Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

União de Freguesias de Salvador e Santa Maria da Feira elegeu os seus órgãos, à terceira tentativa

Zé LG, 29.10.21

249466848_381989513490364_1422252332184606467_n.jpDepois de o presidente da Junta ter proposto duas listas para a eleição dos vogais da Junta de Freguesia, que foram rejeitadas, “à terceira foi de vez”. Na primeira lista constavam, apenas, eleitos do PS e a segunda proposta era composta por dois eleitos do PS e dois da CDU. Ambas foram inviabilizadas. A terceira proposta apresentada por António Ramos foi aprovada com 12 votos a favor e um contra.

Assim o executivo presidido por António Ramos (PS), é constituído por Bruno Sustelo, Custódia Alho e Rita Brito, eleitos pelo PS e por Hugo Carulo eleito pela coligação Beja Consegue, liderada pelo PSD.

Para a votação da mesa da Assembleia de Freguesia foram apresentadas duas listas, a Lista A e a Lista B. A lista B ganhou com 7 votos a favor, tendo a Mesa da Assembleia de Freguesia ficado a ser presidida por Evaristo Amaro (CDU), com Maria Costa Lobo (PS) como 1ª Secretária e Linabela Martins, (Beja Consegue) 2ª Secretária.

CDU exige nova eleição da Junta e da Mesa da Assembleia da União de Freguesias de Moura e Santo Amador

Zé LG, 27.10.21

logotipo_site.pngDe acordo com a CDU, “foi dada posse a um eleito do Partido Socialista no lugar de outro, que por motivos de saúde não podia estar presente, quando essa opção está vedada, uma vez que no ‘ato de instalação quem falta não é substituído, pois só pode ser substituído quem tenha tomado posse e assim seja titular de um mandato’. Desta situação, decorreu ainda o facto de a mesma pessoa ter sido eleita para a Junta, sem ter sido eleita para a Assembleia de Freguesia.

Órgãos autárquicos do Município de Beja tomaram posse hoje

Zé LG, 18.10.21

Realizou-se na manhã desta segunda-feira a instalação dos órgãos autárquicos do Município de Beja. Paulo Arsénio primeiro autarca a ser reeleito depois de Carreira Marques.

BEJA-Posse_800x800.jpg

Nas eleições autárquicas do passado dia 26 de setembro, foram eleitos para a Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, Rui Marreiros e Marisa Saturnino pelo PS, Vítor Picado, Fátima Estanque e Rui Eugénio pela CDU e Nuno Palma Ferro pela coligação “Beja Consegue”.

A Assembleia Municipal de Beja, do total de 33 membros (os eleitos e os representantes das forças mais nas Uniões e Juntas de Freguesia do concelho), o PS tem 16 deputados municipais, a CDU tem 13 e o PSD/Coligação tem 4. (ver aqui)

Para a Mesa da Assembleia Municipal foi apresentada uma única lista e conseguida por consenso das três forças políticas, sendo que Conceição Casanova (PS) é a presidente, António Barahoana (CDU) o primeiro secretário e Manuel Covas Lima (“Beja Consegue”) o segundo secretário.

Ver e ouvir também aqui e aqui.

Eleitos não se entendem para a constituição do executivo da União de Freguesias de Salvador e Santa Maria da Feira

Zé LG, 15.10.21

202110142209353972.jpgForam rejeitadas as duas propostas de constituição do executivo para a União de Freguesias de Beja – Salvador e Santa Maria da Feira, apresentada por António Ramos, eleito no passado dia 26 de setembro como presidente da Junta, liderando a lista do PS. As propostas de eleição de quatro vogais do PS e de três do PS e 1um da CDU, foram chumbadas por 7 votos contra 6.

Foi agendada para o próximo dia 28 de outubro, nova Assembleia de Freguesia, comprometendo-se António Ramos a encetar contactos para tentar  ultrapassar a situação, nos próximos dias.

CDU conquista freguesia de Comenda, depois de empate com o PS

Zé LG, 11.10.21

meas-de-voto_800x800.jpgA CDU venceu este domingo as eleições para a Assembleia de Freguesia de Comenda, concelho de Gavião, depois do empate registado entre a CDU e o PS (195 votos), no dia 26 de setembro, que obrigou á repetição do ato eleitoral.

A lista da CDU, encabeçada por Abílio Mendes, obteve 236 votos, contra os 212 conseguidos pela lista do PS, liderada pelo atual presidente da Junta de Freguesia da Comenda, Carlos Alexandre.

A outra candidatura à Assembleia de Freguesia de Comenda protagoniza pelo PSD, e encabeçada por Tiago Mendes, teve 20 votos.

Na repetição do ato eleitoral naquela freguesia, dos 651 eleitores inscritos, votaram 472, tendo-se registado três votos em branco e um nulo.

Órgãos autárquicos do distrito de Beja tomam posse, entre 8 e 18 de Outubro

Zé LG, 08.10.21

BEJA-Camara-Municipal_800x800.jpgJá são conhecidas as datas das cerimónias de tomada de posse em todas as Câmara e da Assembleia Municipal do distrito de Beja para o quadriénio 2021-2025.
Na sequência do ato eleitoral do passado dia 26 de setembro, os eleitos nas 14 Câmaras e Assembleias Municipais vão tomar posse entre 8 (Cuba) e 18 (Beja e Castro Verde) de outubro.

“Beja Consegue” está “disponível para promover todas as medidas que sejam benéficas para o concelho de Beja”

Zé LG, 04.10.21

Nuno-Palma-Ferro-768x432.jpegDepois de ter perdido a maioria absoluta na Câmara de Beja, o PS mostrou-se disponível para a “construção de compromissos políticos de legislatura autárquica ou pontuais”.
Nuno Palma Ferro, eleito da coligação “Beja Consegue” liderada pelo PSD, na Câmara de Beja, considera “óbvia” a necessidade de sentar-se à mesa e “negociar” um “entendimento benéfico para a cidade de Beja”, reafirmando que “assumirá as suas responsabilidades”.

PS disponível para “compromissos de legislatura ou pontuais” em Beja

Zé LG, 01.10.21

PS-Beja-1-768x432.jpgO PS ganhou as eleições para a Câmara e a Assembleia Municipal de Beja, mas sem maioria absoluta, nas eleições autárquicas de domingo. “Os resultados expressos no dia 26 de setembro obrigam à construção de compromissos políticos de legislatura autárquica ou pontuais, para os quais o PS está disponível”, refere a concelhia de Beja do partido. Aqui, aqui e aqui.

Quem ganhou e perdeu o quê e para quem em Lisboa

Zé LG, 30.09.21

Lisboa.jpgMuito se tem falado na vitória do PSD (e CDS) em Lisboa. Analisando os dados, verifica-se que a votação na coligação de direita para a Assembleia Municipal foi inferior (- 0,92) à soma obtida pelo PSD e CDS, há quatro anos, enquanto para a Câmara Municipal foi superior (2,45), de onde se pode concluir que a vitória foi mais de Carlos Moedas do que da coligação de direita. Mas, mesmo esta, importa referir que foi alcançada com 34,26% (7 eleitos) contra 50.02% (10 eleitos) dos partidos da "geringonça".

A descida significativa da votação no PS, quer para a Assembleia Municipal quer para a Câmara Municipal foi sensivelmente igual, tal como a registada pelo BE, enquanto a subida registada na CDU foi mais acentuada para a Câmara Municipal, com natural influência de João Ferreira.

Quanto à questão, muito discutida, de onde vêm os votos alcançados pelo Chega e pela IL, parece, neste caso, mais ou menos evidente.

Assembleia Eleitoral recusou recontagem de votos da União de Freguesias de Santiago Maior e S. João Batista, pedida pelo PS

Zé LG, 30.09.21

202109291001373022.jpgA candidatura socialista, não convencida com a derrota por apenas 2 votos, nesta União de Freguesias, pediu na Assembleia de Apuramento Geral Eleitoral do Município de Beja que se voltassem a contar todos os votos. A Assembleia de Apuramento Geral Eleitoral do Município de Beja não deu provimento ao pedido. O PS pondera, agora apresentar recurso para o Tribunal Constitucional.

Recorde-se que a lista da CDU, liderada por Miguel Ramalho, venceu com 2014 votos contra os 2012 da lista socialista liderada pelo ainda presidente Jorge Parente.

Acertos e erros nas previsões que fiz na véspera das eleições autárquicas

Zé LG, 28.09.21

207891735_5715221448550963_4835443266869726665_n.jRelativamente às previsões, que fiz aqui, de eventuais mudanças nas Câmaras Municipais do distrito de Beja, em resultado das eleições justificam-se as seguintes notas:

- Acertei na previsão de manutenção das situações em Almodôvar e Cuba, com votações reforçadas, e em Ferreira do Alentejo, Odemira, Ourique e Serpa, embora com quebras de votação, mais ou menos, significativas;

- Acertei ainda na mudança em Barrancos, do PS para a CDU;

- Falhei na admissão da possibilidade de mudanças em Aljustrel (a CDU ficou a 89 votos do PS), Beja (PS perdeu a maioria absoluta) e Moura (a CDU ficou a 94 votos do PS), apesar das quebras de votação significativas, e, mais ainda, em Castro Verde, Mértola (PS passou de 3-2 para 4-1) e Vidigueira (CDU conseguiu a maioria absoluta), onde se registou o reforço das votações nas forças que geriam as respectivas Câmaras Municipais:

- Falhei completamente em Alvito, cuja manutenção previ, que mudou da CDU para o PS.

Presidentes das Câmaras Municipais do Alentejo, eleitos ontem

Zé LG, 27.09.21

Beja:

Aljustrel - Carlos Miguel Castanho Espada Teles (PS)

Almodôvar - António Manuel Ascensão Mestre Bota (PS)

Alvito - José Manuel Carvalho Penedo Martins Efigénio (PS)

Barrancos - Leonel Caçador Rodrigues (PCP/PEV)

Beja - Paulo Jorge Lúcio Arsénio (PS)

Castro Verde - António José Rosa de Brito (PS)

Cuba - João Manuel Casaca Português (PCP/PEV)

Ferreira do Alentejo - Luís António Pita Ameixa (PS)

Mértola – Mário José Santos Tomé (PS)

Moura - Álvaro José Pato Azedo (PS)

Odemira - Hélder António Guerreiro (PS)

Ourique - Marcelo David Coelho Guerreiro (PS)

Serpa - João Francisco Efigénio Palma (PCP/PEV)

Vidigueira - Rui Manuel Serrano Raposo (PCP/PEV)

 

Évora:

Alandroal - João Maria Aranha Grilo (PS)

Arraiolos - Sílvia Cristina Tirapicos Pinto (PCP/PEV)

Borba - António José Lopes Anselmo (Movimento Unidos por Borba)

Estremoz – José Daniel Pena Sádio (PS)

Évora - Carlos Manuel Rodrigues Pinto de Sá (PCP/PEV)

Montemor-o-Novo - Olímpio Manuel Vidigal Galvão (PS)

Mora - Paula Cristina Calado Chuço (PS)

Mourão - João Filipe Cardoso Fernandes Fortes (PSD/CDS-PP)

Portel - José Manuel Clemente Grilo (PS)

Redondo - David Manuel Fialho Galego (PSD/CDS-PP)

Reguengos de Monsaraz - Marta Sofia da Silva Chilrito Prates (PSD)

Vendas Novas - Luís Carlos Piteira Dias (PS)

Viana do Alentejo - Luís Miguel Fialho Duarte (PCP/PEV)

Vila Viçosa - Inácio José Ludovico Esperança (PSD/CDS-PP/MPT/PPM)

 

Portalegre:

Alter do Chão - Francisco José Cordeiro Miranda (PSD/CDS-PP)

Arronches - João Carlos Ventura Crespo (PSD)

Avis - Nuno Paulo Augusto da Silva (PCP/PEV)

Campo Maior – Luís Fernando Martins Rosinha (PS)

Castelo de Vide - António Manuel das Neves Nobre Pita (PSD)

Crato - Joaquim Bernardo dos Santos Diogo (PS)

Elvas - José António Rondão Almeida (MCPE - Movimento Cívico Por Elvas)

Fronteira - Rogério David Sádio da Silva (PSD)

Gavião - José Fernando da Silva Pio (PS)

Marvão - Luís António Abelho Sobreira Vitorino (PSD/CDS-PP)

Monforte - Gonçalo Nuno Ribeiro Brandão Amanso Pataca Lagem (PCP/PEV)

Nisa - Maria Idalina Alves Trindade (PS)

Ponte de Sor - Hugo Luís Pereira Hilário (PS)

Portalegre - Fermelinda de Jesus Pombo Carvalho (PSD/CDS-PP)

Sousel - Manuel Joaquim Silva Valério (PS)

 

Setúbal:

Alcácer do Sal - Vítor Manuel Chaves de Caro Proença (PCP/PEV)

Grândola - António de Jesus Figueira Mendes (PCP/PEV)

Santiago do Cacém - Álvaro dos Santos Beijinha (PCP/PEV)

Sines - Nuno José Gonçalves Mascarenhas (PS)

 

Daqui.

PS ganhou as eleições no distrito de Beja, com menos votos, menos % e menos eleitos do que há quatro anos

Zé LG, 27.09.21

D. Beja.png

O PS manteve o número de câmaras (10), trocando a de Barrancos com a de Alvito, com a CDU, e subiu a votação apenas em Almodôvar, Alvito, Castro Verde e Mértola.

A CDU manteve o número de câmaras (4), trocando a de Alvito com a de Barrancos, com o PS, e subiu a votação em Aljustrel, Barrancos, Cuba, Ferreira do Alentejo, Odemira e Vidigueira.

O PSD e o CDS e as diversas coligações em que participaram, tiveram grandes subidas em Ourique, Beja e Barrancos, passando de 2 para 4 os vereadores (2, em Ourique, 1 em Beja e 1 em Barrancos.

O Chega elegeu dois vereadores em Moura e Serpa, onde obteve as votações mais expressivas. Foi a quarta força mais votada.

O Bloco de Esquerda obteve boas votações em Ferreira do Alentejo e Odemira. Subiu em Almodôvar e Castro Verde e desceu em Beja e Serpa.

A Iniciativa Liberal concorreu em Odemira, onde obteve 523 votos (4,46%).

Concorreram dois Grupos de Cidadãos, um em Vidigueira, que ficou em 2º lugar, com 24,28%, e elegeu um vereador, e outro em Mértola, que obteve 2,42%.

Finalmente, a candidatura do Nós Cidadãos/RIR em Mértola obteve 382 votos (8,99%).

Veja o mapa completo aqui.

PS perde a maioria em Beja, devido à subida de votação na direita

Zé LG, 27.09.21

Beja.png

PS perde a maioria na Câmara  e não a consegue na Assembleia Municipal, apesar de ter ganhos as freguesias de Salvada e Quintos, Sª Vitória e Mombeja  e São Matias e ter perdido Snatiago Maior e S. João Batista. Coligação de direita Beja Consegue elegeu um vereador, quatro deputados municipais (tinha um) e passou de 3 para seis o número de eleitos nas uniões de freguesias da Cidade. O Bloco de Esquerda perdeu o único deputado municipal que tinha.

PS ganha Câmara de Alvito

Zé LG, 26.09.21

Alvito.png

Ainda não foi desta vez que um presidente da Câmara Municipal de Alvito conseguiu ser eleito pela terceira vez. António João Valério, tal como Francisco Trindade e Lopes Guerreiro, foi eleito duas vezes, falhando a terceira. Todos os restantes só foram eleitos uma vez. 

O PS ganhou a Assembleia Municipal com maioria absoluta. A CDU voltou a ganhar a Freguesia de Alvito e o PS a de Vila Nova da Baronia.

Saiba onde e em quem votar

Zé LG, 26.09.21

meas-de-voto_800x800.jpgNas 12 Freguesias e Uniões de Freguesias do concelho de Beja há 47 secções de voto (ver aqui onde se localizam), mais 5 do que nas Presidenciais, que vão estar abertas entre as 8 e as 20 horas, onde estão registados 28.949 eleitores, mais 76 do que nas últimas Eleições para a Presidência da República. Entre eles, há 15 cidadãos da União Europeia (EU) e 6 Estrangeiros Residentes (ER). Para saber onde vai votar, pode aceder à página: https://www.recenseamento.mai.gov.pt.

Cabeças de listas candidatas às Câmara Municipais do Distrito de Beja

Aljustrel

Coligação Aljustrel com Amor – Ana Carvalhais

PS- Carlos Teles

CDU – Fernando Ruas

CHEGA – Nicholas Almeida

Almodôvar

PSD António Sebastião

PS- António Bota

CDU- Victor Jacinto

BE – Ana Cristina Ferreira

Alvito

PSD- Pedro Penedo

PS- José Manuel Efigénio

CDU António João Valério

Barrancos

PSD- Dalila Guerra

PS- José Domingos Marques

CDU- Leonel Rodrigues

Beja

Coligação Consigo Beja Consegue – Nuno Palma Ferro

PS – Paulo Arsénio

CDU – Victor Picado

CHEGA – Pedro Pinto

BE – Gonçalo Monteiro

Cuba

Coligação Consigo Cuba Consegue- Clarisse Mota Baptista

PS – Julieta Caniço

CDU- João Português

Castro Verde

PS- António José Brito

CDU- Maria de Fátima Silva

BE- Lúcia Cunha

CDS-Luís Aragão

Ferreira do Alentejo

PSD – José Pereira

PS- Pita Ameixa

CDU- José Guerreiro

CHEGA – Otávio Costa

BE – José Esteves

Mértola

PS – Mário Tomé

CDU- Luís Costa

CHEGA – Paulo Santos

MCDM – Teresa Serqueira

Unidos por Mértola- Jorge Pulido Valente

Moura

Coligação Consigo Moura Consegue – Luís Salvador

PS- Álvaro Azedo

CDU- André Linhas Roxas

CHEGA- Cidália Figueira

Odemira

PSD- Arménio Simão

PS- Helder Guerreiro

CDU- Sara Ramos

CHEGA- Rui Areias

Movimento Libertar Odemira- Pedro Leite

BE- Pedro Gonçalves

Ourique

PSD- Gonçalo Valente

PS- Marcelo Guerreiro

CDU- Joaquim Barbio

CHEGA- Idalete Brito

Serpa

PS- Tomé Panazeite

PSD- Damião Felix

CDU- João Efigénio Palma CHEGA- Ana Moisão

BE- Guida Ascenção

Vidigueira

Movimento Mais Cidadãos- Manuel Narra

CDU- Rui Raposo

PS- David Soares