Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Estudo da EDIA conclui que a olivicultura tem desempenho “muito positivo” na região do Alqueva

Zé LG, 20.03.21

Sem nome.pngO setor da olivicultura “tem um desempenho muito positivo” na região abrangida pelo regadio do Alqueva e “não tem comparação possível” com outras culturas frutícolas, defendeu o presidente da EDIA, José Pedro Salema, com base num estudo recente coordenado pela empresa a que preside, que conclui que o olival é uma cultura “perfeitamente adaptada à região”, sendo as “baixas exigências hídricas” uma das principais características da plantação intensiva de oliveiras no Alentejo.

O trabalho, explicou José Pedro Salema, tentou “distanciar-se e ver de longe” os impactos “na economia, o emprego e nas produções”, assim como observar “que práticas se fazem e como se produz, tipicamente, o olival nestas zonas”.

“O olival não tem problema nenhum. O que pode haver é uma questão de práticas agrícolas. Não há atividade humana sem impacto, isso é óbvio, mas os benefícios desta cultura são claramente superiores aos impactos negativos. Desenvolver esta cultura na região foi nitidamente uma aposta ganha”, frisou, assumindo, no entanto, que “tal como em todos os setores” de atividade, “algumas pessoas não fazem bem as coisas”, mas esses casos são “identificados e reportados para serem corrigidos”.

Primeiro classificado no ranking da World Best Olive Oils, Concurso Internacional de Azeites Ovibeja alarga prazo de receção de amostras

Zé LG, 19.03.21

cartaz_2021_pt_PT.jpgO 10º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra – Prémio CA Ovibeja foi este ano classificado novamente em 1º lugar no ranking da World Best  Olive Oils. Este escrutínio mundial, criado pelo perito alemão Heiko Schmidt, com base nos resultados dos principais concursos internacionais de azeite virgem extra em ambos os hemisférios, tem como referência o Prémio Mario Solinas do Conselho Oleícola Internacional com critérios muito objetivos de rigor e autenticidade. O painel de provadores do Concurso Prémio CA Ovibeja. Presidido por José Gouveia, professor catedrático especialista em azeites, o Concurso Ovibeja recebe amostras de vários de países. 

Devido a vários contactos de interessados em participar no Concurso, a sua Organiazação alargou o prazo de receção de amostras até ao dia 26 de Março.

A participação é gratuita mas tem de respeitar as normas inscritas no Regulamento que pode ser consultado no site do Concurso em: https://www.azeite-ovibeja.pt/.

Cooperativa de Moura e Barrancos lança edição limitada do melhor blend de azeite

Zé LG, 07.03.21

202103051129254390.jpgA Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos acaba de lançar uma edição limitada de Lote Seleção, um blend de azeite virgem extra que resulta das primeiras e melhores azeitonas colhidas em Moura e em Barrancos na campanha 2020/2021. Este “Lote Seleção” terá apenas 5000 garrafas e é extraído de azeitonas selecionadas.

A cooperativa realça ainda que, este azeite de seleção é perfeito para finalizar pratos sem molhos e de aromas simples, como massas e arroz, ou para enriquecer grelhados, é igualmente ideal também para provar com pão fresco ou torrado. A melhor forma de conservar este azeite é num local fresco e ao abrigo da luz.

Produção de azeitona cai 25%

Zé LG, 22.02.21

IMG_3876.JPG“Globalmente estima-se uma diminuição de 25% da produção de azeitona para azeite, face a 2019”, refere o INE, salientando que, apesar do rendimento da azeitona em azeite (funda) ser menor que o do ano anterior, “o produto final apresenta qualidade organolética e química dentro dos parâmetros normais”.

Apesar da diminuição prevista, a produção de azeitona “permanece a níveis bastante elevados”, prevendo-se que seja “a sexta maior das últimas 80 campanhas” e “continuando claramente a evidenciar o fenómeno de safra/contrassafra (manifestação de alternância produtiva anual)”.

Prémio CA Ovibeja - 10º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra avança com formato adaptado

Zé LG, 14.01.21

cartaz_2021_pt_PT.jpgA ACOS, em colaboração com a Casa do Azeite, vai realizar em 2021 o 10º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra – Prémio CA Ovibeja, com o patrocínio exclusivo do Crédito Agrícola. Mantém-se a abrangência internacional do concurso e dos membros do Júri, assim como a presidência de José Gouveia, especialista em azeites a nível mundial.

Mesmo que o formato do concurso tenha de ser adaptado de acordo com medidas nacionais e/ou internacionais de controlo da Covid-19, é imperativo, para os organizadores, a realização do mesmo. Por um lado, porque vem incentivar a aposta na qualidade dos azeites nacionais, e por outro, revelar o seu potencial não só no mercado interno, mas também na conquista de mercados internacionais.

Consultar: www.azeite-ovibeja.pt.

ACOS reforça capacidade do Laboratório de Química para responder ao aumento da procura

Zé LG, 07.10.20

202009291628312343.jpgA funcionar durante todo o ano, o Laboratório de Química da ACOS está agora a reforçar a equipa para dar resposta ao aumento da procura relacionado com o início da campanha da azeitona. As análises à azeitona são também um instrumento objectivo de apoio ao processo de decisão sobre o momento ideal para a colheita.
Este ano a ACOS adquiriu mais equipamentos para o Laboratório de Química e aumentou a oferta de análises de azeite ao encontro das necessidades dos produtores. Com mais estes equipamentos, passou a ser possível fazer no Laboratório da ACOS uma grande parte das determinações analíticas necessárias à classificação do azeite como virgem extra, virgem ou lampante, categorias definidas em regulamentos comunitários.
O laboratório de Química da ACOS tem actualmente disponíveis análises de rendimento e qualidade em azeitona, análises de bagaço de azeitona, de qualidade e de pureza do azeite e ainda análises ao óleo de bagaço de azeitona.

Os novos donos do Alentejo com mais de 65% dos olivais da região

Zé LG, 17.01.20

img_797x448$2020_01_16_09_55_33_615825.jpg

Cerca de 70% do território agrícola da região de Alqueva mudou de mãos nos últimos dez anos - e o Alentejo passou de celeiro a olival da nação. O antigo terratenente seareiro cedeu lugar a um novo megalatifúndio assente em fundos  internacionais, com seis grandes grupos a deter ou a gerir mais de 65% dos olivais da região. São eles os grandes beneficiários do maior investimento público alguma vez realizado na agricultura portuguesa: 2,5 mil milhões de euros. Ao mesmo tempo que escasseia, a terra irrigada por Alqueva está a sofrer uma pressão sem precedentes, com o preço do hectare a crescer seis vezes em 15 anos. Neste período, graças aos novos olivais alentejanos, Portugal passou de importador crónico a quinto maior exportador mundial de azeite. E, segundo a Comissão Europeia, o olival português poderá aumentar 88% até 2030. Mas isso teve consequências sociais e ambientais. Este é o primeiro de três capítulos de uma reportagem realizada ao abrigo de uma bolsa de investigação jornalística da Fundação Calouste Gulbenkian

Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra – Prémio CA Ovibeja recebe amostras de vários países

Zé LG, 09.01.20

202001072235076048.jpgO secretariado do 10º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra – Prémio CA Ovibeja já está a receber amostras de azeites de vários países do mundo, avança a ACOS. Os azeites a concurso devem ser entregues até ao dia 20 de março.
“Na prova final, os azeites a concurso são avaliados por um júri internacional para apurar o 1º, 2º e 3º prémios em cada categoria e menções honrosas para o 4º, 5º e 6º azeites mais pontuados”. “A entrega dos prémios vai realizar-se durante a 37ª Ovibeja que vai decorrer de 29 de abril a 3 de maio”.

“Um verdadeiro caos ambiental poderá ocorrer ao não haver onde colocar aquele bagaço de azeitona”

Zé LG, 10.12.19

As três grandes unidades de receção de bagaço de azeitona proveniente dos lagares que processam toda a azeitona produzida no Alentejo já têm grande parte da sua capacidade estática de armazenamento esgotada. O alerta é da Confragi que refere ainda que “falta muito pouco para que todo o setor paralise, desde a apanha de azeitona aos lagares que a transformam, facto que a verificar-se poderá provocar prejuízos incalculáveis aos agricultores e empresas ligadas ao setor”.

P1060207.JPG

Jornadas Olivum no “Dia Mundial da Oliveira”

Zé LG, 26.11.19

201911221137199553.jpgO auditório do NERBE/AEBAL recebe, hoje, 26, as VI Jornadas Olivum, coincidindo com a data recentemente proposta pela UNESCO para se tornar “Dia Mundial da Oliveira”.

“Inovação e Sustentabilidade do Olival”, “Fertirrigação racional do olival” e “Estratégias e Desafios do Sector do Azeite” são temas a abordar nestas Jornadas que tem como ponto alto a apresentação do estudo “Alentejo: a liderar a olivicultura moderna internacional”.

As jornadas terminam com a apresentação do livro “A Olivicultra Internacional-Difusão histórica, análise estratégica e visão descritiva”.

"TRILOGIA MEDITERRÂNEA: O Pão, O Vinho e o Azeite" em debate em Alvito

Zé LG, 31.10.19

triologia.jpg

Estudos Gerais de Alvito promovem uma conferência no Centro Cultural de Alvito

TRILOGIA MEDITERRÂNEA: O Pão, O Vinho e o Azeite

programa:

1 de novembro

14h30: Sessão de Abertura António Lamas, Ana Paula Amendoeira, António João Valério

15h00: Introdução ao tema Jorge Gaspar

15h15: O património arqueológico João Luís Cardoso

15h45: A herança islâmica Santiago Macias

16h15: Arquiteturas José Manuel Fernandes

16h45: Café

17h15: A centralidade de Alvito: a trilogia no tempo e no espaço de Alvito António J. Valério

2 de novembro

A trilogia em Portugal e no Alentejo

9h30: A trilogia à mesa Virgílio Gomes

10h00: O pão Mário Rolando

10h30: O vinho Virgílio Loureiro

11h00: Café

11h30: O azeite José Gouveia

12h00: Colóquio

13h00: Almoço

15h00: O vinho na literatura Ana Luísa Vilela

15h30: O pão e o azeite na literatura Artur Anselmo

16h00: As dimensões sacras da trilogia António Marques Miguel

16h30: A trilogia e a saúde José Canas da Silva

17h00: Colóquio

18h00: Encerramento

Ministro da Agricultura nas comemorações dos 65 anos da CAMB

Zé LG, 27.09.19

logo2.png

Dia: 27 de setembro de 2019 (sexta-feira) | Horário: 16h00

Local: Cooperativa Moura Barrancos, Moura

Programa previsto:

16h00: Boas vindas pelo Presidente do Conselho de Administração, José Garcia Duarte

16h30: Professor Jose Humanes – História do Olival na Região de Moura

17h00: Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos

17h30: Apresentação da nova imagem institucional da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos

17h45: Tiborna com Azeite de Moura e Branco de Honra

UCASUL ofrece ambulância aos Bombeiros de Alvito

Zé LG, 20.06.19

A UCASUL - União de Cooperativas Agrícolas do Sul - ofereceu à Associação de Bombeiros Voluntários de Alvito uma ambulância destinada ao transporte de doentes, que também pode atuar em caso de emergência médica, porque  está equipada com todos os acessórios necessários.

64658210_1065216883677336_823036169091547136_n.jpgO Presidente da Assembleia Geral, Francisco Trindade, o Comandante dos Bombeiros, António Piteira e o Presidente da Associação, António Valério manifestaram enorme gratidão ao Sr. Aníbal Martins, diretor da empresa, por tal oferta às populações de Alvito e Vila Nova da Baronia.

Pedro do Carmo contra Capoulas Santos?

Zé LG, 17.06.19

pedro-do-carmo-AR2-768x432.jpgO deputado do PS eleito por Beja interveio a favor do olival, durante o debate realizado na Assembleia da República, marcado pelo Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV), com o tema “travar as culturas intensivas e superintensivas”, considerando que a plantação de olival no Alentejo “cria emprego e fixa população jovem e qualificada nos territórios do interior” e que o Baixo Alentejo “é hoje uma das regiões do país que mais contribui para as nossas exportações” fruto dos investimentos realizados.

No mesmo debate, afirmou o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural: “Determinei, no atual quadro comunitário de apoio, que não haverá no perímetro de Alqueva mais apoios ao investimento para a instalação de olivais e de agro-industrias associadas ao olival, porque temos capacidade de laboração suficiente”.

Governo corta apoios ao investimento para a instalação de olivais e lagares no perímetro de Alqueva

Zé LG, 13.06.19

O Governo anunciou esta quarta-feira que vai suspender apoio ao investimento em olival na região do Alqueva e delimitar as manchas contínuas para proteção da biodiversidade. Luís Capoulas Santos, considera que as implicações do olival têm sido “distorcidas” pela opinião pública e não têm as pressões ambientais que lhe são atribuídas.

Olival.JPG

“Determinei, no atual quadro comunitário de apoio, que não haverá no perímetro de Alqueva mais apoios ao investimento para a instalação de olivais e de agro-industrias associadas ao olival, porque temos capacidade de laboração suficiente”, afirmou o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, no debate marcado de urgência pelo Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV), com o tema “travar as culturas intensivas e superintensivas”.

Agricultores garantem que “intensificação da cultura do olival não descura processos ecológicos”

Zé LG, 05.06.19

Olival-ABORO-660x330.jpgA Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo e a Olivum — Associação de Olivicultores do Sul rebatem, em conjunto, declarações veiculadas junto da opinião pública por parte de “organizações ambientalistas, partidos políticos e jornalistas, que, por falta de conhecimento ou por razões ocultas, estão a promover a desinformação e a colocar em causa o trabalho e o contributo positivo dos agricultores para a dinamização da agricultura, para o desenvolvimento da região e para o combate às alterações climáticas”.

Explicam aqueles agricultores que “sem água não há biodiversidade, nem condições de deter o avanço da desertificação. Entre outras variáveis, o aumento da temperatura e a perda de humidade no solo são contrariados através da arborização, onde se integra a oliveira”.

Leia tudo aqui.

Azeite alentejano conquista medalha de ouro no Concurso Internacional 'World’s Best Olive Oils 2019'

Zé LG, 15.05.19

naom_5cda89fc6d160.jpgO Azeite Virgem Extra Premium CAMB (da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos) acabou de ser reconhecido com medalha de ouro no Concurso Internacional 'World’s Best Olive Oils 2019', que se realizou em Nova Iorque, concorrendo com mais de 900 azeites oriundos de 28 países e sendo assim considerado um dos melhores azeites do mundo.

Já em abril deste ano, o Azeite Virgem Extra Premium CAMB havia sido reconhecido com medalhas de prata tanto no concurso internacional ‘Olive Japan 2019’ como no 'World Edible Oils Paris 2019' (17ª edição do concurso internacional da AVPA-Paris 2019).

 

Ucasul repudia e condena intervenção da deputada do PSD, de Nilza de Sena, sobre a sua fábrica de Alvito

Zé LG, 08.05.19

Fábrica de Óleso, a libertar vapor de água.jpg

A Direção da Ucasul, manifesta o seu total repúdio e condenação, pelo conteúdo da intervenção da deputada do PSD por Beja, Nilza de Sena, questionando recentemente o Ministro do Ambiente e evocando a fabrica de Alvito como foco de perigo para a saúde pública. As mentiras utilizadas pela senhora deputada, que nunca esteve na fábrica da Ucasul, são elas sim, uma fonte inaceitável de poluição da opinião publica, e demonstram bem a sua forma de fazer política partidária.

A Ucasul, tem investido milhões de euros na sustentabilidade ambiental da sua atividade e, está quase a tornar-se na 1ª empresa do setor ibérico com eliminação total de efluentes líquidos e emissões gasosas. ...

(a Foto é antiga)

Azeites alentejanos pouco premiados no Concurso de Azeites – Prémios CA/Ovibeja

Zé LG, 28.04.19

premio.JPGForam entregues, ontem, na Ovibeja, os Prémios do 9º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra – Prémio CA – Ovibeja. Portugal, Espanha e Itália foram os países galardoados, tendo os azeites nacionais arrecadado todos os prémios da categoria Frutado Verde Ligeiro. Consulte Premiados na edição de 2019.

Oliveira da Serra volta a ser eleito o melhor azeite do mundo

Zé LG, 31.03.19

azeite.jpgEm 2019, Oliveira da Serra volta a ser eleito o melhor azeite do mundo! A marca voltou a subir ao pódio do concurso de azeite com maior prestígio e relevância a nível internacional - Mario Solinas Quality Award, onde ocupou o primeiro lugar na categoria Frutado Verde Ligeiro.

O Concurso de Qualidade dos Azeites Virgem Extra Mario Solinas 2019 é organizado pelo Conselho Oleícola Internacional (COI). Nesta edição, entre os 164 azeites a concurso, oriundos de 13 países produtores, participaram 37 azeites portugueses.