Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“Território Hospitalário” faz balanço do projecto e estuda novas formas de cooperação na área do turismo patrimonial

Serpa-T-H-768x432.jpgHoje, em Serpa, os executivos e os técnicos de património e turismo fazem o balanço do projecto “Território Hospitalário – História Medieval da Raia”, que reuniu as câmaras municipais de Serpa e Moura e os municípios espanhóis de Aracena e Aroche com o objectivo de promover o património histórico comum destes territórios em época medieval e desenvolveu conferências, visitas guiadas e a edição de um roteiro dedicado aos castelos das quatro localidades e estudam novas formas de cooperação na área do turismo patrimonial.

Rally ‘Baja TT – Vindimas do Alentejo 2019’” travado pela Câmara de Beja

baja-tt-vindimas-do-alentejo (1).jpgA Câmara Municipal de Beja revela que se viu “forçada a retirar o Alvará de Licença emitido para os dias 7 e 8 de Setembro do Rally ‘Baja TT – Vindimas do Alentejo 2019’”, devido à situação de Alerta face ao risco de incêndio florestal, depois de alertada pela GNR.

A Câmara Municipal de Beja assegura que “desenvolveu os melhores esforços para se ultrapassar a situação descrita e ajudar a repor as condições legais que permitissem a realização da prova”.

Câmara de Beja prossegue requalificação de estradas

Obras-estrada-768x432.jpgA Câmara de Beja tem em curso a repavimentação da estrada entre Mombeja e Santa Vitória, inserida no projecto de beneficiação de estradas e caminhos municipais, lançado no ano passado.

O município tem calendarizadas 19 intervenções, num investimento global previsto de 3 milhões de euros, sem qualquer comparticipação comunitária uma vez que não existem fundos, neste momento, para a recuperação da rede viária.

Museu de Beja vai ter obras de conservação e valorização

museu.jpgA APT - Associação Portas do Território viu aprovada a candidatura ao FEDER, para valorização e conservação do Museu Regional de Beja, no valor de 1 milhão e 200 mil euros. O apoio a fundo perdido é de 75% e os restantes 25%, correspondentes à comparticipação nacional, serão suportados pela autarquia bejense e, eventualmente, pela Secretaria de Estado da Cultura.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja explica que esta é uma hipótese ímpar para se renovar o Museu, com um apoio a fundo perdido de grande escala. Refere, também, que a autarquia vai ser lançado o concurso de empreitada até final do corrente ano, para que durante o ano de 2020 o Museu possa entrar em obras. Esclarece ainda que vai ser melhorada toda a arquitetura do edifício, assim como valorizado o recheio e seu interior.

Assembleia Municipal de Beja reúne hoje, em sessão extraordinária

AM-Beja12.jpgA Assembleia Municipal de Beja reúne hoje, às 18 horas,em sessão extraordinária, no Salão Nobre do edifício do ex-Governo Civil, para votar:
- a proposta de abertura de procedimentos do concurso de recrutamento de cargos de direcção intermédia de 2º grau;
- a proposta de assunção de compromisso plurianual – subscrição do capital social – AMGAP;
- as propostas de aprovação de repartições de encargos para as empreitadas de reabilitação do edifício na Praça da República, nº 29, em Beja; reabilitação do edifício da Piscina Descoberta e empreitada de valorização turística da albufeira dos Cinco Réis.

EDP reconhece 74 cortes no fornecimento de electricidade ao Penedo Gordo desde o início de 2018

"Os cortes que se verificam no Penedo Gordo têm origem na rede de média tensão e, sendo assim, esclareço que não são da responsabilidade da CM Beja que concessiona ao prestador de serviço apenas a rede de baixa tensão. Independentemente de "responsabilidades", a CM Beja contactou a EDP que nos informou que registou no Penedo Gordo 50 episódios de cortes em 2018 e que já contabiliza 24 episódios de cortes de janeiro até final de julho em 2019, com particular incidência nos primeiros meses do ano e nos últimos dias do mês de julho, sobretudo no dia 29 desse mês. A EDP comunicou-nos que o problema que origina os cortes é de muito difícil deteção mas que irá monitorizar ainda com maior atenção a linha que serve a localidade de Penedo Gordo de forma a poder, o mais rapidamente possível (e o mais rapidamente possível não é imediato) resolver esta problema que estava sinalizado.
Votos de uma boa semana,
Paulo Arsénio (Anónimo 12.08.2019 12:01)", aqui.


Registo e agradeço a disponibilidade de Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, para esclarecer esta grave situação que afecta a população do Penedo Gordo, que a EDP diz não saber quando vai resolver. E se este problema se passasse na Cidade de Beja…
É este o resultado da privatização de serviços públicos.

Iluminação precisa-se

Este é o Largo de Francisco Miguel Duarte, no Penedo Gordo. Nele existe, embora mal se veja à noite, um parque infantil, que foi arranjado no mandato anterior. Este largo só tem duas lâmpadas e só uma (a do lado direito da fotografia) virada para o seu interior. A outra (do lado esquerdo da fotografia) está virada para fora, para a rua que fica em frente. 

Largo.JPGAdmito (embora não veja porquê? que possa não ser fácil dotar o Largo de uma adequada iluminação pública. Mas não compreeendo nem aceito que não se ponha mais uma lâmpada virada para o interior do Largo e que daria alguma luz ao Parque Infantil, no poste que tem a lâmpapada virada para fora do Largo. Fica a sugestão à Autarquia.

Câmara de Cuba lança Prémio Fialho de Almeida

fialho de almeida.jpgA Câmara Municipal de Cuba divulgou, recentemente, as normas para a atribuição do Prémio Fialho de Almeida. “São aceites a concurso obras na modalidade de coletânea de contos e romance, sendo privilegiadas as temáticas diretamente relacionadas com a região Alentejo”. Os trabalhos podem ser entregues até 31 de dezembro de 2019 e cada participante poderá apresentar uma única obra a concurso. Consultar o REGULAMENTO.

Junta de Sobral da Adiça critica Câmara de Moura

sobral da adiça.jpgA Junta de Freguesia de Sobral da Adiça critica a Câmara de Moura, por ter afirmado que a Junta de Freguesia “não sinalizou qualquer caminho para reparação”.

A Junta de Freguesia critica a forma como decorreu o processo tendo em vista o arranjo dos caminhos municipais e recorda que numa reunião, a 18 de Julho, com a Câmara de Moura, ficou acordado que não tendo a Câmara Municipal capacidade para responder aos arranjos dos arruamentos em Sobral da Adiça, a Junta de Freguesia faria esses trabalhos e o município arranjaria as respectivas vias rurais e agrícolas.
Para a Junta de Freguesia de Sobral da Adiça, que garante estar a cumprir a sua parte do acordo, a nota de imprensa da Câmara Municipal de Moura é “uma falsa verdade, com objectivos políticos de desacreditar” o seu o trabalho.

Comentários recentes

  • Anónimo

    M. Frade, não compreendeu o que petendi dizer com ...

  • Munhoz Frade

    Quis dizer “gerar” e não “gerais”. Não reparei na ...

  • Anónimo

    Seria voltar a focar as questões ligadas ao modo d...

  • Munhoz Frade

    Um pouco de polémica, meu caro ZLG:Sabemos que cau...

  • Anónimo

    É pena que o próprio DA não se tenha interessado p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.