemplo do pai, a defesa dos ideais e das causas em que acreditam, através da luta política. E, numa altura, em que se apela a que mais jovens e mais mulheres participem na vida política, não deixa de ser um paradoxo que essas duas jovens mulheres sejam criticadas apenas por serem filhas do antifascista e revolucionário Camilo.

José Filipe Murteira

EDP reconhece 74 cortes no fornecimento de electricidade ao Penedo Gordo desde o início de 2018

"Os cortes que se verificam no Penedo Gordo têm origem na rede de média tensão e, sendo assim, esclareço que não são da responsabilidade da CM Beja que concessiona ao prestador de serviço apenas a rede de baixa tensão. Independentemente de "responsabilidades", a CM Beja contactou a EDP que nos informou que registou no Penedo Gordo 50 episódios de cortes em 2018 e que já contabiliza 24 episódios de cortes de janeiro até final de julho em 2019, com particular incidência nos primeiros meses do ano e nos últimos dias do mês de julho, sobretudo no dia 29 desse mês. A EDP comunicou-nos que o problema que origina os cortes é de muito difícil deteção mas que irá monitorizar ainda com maior atenção a linha que serve a localidade de Penedo Gordo de forma a poder, o mais rapidamente possível (e o mais rapidamente possível não é imediato) resolver esta problema que estava sinalizado.
Votos de uma boa semana,
Paulo Arsénio (Anónimo 12.08.2019 12:01)", aqui.


Registo e agradeço a disponibilidade de Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, para esclarecer esta grave situação que afecta a população do Penedo Gordo, que a EDP diz não saber quando vai resolver. E se este problema se passasse na Cidade de Beja…
É este o resultado da privatização de serviços públicos.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Mais uma vez, estamos a constatar o desinvestiment...

  • Anónimo

    Pois, pois.....A falta de dignidade e coerência po...

  • Anónimo

    A democracia é a pior forma de governo, com excepç...

  • Anónimo

    Bem sei, caro LG, que a citação não é da sua autor...

  • Anónimo

    O quê? Ou a linguagem é subliminar, ou sou eu que ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.