Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

DEBATE EM ESTÚDIO COM OS CANDIDATOS À CÂMARA DE BEJA

290920170010-966-debate.jpg

Os cinco candidatos à Câmara de Beja, João Rocha, da CDU, Paulo Arsénio, do PS, Pinela Fernandes, do PSD, José Pedro Oliveira, do BE e Luís Dargent, do CDS-PP, esgrimiram argumentos, num debate, organizado pelas duas rádios locais, em que estiveram em cima da mesa os temas: desenvolvimento económico, património e cultura e ação social.

Leia e oiça AQUIAQUI algumas das propostas dos candidatos.

DEBATE COM CANDIDATOS À CÂMARA DE BEJA NAS RÁDIOS LOCAIS

logo-autarquicas2-768x592.jpg

A Rádio Pax e a Rádio Voz da Planície realizam hoje um debate conjunto com os candidatos à presidência da Câmara de Beja nas autárquicas do próximo domingo.

João Rocha, candidato da CDU; Paulo Arsénio, candidato do PS; Pinela Fernandes, candidato do PSD; Luís D’Argent, candidato do PP e José Pedro Oliveira, candidato do BE vão debater as propostas para o futuro de Beja, a partir das 18 horas, nos estúdios da Rádio Pax.

João Rocha diz que “Estão lançadas bases para o desenvolvimento sustentado”

ROCHAjpg.jpg

“O mandato que agora termina lançou as bases para o desenvolvimento sustentado de Beja”. As palavras são de João Rocha, candidato da CDU à Câmara de Beja em entrevista concedida ontem à Rádio Pax.

O ainda Presidente do Município de Beja adiantou que no mandato que está prestes a terminar foram disponibilizados terrenos para a instalação de empresas como a AeroNeo.

João Rocha assegurou que o sector agrícola e a agro-indústria têm “uma forte dinâmica”.

A reabilitação do Centro Histórico, a valorização das freguesias e o incentivo à fixação de jovens casais são apostas da CDU.

PAULO ARSÉNIO DEFENDE EMPREENDEDORISMO E DESENVOLVIMENTO

PA.jpg

O candidato do PS à presidência da Câmara de Beja nas eleições do próximo Domingo quer “recuperar, valorizar e promover aquilo que Beja já tem”. A candidatura socialista apresenta sete eixos programáticos para o concelho.

Paulo Arsénio disse ontem em entrevista à Rádio Pax que os eleitores têm duas opções em cima da mesa. Em seu entender “quem quiser apostar na continuidade da linha de entretenimento como base de desenvolvimento da cidade de Beja” deve votar na CDU.

Por outro lado, “quem quiser seguir pelo caminho do empreendedorismo, da educação, da descentralização para as freguesias e da participação pública deve votar no Partido socialista”, concluiu Paulo Arsénio

AS ESCOLHAS PARA BEJA

manchete_banner_250920172211-843-bejaatlas.jpg

A Câmara Municipal de Beja é liderada por João Rocha, da CDU. Nas eleições autárquicas de 2013, a CDU venceu com 7.438 votos, mais 303 do que os obtidos pela candidatura do PS.

Quanto às freguesias, as duas da cidade - União de Freguesias Santiago Maior e São João Batista e União de Freguesias de Beja Salvador e Santa Maria da Feira - são lideradas pela CDU tal como oito, das dez rurais - Albernoa/Trindade, Santa Clara do Louredo, Cabeça Gorda, Salvada/Quintos, Nossa Senhora das Neves, Baleizão, São Matias e Santa Vitória/Mombeja. As outras duas rurais - Beringel e Trigaches/São Brissos - têm o PS à frente dos seus destinos.

Nas autárquicas 2017 apresentam-se a votos em Beja:

João Rocha, cabeça de lista da CDU à Câmara Municipal de Beja, afirma que nestas eleições joga-se o futuro do concelho e que depois do muito que se fez não se pode parar agora, nem voltar atrás.

Paulo Arsénio, cabeça de lista do PS à Câmara Municipal de Beja, frisa que a candidatura que lidera é verdadeiramente alternativa e forte e com uma visão para o futuro do concelho diferente da atual.

José Pinela Fernandes, cabeça de lista do PSD à Câmara Municipal de Beja, diz que a sua candidatura quer um concelho mais moderno, mais solidário e com mais desenvolvimento económico.

José Pedro Oliveira, cabeça de lista do BE à Câmara Municipal de Beja, assegura que o voto no Bloco é um voto de confiança e na certeza da construção de um concelho inclusivo.

Luís Dargent, cabeça de lista do CDS-PP à Câmara Municipal de Beja, revela que a sua candidatura tem como propósito fazer deste, um concelho com ambiente favorável à fixação de empresas e pessoas.

“António Costa quer reforço do PS nas eleições autárquicas”

 

PS.jpg

almoço de apoiantes à candidatura “PS/Somos Beja” decorreu ontem, nas instalações do NERBE/AEBAL na presença de António Costa, secretário geral do PS e dos candidatos às 14 câmaras do distrito de Beja. 

António Costa, falou da importância do reforço do PS nestas eleições autárquicas para dar continuidade ao trabalho iniciado há dois anos e que já deu resultados. António Costa apontou o exemplo do IP2 e da A28, querendo referir-se à A26, e deixou a garantia que este projecto há-de continuar o seu percurso.

Paulo Arsénio, cabeça de lista da candidatura “PS/Somos Beja” considerou que o eleitorado é adulto e sabe separar a acção governativa e a acção autárquica. Quanto à presença de António Costa, neste almoço, Paulo Arsénio afirmou que foi a resposta a quem tinha dúvidas que o secretário geral do PS não viria a “terras” da CDU, porque não seria bom para a “geringonça”.
Para além de abordar algumas das propostas do programa eleitoral, Paulo Arsénio, deixou também criticas ao “principal e único adversário” acusando-o de arrogância e falta de humildade.
Paulo Arsénio aproveitou a presença de António Costa para “pedir” que não estando para já assegurada a electrificação da linha férrea entre Beja e Casa Branca que, pelo menos, haja uma outra atenção às condições que são oferecidas aos utentes desta linha. Um pedido que ficou sem resposta no discurso de António Costa.

Pinela Fernandes quer uma cidade “mais moderna” e “mais solidária”

pinela-1.jpg

O candidato do PSD à presidência da Câmara de Beja nas próximas autárquicas de 1 de Outubro está confiante num bom resultado.

Pinela Fernandes espera uma “viragem” à direita no concelho de Beja. O candidato social democrata defende “serviços públicos mais transparentes, mais eficazes, onde a Câmara Municipal possa compreender as pessoas”.

Pinela Fernandes quer uma cidade “mais moderna” e “mais solidária”.

Passaram por cá

(desde 15-01-2011)

Comentários recentes

  • João Espinho

    Obrigado.

  • Ana Matos Pires

    Dia 5 de outubro.Não são seis propostas, são três....

  • r

    está uma ruptura na praça da republica, em Beja, d...

  • João Espinho

    Exposição ficará patente ao público até quando? Ob...

  • Ana Matos Pires

    A propósito de Silos, estão todos convidados. Apar...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.