Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“especialistas de saúde pública mobilizados” pela tutela “para ficarem” na ULSBA

Zé LG, 30.11.20

202011271855554273.jpgO secretário de Estado Adjunto da Saúde, António Lacerda Sales, disse, na passada sexta-feira, que “estes profissionais (de saúde pública da ULSBA) foram mobilizados para ficarem nesta fase de pandemia”.
António Lacerda Sales aproveitou para frisar que “neste contexto passou a perceber-se melhor a importância do trabalho dos médicos de saúde pública” e que “o Governo está a fazer de tudo para fixar mais médicos neste território de baixa densidade”.

Afinal o que vieram cá fazer os dois secretários de Estado?

Zé LG, 28.11.20

128304224_1089514018147507_5354896333125402_n.jpg"Estiveram (ontem) em Beja os Secretários de Estado Adjuntos da Defesa Nacional e da Saúde, Dr. Jorge Seguro Sanches e Dr. António Lacerda Sales respetivamente.

A propósito da questão central da pandemia COVID-19, foram visitadas a Base Aérea n.⁰ 11 de Beja e o Hospital José Joaquim Fernandes com a companhia do Chefe de Estado Maior da Força Aérea, General Joaquim Borrego e da Dra Conceição Margalha, Presidente do Conselho de Administração da ULSBA.

Da parte da tarde reunião via zoom dos Presidentes de Câmara da área da CIMBAL com os Secretários de Estado presentes em Beja.

Às 17.00 horas presente no NERBE, a convite do Presidente da Direção Dr. Filipe Pombeiro, para testemunhar a muito importante assinatura do contrato de empreitada da futura nova incubadora de base tecnológica de empresas de Beja, uma iniciativa do NERBE em estreita articulação com o Instituto Politécnico de Beja, com o CEBAL e com o COTR. ... Presente também o Vice-Presidente da CCDR Alentejo, Dr. Aníbal Reis Costa entidade que financia o projeto a 85%."

Escreveu Paulo Arsénio na sua página do Facebook.

Estas visitas podem ser interessantes para os governantes ficarem a conhecer melhor a realidade local e os problemas mais prementes das suas áreas de intervenção. Mas expliquem-me – quem for capaz -, que contributo trouxeram para Beja e região a visita destes dois governantes? Imagino que a visita à “futura nova incubadora” (de empresas, não de crianças) tenha contribuído muito para a melhor prestação dos secretários de Estado nas suas áreas – Saúde e Defesa… Não teriam mais em que aproveitar o seu precioso tempo, em especial o secretário de Estado da Saúde, em tempos de pandemia?

Secretários de Estado António Lacerda Sales e Jorge Seguro Sanches visitam Beja

Zé LG, 27.11.20

Secretários-de-Estado.jpgO Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales e o Secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches vão estar, esta sexta-feira, em Beja, com a seguinte agenda:

- 12.00 horas – visita ao Centro de Acolhimento Militar da BA nº11, que integra uma das estruturas de retaguarda para doentes com Covid-19;

- 14.30 horas - a visita ao Hospital de Beja que, recentemente, foi alvo de uma reestruturação de serviços para melhor responder à pandemia. Nessa altura serão apresentados os resultados do programa de testes do Centro ABC-Algarve Biomedical Center;

- 14.45 horas - reunião com os autarcas da região.

E será que vêm anunciar o arranque da ampliação do Hospital de Beja para 2050 ou terão a coragem de afirmar que não avançarão com ela?...

“E não havia comércio em Beja que vendesse uns queijos, umas linguiças, umas garrafas de azeite e de vinho?”

Zé LG, 26.11.20

cabazdenatal150euros-3.png"Meide In. Conhecem? É uma empresa de Castro Verde que foi formada há pouco tempo.

Com tanta sorte que a Câmara de Beja comprou-lhe logo 13 mil euros em cabazes de Natal.

Alguém sabe o que têm esses cabazes? E para quem são? E não havia comércio em Beja que vendesse uns queijos, umas linguiças, umas garrafas de azeite e de vinho?

Siga a festa."

Anónimo 25.11.2020, aqui.

CDU contra transferência para as autarquias locais e delegação de competências do Município de Beja nos Agrupamentos de Escolas

Zé LG, 26.11.20

Escola-768x549.jpgOs vereadores da CDU na autarquia de Beja, na última reunião de Câmara, votaram contra a proposta de aprovação de minuta de contrato de delegação de competências do Município nos Agrupamentos de Escolas, explicando que “este voto contra vem na sequência da não aceitação de competências na área da Educação aprovada, por unanimidade, em reunião de Câmara e Assembleia Municipal, em maio e junho deste ano” e pela “incapacidade total que o Município teria para aceitar e assumir esta gestão dos estabelecimentos de ensino do concelho, no momento presente.”

A CDU considera “irresponsável a atitude dos eleitos do PS na Câmara de Beja ao aceitarem esta transferência à revelia das decisões tomadas oficialmente nos órgãos municipais” e que “aceitar estas competências não trará benefícios à comunidade educativa, antes constituirá um problema acrescido” e que “continuam a verificar-se algumas dificuldades na colocação de auxiliares, professores e recursos técnicos especializados para fazer face às necessidades da comunidade escolar, bem como o desenvolvimento de procedimentos inerentes ao funcionamento dos refeitórios e fornecimento de alimentação, transportes escolares e atividades de enriquecimento curricular, entre outros.” 

Daqui e daqui.

Câmara de Beja gasta 59 mil euros com iluminação de Natal

Zé LG, 25.11.20

Natal-768x432.jpgA partir de dia 1 de dezembro, as principais artérias da cidade vão estar iluminadas. Este ano, a iluminação de Natal foi alargada até ao Castelo, à Biblioteca, parte da Avenida Fialho de Almeida, à Rua Sousa Porto e a rotunda da Força Aérea, na entrada norte da cidade.

Devido às contingências provocadas pela pandemia da Covid-19, a autarquia decidiu não realizar o mercadinho de Natal, o Bolo-rei Gigante, o Almoço da Comunidade sénior do concelho, a passagem de ano e o espetáculo de fogo-de-artifício.

De 1 de dezembro a 6 de janeiro, os bejenses poderão usufruir de três horas de estacionamento gratuito no Parque Subterrâneo da Avenida Miguel Fernandes e de uma hora no Parque de Estacionamento Subterrâneo da Casa da Cultura.

 

Se a não realização dos eventos e a isenção de pagamento de estacionamento subterrâneo merecem o apoio consensual, já os gastos com a iluminação de Natal têm gerado alguma polémica, face à crise que estamos a viver.

Bejense Eddie Branquinho nomeado vice-mayor na cidade de Palm Coast, nos EUA

Zé LG, 25.11.20

126078439_3517982304956562_6549106743770350310_o.j

Eddie Branquinho, o primeiro imigrante nascido em Portugal de que haja registo eleito vereador no estado norte-americano da Flórida, voltou a fazer história no passado dia 17 deste mês - ao ser nomeado vice-presidente da câmara na cidade de Palm Coast, Flórida. A nomeação, apresentada pelo vereador Nick Klofas, foi aprovada por unanimidade na reunião do Conselho Municipal de 17 de Novembro, decorrida no edifício da câmara.

Branquinho foi eleito vereador pelo Bairro 4 da cidade de Palm Coast em 2018 e está a cumprir o eu primeiro mandato, que irá até 2022.

Subiu para 11 o número de mortes no Lar Mansão de São José com covid-19

Zé LG, 19.11.20

mansao-768x432.jpgMorreu, com 88 anos, a última das utentes infetadas no surto de covid-19 no Lar Mansão de São José, em Beja, que ainda estava internada no hospital de Beja.

O surto que teve início a 14 de outubro chegou a infetar um total de 110 pessoas, das quais 88 utentes e 22 funcionárias. O primeiro caso de infeção foi detetado a 12 de outubro, numa idosa de 89 anos após uma ida ao Serviço de Urgência do Hospital de Beja.

ULSBA criou áreas dedicadas ao atendimento de doentes respiratórios e Covid-19

Zé LG, 18.11.20

202011171650481487.jpgA ULSBA, no cumprimento do Plano da Saúde para o Outono-Inverno 2020-21 e dado o previsível aumento de afluência de utentes com queixas do foro respiratório, criou Áreas Dedicadas para Doentes Respiratórios e Covid-19 (ADR) nos Centros de Saúde de Beja, Castro Verde e Cuba, que já estão em funcionamento.

As ADR destinam-se à avaliação clínica dos doentes com suspeita de infeção respiratória aguda, incluindo os doentes suspeitos de infeção pelo novo coronavírus. O encaminhamento do doente suspeito para as Áreas Dedicadas para Doentes Respiratórios é feito mediante a avaliação da Linha SNS24 ou pelo Médico de Família do Centro de Saúde. Nestas áreas, serão realizados testes à Covid-19, caso seja necessário, e os pedidos pela Linha SNS24. O utente também poderá dirigir-se a estas Áreas de Atendimento Dedicado a Doenças Respiratórias e COVID-19 se apresentar os seguintes sintomas: tosse ou alteração da sua tosse habitual; tosse e dores de cabeça; tosse e dores musculares; febre (38ºC); dificuldade respiratória e diminuição súbita do olfato (cheiro) e/ou do paladar (gosto).

PCP promove protesto, frente ao Hospital de Beja, para denunciar problemas no acesso à Saúde

Zé LG, 17.11.20

202011161526551255.jpgO PCP promove hoje, pelas 18horas, uma acção de protesto, em frente ao Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, para denunciar os problemas que a população está a viver no acesso à saúde, agravados pela Covid-19.

Bernardo Loff, médico e representante da DORBE de Beja PCP, diz “o que está em causa é o SNS, num contexto de uma pandemia, cujas consequências são imprevisíveis”, destacando que é necessário o “reforço das Unidades de Saúde Pública, assegurando os rácios de médicos, enfermeiros e técnicos de saúde ambiental por habitantes, que estão estabelecidos na legislação, ou a recuperação de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários, que pode ser colmatada com o alargamento dos horários de funcionamento, a fixação de um incentivo excepcional, idêntico ao que é aplicado nos hospitais, bem como o investimento na modernização dos sistemas de comunicações e do equipamento informático”. Também aqui.

João Paulo Trindade diz que “falta estratégia a longo prazo para a região no OE2021”

Zé LG, 16.11.20

201901092210076338.jpgJoão Paulo Trindade referiu que o IPBeja “está satisfeito com o número de alunos que a instituição conseguiu captar no ano letivo 2020/21” e que esta é uma instituição que se envolve com o território onde opera.

Preocupado com o futuro e com a questão demográfica do território, João Paulo Trindade gostaria de ver esplanada no OE2021 “uma resposta para a região em que estivesse evidente uma estratégia a longo prazo e pensada como um todo”, porque só assim seria possível a instituições como o IPBeja “formar e fixar população, massa crítica”.

Câmara de Beja está a “elaborar a estratégia local de habitação”. Bairro das Pedreiras pode ser “uma bomba às portas de Beja”.

Zé LG, 16.11.20

 Em Beja, a Câmara Municipal está a “elaborar, desde o início do ano, a estratégia local de habitação, que se encontra, ainda numa fase preliminar”, explica Paulo Arsénio, presidente da autarquia. Através dessa “estratégia vai ser possível apontar quais são as necessidades de habitação no concelho e nas freguesias e qual deve ser a intervenção do município para conseguir ultrapassar essas insuficiências habitacionais que existem”. Na cidade vai permitir, segundo o presidente da Câmara “recuperar 170 casas que carecem de recuperação, mas que já são destinadas a habitação social; vai permitir apoiar financeiramente 75 casas de famílias vulneráveis e permitirá também a aquisição e reabilitação de focos para habitação municipal que podem ser em regime de arrendamento apoiado ou em regime de arrendamento acessível”. Nesta última ajuda podem ser abrangidas nestas condições, entre “100 a 200 casas”.

Pedreiras-768x576.jpgPrudêncio Canhoto, presidente da Associação de Mediadores Ciganos de Portugal (AMEC) disse à Rádio Pax que o “problema da habitação tem-se agravado ano após ano.  Em seu entender, “as condições em que as famílias vivem no Bairro das Pedreiras são desumanas e trata-se de um problema de saúde pública: o Bairro tem mais gente que certas freguesias do concelho. Se existir algum caso de covid-19 estamos perante uma bomba às portas de Beja”.

Valverde Martins morreu

Zé LG, 15.11.20

2020111512133563.nb.pngAntónio Pedro Valverde Martins, com 85 anos, natural de Beja, morreu ontem no Hospital de Beja. O funeral realizou-se, esta manhã, das Casas Mortuárias para o Cemitério de Beja.

Valverde Martins era bancário reformado. Foi sindicalista, fundador e dirigente da Cooperativa Proletário Alentejano, dirigente do MURPI, para além de outras actividades comunitárias. Foi militante e dirigente distrital do PCP e autarca da CDU.

Valverde Martins era uma um homem bom, humilde, cordato, sempre na procura de consensos, de fortes convicções e de uma dedicação e empenhamento totais às causas em que se envolvia. Foi uma figura marcante de Beja, do simdicalisto e do movimento cooperativo.

À família apresento os meus sentidos pêsames.

Morreu Diogo Lopes

Zé LG, 15.11.20

3d041a_ad217e381c8946b8b4511c7c896f36a7_mv2.jpgMorreu, no dia 14, Diogo Amador Lopes, com 91 anos, viúvo, natural de Salvador - Beja. O funeral realizou-se no dia 15, das casas mortuárias de Beja para o crematório de Setúbal.

Diogo Lopes era aposentado da EMAS, onde desempenhou as funções de leitor-cobrador.

Fui vizinho de Diogo Lopes e convivi com ele quando presidi ao Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados da CM de Beja (hoje EMAS).

Guardo dele a recordação de um bom homem, simpático e afável, sério e bom profissional.

À família apresento os meus sentidos pêsames.

PCP propõe medidas de fixação de médicos e para o Hospital de Beja

Zé LG, 14.11.20

O PCP entregou um conjunto de 35 propostas dirigidas “ao reforço do Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

João-Dias-PCP--768x432.jpgO PCP apresentou um conjunto de propostas para a fixação de médicos nas zonas carenciadas como é o caso do distrito de Beja, revelou João Dias, deputado do PCP eleito por Beja, que frisou que foi, igualmente, proposto um plano de requalificação e construção de novas instalações para centros de saúde e hospitais, com uma proposta em particular para o Hospital em Beja com uma verba de um milhão e meio de euros para a revisão dos projetos técnicos de uma obra no valor de 30 milhões de euros.