Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
21
Jun 18

festival_b_header01.png

Cante. Fado. Petiscos. Três dimensões, três patrimónios imateriais da humanidade. FESTIVAL B: UM FESTIVAL, TODOS OS PATRIMÓNIOS.

Três faces de um mesmo festival, de uma mesma necessidade ancestral, de alimentar a alma e o corpo, seja através do cante, do fado ou dos petiscos em estreita ligação com a dieta mediterrânica. O FESTIVAL B, CANTE, FADO & PETISCOS pretende celebrar a ligação intemporal da cidade de Beja e da região com essas três dimensões da existência e realização humanas.

Entre as fachadas dos edifícios, as ruas, ruelas e praças da cidade de Beja, celebrando o património arquitectónico, o FESTIVAL B, CANTE, FADO & PETISCOS será um momento de exaltação local, mostrando ao mundo a universalidade destes elementos.

In: http://festivalb.pt/

publicado por Zé LG às 12:55
15
Abr 18

Em Beja é a palavra encontrada por muitos para descreverem o centro histórico da sua cidade.

30572097_1697840910308048_4107253379506372608_n.jp

No passado dia 28 de março comemorou-se o Dia Nacional dos Centros Históricos Portugueses. Com este pretexto o “Diário do Alentejo” falou com diversas entidades e protagonistas da vida quotidiana do centro histórico de Beja, com o objetivo de esboçar uma imagem desta área geográfica da cidade. Um retrato em tons de cinza.

Leia AQUI, toda esta excelente peça, com texto e foto de José Serrano, in: DIÁRIO DO ALENTEJO·TERÇA-FEIRA, 10 DE ABRIL DE 2018.

publicado por Zé LG às 10:46
tags: , , ,
31
Ago 17

Centro Histórico de Beja: Decrépito, prédios a ruir e cheio de carros

CH Beja.jpeg

Será necessário criar um “gabinete” do centro histórico para saber, definir e criar um programa de requalificação de todo o centro histórico?
Um dos problemas de falta de reaproximação dos bejenses à cidadeé o desleixo e abandono a que tem sido submetido o centro histórico, baixando a autoestima e o carinho de quem cá vive tem pela cidade. Alguns projetos têm sido desenvolvidos, mas são casos pontuais, que não chegam para mudar a "cara" da zona antiga da cidade. Para tal, é fundamental um plano vigoroso e vasto de reabilitação e recuperação do centro histórico, e aproveitar o facto do turismo e o Alentejo estarem na “moda”, tornando-se ano após ano um dos grandes postais turísticos nacionais.

 

publicado por Zé LG às 08:43
03
Jul 17

151120152319-777-CMBeja.jpg

... que funciona no edifício dos Paços do Concelho e que tem como missão assegurar a definição, gestão, acompanhamento e execução, em articulação interserviços municipais e institucionais, dos processos de requalificação do CH.

O Município assume um papel mais pro-ativo na procura de respostas e soluções articuladas com todos os parceiros envolvidos e que atendem à qualificação do espaço público, desenvolvimento económico, social e cultural.

A autarquia bejense recorda também, que tem em curso diversas ações, com vista à requalificação do centro histórico, nomeadamente a reabilitação de espaços municipais e públicos, contactos com proprietários privados, cujas habitações se encontram em avançado estado de degradação, assim como a organização de iniciativas de promoção cultural e turística.

publicado por Zé LG às 08:50
18
Jan 17

enc.jpg

Ver PROGRAMA.

publicado por Zé LG às 20:38
13
Jan 17

050120171205-956-teste_noites_lua_cheia_13_janeiro

Mais informações AQUI.

publicado por Zé LG às 13:57
15
Dez 16

141220162233-663-Bejabanner.jpg

O Salão Nobre dos Paços do Concelho, recebe, esta tarde, às 18.00 horas, a apresentação do programa “Reabilitar para Arrendar- Habitação Acessível”, que inclui também a assinatura do Protocolo de cooperação institucional entre a Câmara Municipal de Beja e o IHRU-Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I. P. .

O novo programa do IHRU, que tem por objectivo o financiamento de operações de reabilitação de edifícios com idade igual ou superior a 30 anos, que após a reabilitação se destinem predominantemente a fim habitacional, devendo as fracções habitacionais destinar-se a arrendamento em regime de renda condicionada, vai ser apresentado, na sessão desta tarde, por Víctor Reis, Presidente do Conselho Directivo do IHRU.

publicado por Zé LG às 17:41
09
Dez 16

1094291.jpg

 Ler artigo de Carlos Dias n'O Público.

 

Existe um projecto ou apenas uma idéia geral? Vai ser mudado apenas o pavimento ou também as infraestruturas? Vai haver intervenção nos vestígios arqueológicos e colocados alguns à vista, como em espaços públicos noutras cidades? Qual o orçamento? Como é assegurado o financiamento? Para quando está previsto o inícioe o prazo da intervenção?

publicado por Zé LG às 09:51
03
Nov 16

casa_rosa.jpg

A Câmara Municipal de Mértola lançou o concurso público para a reabilitação da “Casa Cor de Rosa”, um dos mais bonitos e emblemáticos edifícios do centro Histórico de Mértola. A reabilitação deste espaço inclui uma utilização prevista associada ao aprofundamento da estratégia destinada a potenciar a presença e cultura Islâmica que marcaram e marcam a historia do território de Mértola. 

O investimento ascende aos 960.000 € (novecentos e sessenta mil euros) e será apoiado pelo PARU (Plano de Ação de Regeneração Urbana) no quadro de atuação do Alentejo 2020. 

publicado por Zé LG às 17:47
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
24
25
26
27
28
29
30
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
Alvitres mais comentados
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
O SMP foi iniciativa de um governo provisório, em ...
É fundamental um maior empenhamento das autarquias...
Para quando a inauguração da sua casa-museu?Alguém...
O principal problema de saúde e não só que deve gr...
És muito valente,mas se calhar só a coberto do ano...
Então. Ninguém aqui quer debater os graves problem...
Quanto ao relevante disse... nada.Então vamos lá:1...
Incompetência,incompetência...nada fazer nem nada ...
Para o inefável Adalberto, está tudo no melhor dos...
E quem é agora o administrador da Resialentejo? E ...
É uma tendência que se agravará ainda mais, pois o...
Será bom perguntar ao sr Arquiteto José Falcão e s...
Mais valia substituírem este deputado pelo profess...
O deputado João Dias avançou à Voz da Planície, as...
Já não seria sem tempo. Ufffffff
blogs SAPO