Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Claudino Matos acusa IP de estar "de costas voltadas" para o Alentejo

imgLoader2.ashx.jpg"A conclusão a que chegámos é que a IP faz estudos mais ou menos encomendados à medida pelo Governo para beneficiar determinados distritos do Alentejo em detrimento de outros e dos interesses regional e nacional", disse Claudino Matos, do secretariado da Plataforma Alentejo, após uma reunião realizada com um vice-presidente e técnicos da empresa.

Claudino Matos acusou a IP de estar "basicamente de costas voltadas para o Alentejo" e, "ignorando contributos da sociedade civil", também para as propostas da estratégia defendida pela plataforma em termos de acessibilidades rodoviárias e ferroviárias "indispensáveis ao desenvolvimento harmonioso" da região.

Propostas do Beja Merece+ passam na AR, através de recomendações ao governo apresentadas por PCP e BE

A Assembleia da República aprovou esta sexta-feira três projetos de resolução que recomendam ao Governo a eletrificação e requalificação do troço ferroviário entre Casa Branca e a Funcheira, a conclusão do IP8 e a valorização do aeroporto de Beja.
O primeiro projeto de resolução foi apresentado pelo Bloco de Esquerda. Os outros dois pelo PCP. Todos eles resultam das reivindicações apresentadas pela petição do Movimento Beja Merece+ que também esta sexta-feira foi debatida pelos deputados.

280420172115-810-MOVIMENTO.jpg

A recomendação de eletrificação da linha ferroviária foi aprovada com a abstenção do PSD e os votos favoráveis dos restantes partidos.
Já a recomendação do cumprimento do Plano Rodoviário Nacional e conclusão do IP8 nos distritos de Setúbal e Beja, foi aprovada com os votos a favor de todos os partidos e os votos contra da maioria do grupo parlamentar do PS. Um grupo de sete deputados socialistas, entre os quais Pedro do Carmo (Beja) e Norberto Patinho (Évora) votaram a favor.
Finalmente, a recomendação ao Governo para valorização do aeroporto de Beja enquanto instrumento para o desenvolvimento da região foi aprovada com a abstenção do PS e os votos a favor dos restantes partidos e dos deputados Pedro do Carmo e Norberto Patinho. Leia e oiça também aqui e aqui.

Assembleia da Replública discute Petição do Beja Merece+

65313488_402529323689962_3139894575418572800_n.jpgEsta sexta-feira estará em discussão, análise e votação, a partir das 09:30 horas, na Assembleia da República (AR), a petição do Movimento Beja Merece+, que reivindica “que sejam retomadas e concluídas as obras do IP8/A26, a eletrificação do troço ferroviário Casa Branca-Beja-Funcheira, o total aproveitamento do aeroporto de Beja e melhores serviços de saúde para a região”. O documento, que foi entregue com 26 101 assinaturas, em maio do ano passado, no Palácio de S. Bento, estará agora à consideração dos vários grupos parlamentares que integram a “Casa da Democracia”. O “Diário do Alentejo” falou com os deputados eleitos por Beja, tentando antecipar o sentido de voto dos seus partidos, e com Florival Baiôa, sobre as expetativas que tem para esta votação. Ler aqui.

“Vem manifestar-te, lutar e exigir mais e melhor saúde. Para ti e para todos!”

Vamos ficar de braços cruzados sabendo que a nossa maternidade corre o risco de fechar?

E quanto à falta de médicos?

E à exaustão dos enfermeiros e outros profissionais de saúde?E o arranque da 2ª fase das obras de ampliação do hospital?

E o encerramento recorrente da ginecologia e obstetrícia?

E a falta de meios de diagnóstico?

Vamos ficar de braços cruzados a assistir ao desinvestimento no SNS e ao seu gradual desmantelamento?

Vamos permitir passivamente a aprovação de qualquer Lei de Bases de Saúde?

65426014_2273455012871130_7286695678779064320_n.pn

 

Na próxima 6ª feira, dia 28,pelas 18:30 horas, adere à concentração junto à entrada principal do Hospital José Joaquim Fernandes em Beja.

Vem manifestar-te, lutar e exigir mais e melhor saúde. Para ti e para todos!

Petição do Beja Merece+ é discutida e votada no Parlamento a 5 de julho

A discussão, análise e votação da petição do Beja Merece+ são feitas, no Parlamento, no dia 5 de julho. O Beja Merece+ quer que sejam muitos os alentejanos a acompanhar o movimento e está a apelar à inscrição da população no autocarro que rumará a Lisboa naquela data.

201906212019093113.jpg

Recorde-se que em maio de 2018, a petição foi entregue com mais de 26 mil assinaturas e por mais de 500 alentejanos.

Na petição é exigida a conclusão da A26 (Sines - Beja – Ficalho) e a eletrificação da linha de caminho de Ferro Casa Branca - Beja – Funcheira, assim como investimento no aeroporto de Beja e melhores serviços de saúde para o Baixo Alentejo.

“Cidadania, Inovação & Território” em debate em Aljustrel

imgLoader.jpg

Sob o lema “Cidadania, Inovação & Território”, realiza-se nos dias 9 e 10 de maio, a 4.ª edição das Conferências de Aljustrel. O debate irá focar-se no tema “Descentralização e programações para o desenvolvimento dos interiores com coesão territorial nacional”.

O Cine Oriental será uma vez mais o local que, nesta edição, irá acolher autarcas e políticos para trocarem pistas e iniciativas para o desenvolvimento territorial, numa altura em que o futuro dos territórios de baixa densidade é de novo tema de atualidade. 

CIMAL exige reversão da privatização dos CTT

correios.jpgA Assembleia Intermunicipal da CIMAL-Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral manifestou a sua indignação pela contínua degradação do serviço de correios prestado pelos CTT, assim como pelo incumprimento do Contrato de Concessão.

Nesse sentido, exorta o Governo a adoptar medidas de protecção do serviço de entrega postal universal, como a reversão da privatização do serviço e consequente regresso do mesmo à esfera pública, por se afigurar como absolutamente essencial para protecção dos direitos e interesses dos cidadãos.

Preocupações e reivindicações que fazem parte de uma moção apresentada pelo Bloco de Esquerda, que foi aprovada com a abstenção do PS e do deputado do movimento GM- Grândola Melhor e sem votos contra.

Plataforma Alentejo entrega 4000 assinaturas de apoio na AR

PA.JPGA Plataforma Alentejo entrega nesta quinta-feira, dia 11, às 14.00 horas, na Assembleia da República (AR), as primeiras 4000 assinaturas de apoio à “Estratégia integrada de acessibilidade sustentável do Alentejo nas ligações nacional e internacional”. A Plataforma considera que ainda se está a tempo de “contribuir para um Alentejo mais desenvolvido e um Portugal mais coeso”, porque, com a entrega das 4000 assinaturas, a Assembleia da República deverá ouvir, obrigatoriamente, este movimento, publicar as suas propostas e agendar a discussão das mesmas em plenário.

Faltam menos de 200 assinaturas

90336_1.jpg... para a AR ter de discutir a «Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo nas ligações Nacional e Internacional” na revisão do PNPOT em curso, de forma a considerar um conjunto de prioridades no domínio das acessibilidades e transportes fundamentais para o desenvolvimento sustentável do Alentejo, bem como para a sua coesão social, territorial, ambiental e energética, com claros benefícios para a totalidade do território nacional.

Para garantir esse debate, se ainda não o fez, pode assinar a Petição Pública “PLATAFORMA ALENTEJO-Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo nas ligações Nacional e Internacional” em: https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT90336

Comentários recentes

  • Anónimo

    São apenas recomendações e mais nada.O que é que q...

  • Anónimo

    Há, aí no problem, eles entendem todos bem.Se for ...

  • Anónimo

    Os deputados vão de férias descansados. Quem fica ...

  • Anónimo

    É evidente que é bom negócio. A questão é quando p...

  • Anónimo

    Para os seres humanos a saúde faz parte do seu bem...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.