Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Beja já tem Área de Serviço para Autocaravanas

Zé LG, 21.07.24

autocaravanas (1).jpgA primeira Área de Serviço para Autocaravanas, no Parque de Campismo Municipal de Beja, já está em funcionamento, tendo o espaço ficado “pré-preparado para que, caso se justifique em função de avaliação a fazer ao longo dos próximos meses, se amplie a área com um segundo estacionamento para o mesmo efeito”.

Mercado Municipal de Beja deverá abrir ao público depois do Verão

Zé LG, 20.07.24

Screenshot 2024-07-19 at 12-28-25 19 espaços para exploração no mercado municipal de Beja assegurados (Atualizada) Rádio Voz da Planície - 104.5FM - Beja.pngA Câmara de Beja já assinou os primeiros 16 contratos de exploração de espaços no mercado municipal da cidade e que já entregou as chaves de cada uma destas lojas aos respetivos operadores. Estão assegurados 19 dos 25 espaços disponíveis e a autarquia espera conseguir assinar mais três contratos para a semana.
Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, frisou que, apesar de todas as derrapagens que a obra sofreu, "o valor final da empreitada ficou aquém do previsto", e revelou que a data efetiva de abertura do Mercado Municipal de Beja ao público será divulgada em meados de agosto pois deverá começar a funcionar depois do verão.

NERBE e Câmara de Beja assinam protocolo de cooperação

Zé LG, 19.07.24

202407121642342059.jpgO NERBE/AEBAL e a Câmara Municipal de Beja assinaram, hoje, um protocolo de cooperação, visando regular a cooperação entre as duas entidades, no intuito de ampliar o CIBT NERBE e de forma a aumentar a sua capacidade de incubação, com a construção da II Fase, que “Em caso de aprovação da candidatura por parte dos apoios comunitários, a contrapartida privada necessária à execução da obra será suportada pela Câmara Municipal de Beja”. Daqui e daqui.

Paulo Arsénio “Tudo teve para" ficar na história da cidade e da região?

Zé LG, 18.07.24

22089986_10213946405995931_6199628447875624438_n.jpg«Paulo Arsénio tem atravessado um tempo em que com as verbas da União Europeia, PRR incluido, e durante 8 anos um governo da sua cor política. Tudo teve para conseguir deixar o seu nome ligado para sempre à historiografia da cidade e da região. Ou seja, ao contribuir de forma decisiva para completar o que resta da autoestrada até ao aeroporto de Beja e a eletrificação da linha férrea até Casabranca, se possível com o ramal dos Coitos também até ao aeroporto. Mas não, contenta-se, ele e os seus seguidores, apenas com façanhas como esta que LG aqui nos relata.» Anónimo, 17.07.2024, aqui.

Câmara de Beja pavimentou arruamentos em Baleizão

Zé LG, 17.07.24

451263381_1929353597496874_2484001216700591520_n.jpgA Câmara Municipal de Beja tem em curso a pavimentação por administração directa de arruamentos na Cidade e em diversas aldeias. Já terminou as programadas para Baleizão - Rua traseira paralela à Rua José Vargas; Rua da Ladeira; Acesso ao Clube de Caçadores e Beco na Rua Grande. Algumas destas ruas ainda terão posteriormente intervenção nas bermas.
Seguem-se o Largo do Bairro dos Moinhos e duas ruas de Santa Vitória.
Daqui.

Esplanadas do Centro Histórico de Beja isentas de pagamento de taxas

Zé LG, 12.07.24

449048513_3794866524058328_4628055173861884089_n.pngPor proposta dos vereadores da CDU, a Câmara Municipal de Beja aprovou a isenção de taxas no licenciamento de esplanadas, bem como a anulação das faturas já emitidas, no centro Histórico de Beja, tendo em conta que “é amplamente reconhecido o papel que as esplanadas desempenham na animação dos centros históricos. Esta ocupação positiva do espaço público, promove a dinâmica e a vitalidade dessas áreas, contribuindo para atrair e reter visitantes, tornando o espaço mais atrativo para moradores e turistas”.Daqui e daqui.

Câmara de Beja cria novo centro de acolhimento temporário

Zé LG, 12.07.24

Santa-Clara-Louredo.jpgNa sequência das novas competências na área social assumidas, no ano passado, a Câmara Municipal de Beja vai instalar no edifício de um antigo Lar, em Santa Clara do Louredo, um centro de acolhimento temporário que vai prestar ajuda a pessoas ou famílias em situação de emergência social.
O centro terá entre 24 e 36 camas para acolhimento de emergência, destina-se não só a migrantes como a pessoas que, por diversas razões, perderam o alojamento, vai dar resposta aos problemas sentidos no concelho de Beja e será “complementar” ao Centro de Acolhimento de Emergência Social (CAES), gerido pela Cáritas, explicou a vereadora Marisa Saturnino.

Câmara de Beja remodela edifício para habitação para famílias jovens

Zé LG, 11.07.24

202212051040448119.PNGA Câmara Municipal de Beja assinou, esta segunda-feira, a Consignação da empreitada do denominado "Edifício das Modas Felicio", com um investimento de mais de 1 milhão de euros e que integra a Estratégia Local de Habitação de Beja. Quando concluída a obra, num prazo estimado de 540 dias, o prédio contará com 8 frações de habitação “com valores de rendas inferiores aos praticados no mercado e destinadas a famílias jovens” e ainda outros três pequenos espaços no piso térreo, destinados a serviços municipais ou arrendamento comercial.

Amanhã é dia de protesto dos trabalhadores da Administração Local

Zé LG, 24.06.24

202406051548222984.jpgAmanhã, 25 de junho, é dia de protesto dos trabalhadores da administração local. O STAL espera, em Lisboa, milhares de trabalhadores da administração local, do sector empresarial e de empresas concessionárias de vários pontos do país. Beja vai marcar presença.
Durante o protesto os trabalhadores vão entregar um abaixo-assinado a exigir a valorização das suas profissões e a justa compensação pelo trabalho que desempenham diariamente. A atualização dos valores do Suplemento de Penosidade e Insalubridade (SPI) já existente, a atribuição de mais dias de férias, a redução do horário de trabalho e do tempo de serviço para atingir a idade legal da reforma, assim como a regulamentação do Suplemento de Disponibilidade e Piquete e a identificação e regulamentação das profissões de desgaste rápido são outras reivindicações que estão na base do protesto.

STAL contra "privatização de serviços públicos no concelho de Beja"

Zé LG, 22.06.24

Sem nome (80).pngA Comissão Sindical da Câmara Municipal de Beja do STAL promoveu uma ação de "denúncia contra a privatização de serviços públicos no concelho, ao arrepio dos interesses da população e dos direitos dos trabalhadores",
Osvaldo Rodrigues, do STAL de Beja, refere que "o executivo da Câmara Municipal prepara-se para ceder, a privados, na gestão do cemitério da cidade, tal como já o fez com alguns percursos da limpeza urbana na cidade, bem como da limpeza das instalações municipais, isto em vez de investir no reforço dos serviços municipais, contratando mais trabalhadores para estes sectores, mantendo-os na esfera pública" , o que "acarreta inevitáveis prejuízos para o interesse da população e para os direitos dos trabalhadores, como a realidade se tem encarregado de demonstrar. A privatização dos serviços essenciais – como sucedeu em vários sectores, como os da água, recolha e tratamento de resíduos, e limpeza urbana – tem levado ao aumento das tarifas e à queda da qualidade dos serviços prestados, prejudicando assim as populações e criando desigualdades sociais".