Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Beja passa Verão com Piscina fechada e sem saber se vai ter Praia

Zé LG, 16.06.20

"Iniciar as obras de umas piscinas municipais no mês de julho é de gente muito inteligente... pelo menos desculpavam-se com o COVID que agora serve de argumento para tudo (ironia!). Tristeza de gente a que Beja está entregue!!!"

202006121239558077 piscina.jpg

Os "Bejenses têm sempre a alternativa da Praia dos 5 Reis, cujas obras deverão estar concluídas lá para final de Setembro."

IMG_3874.JPG"Beja fechou até ao próximo ano!!! Não há eventos, não há equipamentos municipais a funcionar, não há tempos livres, temos os 5 Reis e é aproveitar, para o ano logo se vê com as eleições." 

Comentários de Anónimos, feitos aqui.

“A não ser que haja razões que a razão desconhece!”

Zé LG, 12.06.20

202006081345023842 peixaria.jpg“A deslocalização dos lojistas e vendedores do mercado municipal parece que não agrada a alguns. mas também parece agradar a muitos!… Era necessário empreender obras no mercado antigo, isso era ponto assente!… A discussão deveria ter-se centrado na discussão das alternativas até que as obras estivessem concluídas, para bem de todos ao que me parece!… Não haverá gente satisfeita, como será natural, uma vez que a passagem para o Largo de Stº Amaro implicará cedências de várias ordens, mais para uns do que para outros!… Mais do que colocar a discussão num plano político-partidário, seria interessante perceber o que acham objectivamente os comerciantes desta mudança em razão do pretexto em causa!… A não ser que gostassem de permanecer no mesmo local, sem que se resolvesse o problema da falta de manutenção do espaço!… Confesso que não consigo entender onde está o problema, que obriga a uma situação transitória (com os sacrifícios inevitáveis), mas que trará doravante benefícios para todos!… A não ser que haja razões que a razão desconhece!”
Anónimo 11.06.2020, aqui.

«onde tem andado a intervenção que compete à Assembleia Municipal?»

Zé LG, 06.06.20

20190408161646116 agricultura.jpg«É preciso ter descaramento politico, há 4 anos quando apregoavam a fileira do azeite, deixaram os agricultores fazer as maiores barbaridades ambientais, talvez para pagamento de votos, permitiram a eliminação de linhas de água, plantações em cima dos aglomerados urbanos, escorrência de águas para as valetas e estradas, ocupação de caminhos rurais com estreitamento dos mesmos, era só fazer cumprir o PDM e exigir uma correta e equilibrada ocupação do solo e não desculpar-se com o Ministério da Agricultura, agora é tarde para vir com arremessos bafientos, quando é para intervir escondem-se entre conveniências de acordos políticos, depois do mal feito denuncia-se para tirar dividendos políticos, onde tem andado a intervenção que compete à Assembleia Municipal? e os ambientalistas estavam a dormir? infelizmente para todos nós e para o ambiente é o que temos.»
Anónimo 05.06.2020, aqui.

“parecem estar a surgir novas formas de censura, controle da liberdade de expressão e até outras formas de opressão social”

Zé LG, 18.05.20

«O problema da liberdade de expressão nos nossos tempos, ou seja aqueles que vivemos. Leva-nos a bastantes reflexões, mas sobretudo a que tenhamos sempre presente, que nunca será um ganho garantido.
...
Só que, e embora não seja apenas de hoje, passados que foram todos estes anos e mesmo com um regime democrático institucionalizado; ou é impressão minha, ou parecem estar a surgir novas formas de censura, controle da liberdade de expressão e até outras formas de opressão social.
E um dos argumentos que se usa para as justificar continua a ser o mesmo de sempre, “... um dos problemas do uso abusivo da liberdade de expressão ...., para além covardia abjecta posta a nu sob anonimato!" sic. Esquecendo-se que quase sempre, quem usa o anonimato, é porque acha que tem qualquer coisa a dizer e tem motivos para não confiar em nada e ninguém.»

Anónimo 17.05.2020, aqui.

«um dos problemas do uso abusivo da liberdade de expressão»

Zé LG, 17.05.20

«… Na generalidade dos assuntos que o LG tem colocado com pertinência neste espaço, têm-se gerado não raras vezes, discussões profícuas, saudáveis, transformando o blog Alvitrando num espaço de cidadania fundamental mas também é verdade que nesse espaço democrático posto à disposição de todos nós, há infelizmente lugar para manifestações de boçalidade, brejeirice e imbecilidades de toda a espécie que em nada contribuem para o objectivo de um blog!… Pois é um dos problemas do uso abusivo da liberdade de expressão que nestes casos serve para muito pouco, para além covardia abjecta posta a nu sob anonimato!… Muito pouco edificante diga-se em verdade.

Ecce homo». - Anónimo 14.05.2020, aqui.

«Começa a pôr-se a mesa. O que se seguirá, não será bom.»

Zé LG, 13.05.20

setc3babal-1938-oficiais-alemc3a3es-visitam-fc3a1b«O que aconteceu, em Portugal, entretanto? Surgiu e instalou-se, em Portugal, um partido de extrema-direita, sem programa a não ser o do ódio, e que tira partido da raiva e do desencanto que se instalaram. Esvaziou o CDS e foi buscar votos a franjas da esquerda, que acham que "assim é que é", "ali está um que diz as verdades" (seja lá isso o que for). E que conta com o beneplácito dos "media".

Começa a pôr-se a mesa. O que se seguirá, não será bom.»

Assim termina um oportuno texto, intitulado SOMBRAS PRÓXIMAS, de Santiago Macias no seu “avenida da salúquia 34”.

Alvitre sobre COVID - 19 nos 10 posts mais comentados no SAPO

Zé LG, 13.04.20
  1. Noites de pesadelo (50)
    És a nossa Fé!

  2. Contra a pirataria (39)
    Delito de Opinião

  3. Desculpem o mau feitio... (39)
    OURIQ

  4. Déja vu (30)
    Corta-fitas

  5. Feliz Páscoa (30)
    ...o avesso de mim!

  6. A Liberdade de... Isa Nascimento (28)
    Liberdade aos 42

  7. AC-DC (28)
    sardinhaSemlata

  8. "Em termos de Saúde Pública a obrigação é tanto maior quanto mais "fora do Sistema" habitualmente as comunidades e os grupos estão” (26)
    Alvitrando

  9. Pedra Filosofal (24)
    Uma Pepita de Sucesso

  10. Uma tarde produtiva. (23)
    A nossa vida!!!

Daqui.

José Miguel Júdice disse o que eu penso

Zé LG, 07.04.20

Acabei de ouvir José Miguel Júdice, no seu comentário semanal na SIC, dizer algumas coisas, que eu penso e tenho dito às pessoas com quem lido, sobre a evolução da actual pandemia em Portugal, ou seja, para além de outras:

- As mortes devidas exclusivamente à Covid - 19 e mesmo as causadas pela conjugação desta com outras doenças, sempre a lamentar, não serão tantas quantas as causadas por outras doenças, incluindo a gripe vulgar;

- É preciso e urgente retomar a normalidade do tratamento de outras doenças graves, que estão a matar muita gente por falta de acompanhamento /assistência;

- O confinamento não deverá demorar muito tempo (para além deste mês) sob pena dos danos serem superiores às vantagens da medida, devendo manter-se apenas para os grupos de maiores riscos (idosos, doentes crónicos);

- As decisões devem ser tomadas pelo governo, ouvindo naturalmente os especialistas, ponderando as diversas implicações, lembrando a propósito o encerramento das escolas no dia seguinte aos especialistas terem dito que não deviam fechar.

Nada disto deve ser entendido como um convite ao abrandamento dos cuidados a ter. Antes pelo contrário, o que escrevi atrás só faz sentido no pressuposto de que a evolução do comportamento das pessoas e dos resultados da doença vão continuar como até aqui.

“A extrema-direita é miserável”

Zé LG, 04.04.20

“Como reação a estas críticas, o chega acusa aqueles que as fazem de pertencerem à «esquerda radical». Ou de atentarem contra a democracia por quererem «calar o chega». Como diz um amigo meu, e muito bem, a extrema-direita manda as pessoas para a sua terra. A «esquerda-radical» como lhe chama o ventura, não manda ninguém para lado nenhum. A extrema-direita quer decidir quem ama quem e o que é uma família. A «esquerda-radical» acha que cada um ama quem quer e que a família só diz respeito a quem a ela pertence. A extrema-direita quer acabar com o Estado Social. A «esquerda-radical» quer mais Estado Social. Existe uma diferença entre querer nacionalizar os CTT e querer «mandar os pretos para a sua terra». A extrema-direita, que chama «monhé» ao nosso Primeiro-ministro, acha que existem pessoas melhores do que outras por causa do seu tom de pele, da religião que professam e do local onde nasceram. A «esquerda-radical» não. A extrema-direita é miserável. Tolerar a sua presença é uma fragilidade da democracia: xenofobia, homofobia e racismo não são opiniões. São crime.”

Trecho do texto “Dos vírus que nos assolam…”, de Paulo Monteiro, publicado aqui.

"normalmente os mais visivelmente defensores são os primeiros a trair, cá estamos para ver"

Zé LG, 28.03.20

"No esgoto também há vírus ou não? A defesa da nossa área politica não se faz só com o abanar de cabeça a dizer sim a tudo, também se faz com confrontação politica e discordância de métodos, não tempos que ter todos com o mesmo pensamento, assim não existia democracia, normalmente os mais visivelmente defensores são os primeiros a trair, cá estamos para ver."
Anónimo 22.03.2020, aqui.

Psicovid19 - Saúde mental em tempos de pandemia

Zé LG, 25.03.20

Um grupo de médicos psiquiatras e internos de psiquiatria, integrando Ana Matos Pires, criou um novo blogue, que vale a pena acompanhar nbestes tempos tão conturbados e que se apresenta assim:

"A atual pandemia determina uma profunda alteração nas nossas vidas. As suas consequências na Saúde Mental são óbvias e previsíveis.

Somos um grupo de médicos psiquiatras e internos de psiquiatria, alguns de nós com muitas saudades da blogosfera, que decidiu criar um sítio de partilha de informação e de opinião sobre "Saúde Mental em tempos de pandemia". ...

O nosso compromisso é contribuir para a informação, combater a desinformação, questionar o que pode ser debatido, orientar com base na melhor evidência científica e propor com realismo caminhos que possam ser trilhados coletivamente.  ..."

“Cuidem-se”

Zé LG, 23.03.20

"É nas crises que vem ao de cima o melhor e o pior das pessoas, sejam políticos com responsabilidades de decisão, sejam simples cidadãos nos quais me incluo.
Quem tem de decidir tem de se apoiar nas autoridades competentes e é essa a informação válida que vale a pena divulgar.
O mínimo que se pede a quem tem duvidas e angustias é que não replique informação duvidosa que lê no Facebook, You Tube, Blogs duvidosos e afins.
Já basta estarmos constantemente a ser bombardeados com posições ignorantes de altas figuras como o Trump ou o Bolsonaro, para ainda termos de aturar exigências de perfeitos leigos nas matérias de saúde publica para acções sem nenhum fundamento cientifico.
Temos de ter tino e quem tem alguma responsabilidade na disseminação de informação tem de se abster de "picar" as pessoas só para obter mais visualizações.
Cuidem-se."
Viriato 23.03.2020, aqui.

“Nada contra beijar, mas, como em outras ocasiões, com pessoas que escolho”

Zé LG, 17.03.20

“Como, com ou sem vírus, sou acérrima defensora do distanciamento social: esta coisa latina de um qualquer desconhecido te espetar dois beijos no rosto (já para não falar dos otários que procuram os cantos da boca e os outros que te enchem o rosto de mucos) sempre me fez uma terrível confusão. Nada contra beijar, mas, como em outras ocasiões, com pessoas que escolho.

Por outro lado, esta obstinação lusitana por temer ficar encerrado em casa, sempre foi para mim uma bênção: adoro mimar-me na minha intimidade e nestes dias de quarentena vou aproveitar para dialogar com uma pilha de livros e arrumar aquele armário que aguarda pela minha disponibilidade, desde 1998.

Por tudo, admito que para mim seja muito mais fácil do que para outros, perceber conceitos complexos como lavar as mãos e ficar com as nalgas em casa.”

excorgitações da Sofia sobre , no Expoente M.

Alvitrando no mundo

Zé LG, 27.01.20

1. Suíça - 21

2. França - 20

3. Alemanha - 13

4. Reino Unido - 12

5. Estados Unidos - 10

Outros: Brasil - 9; Bélgica - 5; Espanha - 4; Holanda - 4; Luxemburgo - 3; Australia - 2; Moçambique - 2; Suécia - 2; Angola - 1; Czechia - 1; Finlândia - 1; Islândia - 1; Itália - 1; Macao - 1; Oman -1.

(visitas ontem: 26/01/2020)