Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Eleitos da CDU contactam com população e instituições da cidade de Beja

Beja-cidade-768x512.jpgOs eleitos da CDU nas Freguesias da cidade de Beja promovem, até ao final do mês um conjunto acções que tem como objetivo “fazer o balanço da atividade desenvolvida e delinear linhas de trabalho até final do mandato autárquico em curso”.

Estão previstas reuniões com estruturas do Movimento Associativo, contactos com instituições públicas de diversas áreas, reuniões abertas à população, visitas a espaços públicos, equipamentos culturais e desportivos, entre outras ações.

João Dias é cabeça de lista da CDU à AR pelo distrito de Beja

joão dias.jpgA CDU divulga primeiros candidatos às eleições para a Assembleia da República de 2019, marcadas para 6 de outubro. João Dias é o número um pelo círculo eleitoral de Beja. A apresentação oficial do candidato é feita no dia 25 deste mês, em Beja, numa iniciativa que vai contar com a participação do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa.

João Dias, tem 45 Anos, é enfermeiro especialista em Enfermagem de Reabilitação, exerceu funções na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo e na Unidade de Cuidados Continuados do Centro de Saúde de Beja. É eleito da CDU na Assembleia Municipal de Beja, deputado do PCP à Assembleia da República na XIII Legislatura, vice-presidente da Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar e membro da Direção da Organização Regional de Beja do PCP.

Morreu António Jerónimo, antigo presidente da Junta de Freguesia de Entradas

62069046_2247600015336591_941383782479429632_n.jpgAntónio Jerónimo, de 39 anos, antigo presidente da Junta de Freguesia de Entradas, faleceu neste sábado, 8 de Junho,vítima de doença prolongada. O funeral realiza-se hoje, às 11 horas.

Natural de Entradas , António Jerónimo foi presidente da Junta de Freguesia de Entradas durante três mandatos, entre 2005 e 2017 e actualmente era deputado na Assembleia Municipal de Castro Verde, sempre eleito pela CDU.

Desempenhou funções no Gabinete de Apoio à Vereação da CMCV entre 1999 e 2004 e depois dessa data ingressou na SOMINCOR (Minas de Neves-Corvo) como operador de lavaria.

Foi também dinamizador do movimento associativo do concelho, tendo desempenhado cargos directivos no Lar Frei Manoel das Entradas, na Sociedade Recreativa e Desportiva Entradense e na Casa do Benfica de Castro Verde.

Conheci o Tói, como era conhecido, há muitos anos, tendo convivido com ele em diversas situações no desempenho das nossas funções. Era um jovem muito dedicado à sua Terra e empenhado em tudo o que fazia.
À família enlutada manifesto o meu mais sentido pesar.

“Avançar é preciso! Andar para trás não”

cdu.jpgO Jardim do Bacalhau recebe, esta tarde, às 18.00 horas, uma sessão pública promovida pela CDU-Coligação Democrática Unitária.

Sob o lema “Avançar é preciso! Andar para trás não” esta iniciativa vai contar com a presença de Sandra Pereira, a candidata número dois da lista da CDU às eleições europeias que vão decorrer, em Portugal, no dia 26 de Maio.

CDU acusa Executivo Municipal de de Beja de “reduzir” apoios a iniciativas concelhias

Os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Beja, acusam o Executivo Municipal, liderado pelo PS, de reduzir, em 2019, os apoios às iniciativas concelhias, tanto financeiros, como logísticos. O autarca Paulo Arsénio afirma que 2018 foi um ano excepcional porque havia dinheiro comunitário e que este ano o valor referente à componente da autarquia até aumentou.

barro.jpg

“Silarca-Festival do Cogumelo”, na Cabeça Gorda, “Sabores no Barro”, em Beringel, “Feira Anual do Idoso”, em Albernoa, “Feira das Cavadas-Cante & Sabor”, no Penedo Gordo e “Feira da Terra”, em Beja são alguns dos exemplos apontados pelos vereadores da CDU de eventos que, este ano, vêem reduzido o apoio por parte do município de Beja.
Sónia Calvário, vereadora da CDU, afirma que os cortes são nas iniciativas das freguesias rurais mas também da cidade, como é o caso da Festa das Maias e Festa do Azulejo.

 

CDU contesta o aumento da água aprovado pela maioria PS na Câmara de Beja

060820151523-158-guatorneira.jpgOs vereadores da CDU frisam que votaram contra o aumento da factura da água para as autarquias (Câmara e Juntas) e para os munícipes, “aumento este que será levado a cabo por via da componente de água de abastecimento e por via do aumento tarifário da componente de águas residuais”, sendo de salientar “o aumento que se encontra previsto para as famílias numerosas”.

Os vereadores da CDU afirmam que “a revisão tarifária é uma necessidade da EMAS, mais que não seja para dar cumprimento às recomendações das ERSAR, as quais podem trazer uma maior uniformidade ao tarifário”, situação que, na opinião destes eleitos “não foi tida em consideração nesta proposta de atualização, que tem apenas como objetivo o aumento de receitas de curto prazo às custas dos orçamentos familiares” e “cuja fatura deste mês de janeiro já revela esse impacto significativo.”

AM de Castro Verde “chumba” GOP e Orçamento para 2019

201802211618357514.jpg

A Assembleia Municipal (AM) de Castro Verde não aprovou a proposta da Câmara Municipal para as Grandes Opções do Plano (GOP) e Orçamento de 2019, no valor de 12 milhões e 750 mil euros. Os 10 eleitos da CDU votaram contra e os 9 eleitos do PS a favor. Cabe agora ao Município apresentar uma nova proposta para apreciação e votação nos órgãos municipais.

Ler e ouvir aqui e aqui.

CDU vota contra Grandes Opções do Plano da Câmara de Moura

201811021612245695.jpg

Os vereadores eleitos pela CDU na Câmara Municipal de Moura votaram contra as Grandes Opções do Plano e Orçamento do Município para 2019, porque nenhuma das suas propostas foi incluída naqueles documentos e porque “não se vislumbra qualquer nova visão estratégica para o concelho”.

Segundo a CDU “a inércia e a falta de estratégia do executivo municipal do PS leva a que estas Grandes Opções do Plano fiquem aquém do que é necessário para o concelho de Moura” e que se mantenha uma “orientação que vai do assistencialismo à injustiça social, de que são exemplos os incentivos à natalidade e a redução na participação variável no IRS que beneficia as pessoas com mais rendimentos”.

A Concelhia de Moura da CDU reafirma a sua disponibilidade para intervir de forma construtiva, dando os seus contributos e apresentando as propostas que considera importantes para o concelho.

ACTUALIZAÇÃO: O PS já reagiu a estas críticas. A concelhia socialista de Moura frisa que a CDU ao votar contra o Orçamento vota contra “a atribuição de vários apoios na área social e da educação”, “a Regeneração e Qualificação Urbana”, o planeamento, a transferência de mais verbas para as freguesias e continuação do pagamento das dívidas do passado.

Comentários recentes

  • Anónimo

    São apenas recomendações e mais nada.O que é que q...

  • Anónimo

    Há, aí no problem, eles entendem todos bem.Se for ...

  • Anónimo

    Os deputados vão de férias descansados. Quem fica ...

  • Anónimo

    É evidente que é bom negócio. A questão é quando p...

  • Anónimo

    Para os seres humanos a saúde faz parte do seu bem...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds