Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Regulador diz que urgência do hospital de Serpa tem de funcionar 24 horas/dia

Zé LG, 11.05.24

Sem nome (61).png

A Entidade Reguladora da Saúde (ERS) instruiu a gestora do hospital de Serpa para assegurar o funcionamento 24 horas por dia do serviço de urgência, após a morte de um utente que ficou sem assistência, referindo que a SCMS deve “garantir, em permanência, o cumprimento integral do acordo” celebrado com as entidades de saúde, no âmbito do qual o hospital integra o Serviço Nacional de Saúde (SNS), ou seja, a gestora do hospital tem que assegurar o “funcionamento do serviço de urgência avançado no horário previsto” no acordo e o “acesso universal dos utentes do SNS aos cuidados de saúde de que carecem”.

Não havia necessidade, Pinto da Costa...

Zé LG, 28.04.24

avb.pngO movimento Só há um Porto, liderado pelo técnico vencedor da Liga Europa em 2011, recolheu 21.489 votos (80,28%), e superou a concorrência da lista A, liderada por Jorge Nuno Pinto da Costa que só teve 19,52% (5.224 votos), e da lista C, de Nuno Lobo que atingiu 0,2% (53 votos), nas eleições mais concorridas de sempre do FC P, que ontem se realizaram. A inédita vitória de André Villas-Boas, de 46 anos, põe fim ao ‘reinado’ presidencial de Pinto da Costa, de 86 anos, que já comandava o Clube há 42 anos, desde 17 de abril de 1982, tornando-se, desde então, o dirigente com mais títulos e longevidade do futebol mundial.
Esta derrota esmagadora de Pinto da Costa expressa bem o sentimento de mudança dos sócios do FCP, que só ele e os seus mais próximos não souberam ou não foram capazes de avaliar. Sinais evidentes de que o seu fim estava próximo foram os resultados obtidos nas duas anteriores eleições, já bastante longe da quase unanimidade que caracterizam todos os anteriores.
Esta é mais uma evidência de quanto a perpectuação das pessoas nos cargos as isola numa bolha de apaniguados, que as faz distanciar progressivamente da realidade. E assim todo o poder acumulado ao longo de longos anos de exercício do poder se esvai, sem dó nem piedade…

ADPBeja quer divulgar “o que bejenses andam a fazer fora do concelho”

Zé LG, 06.04.24

Sem nome (44).png

"Criar, entre outras propostas, uma iniciativa que reúna, e divulgue, o que muitos bejenses andam a fazer fora das fronteiras do concelho, promovendo o seu regresso à cidade e divulgando o seu trabalho junto da população" é uma das muitas ideias que a nova Direção da adpBeja tem pensado.

Jorge Serafim é o novo presidente da AdpBeja

Zé LG, 30.03.24

Sem nome (40).pngForam eleitos os novos órgãos sociais da Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja (AdpBEJA), sendo a direção presidida por Jorge Serafim, a Mesa da Assembleia por Simão Matos e o Conselho Fiscal por Ana Margarida Paixão.
O Plano de Atividades aprovado “contém atividades que já são imagem de marca da associação, como a Festa das Maias e a Festa do Azulejo” e “este ano inicia-se um ciclo de homenagens ao anterior presidente da associação e ilustre bejense, Florival Baiôa Monteiro”, contemplando exposições de rua, conferências, publicações e culminará num espetáculo a realizar no princípio de 2025.

AMCAL inaugurou Central de Valorização Orgânica

Zé LG, 12.03.24

202210251123557179.jpgA Associação de Municípios do Alentejo Central (AMCAL), inaugurou, hoje, a sua Central de Valorização Orgânica (CVO), dedicada ao tratamento dos biorresíduos recolhidos seletivamente através do sistema de recolha porta-a-porta, vai “receber os biorresíduos recolhidos seletivamente nos concelhos de Alvito, Cuba, Portel, Viana do Alentejo e Vidigueira.” A Central de Valorização Orgânica, local onde resíduos orgânicos, como restos de alimentos e resíduos verdes, são processados e transformados em produtos de valor agregado, foi construída no Aterro Intermunicipal de Vila Ruiva/Cuba e tem um investimento total que ascende aos 9 milhões de euros, com cofinanciamento do POSEUR. Daqui, daqui e daqui.

Odemira Criativa com mais de 1 milhão de euros

Zé LG, 23.02.24

202402211531447575.jpgA Câmara Municipal de Odemira aprovou um apoio financeiro de 1 milhão e 64 mil euros a 42 associações locais e 11 artistas em nome individual, no âmbito do Odemira Criativa – Programa Municipal de Apoio à Cultura e Arte, às várias medidas de financiamento enquadradas nos eixos Indústrias Culturais e Criativas, Parcerias Culturais e Residências Artísticas.

AMCAL atingiu objetivos de “Separar sem Parar”

Zé LG, 15.02.24

20220629205239644.jpgO projeto de recolha seletiva porta-a-porta, “Separar sem Parar”, da responsabilidade da Associação de Municípios do Alentejo Central (AMCAL) recolheu, no ano passado, mais 200 toneladas de resíduos do que em 2022. Em 2023, foram recolhidas 1850 toneladas de resíduos nos municípios da sua área de intervenção – Alvito, Cuba, Portel, Viana do Alentejo e Vidigueira - e tratados na Estação de Triagem de Vila Ruiva, o que “representa, ainda, uma marca histórica ao se ter alcançado a capitação de 80 kg de resíduos recicláveis (papel/cartão, plástico/metal e vidro) recolhidos por cada habitante residente nestes cinco concelhos”, o que “fez-se sentir, na redução do lixo indiferenciado tendo, em 2023, sido recolhidas, apenas, 8.973 toneladas, o que representa uma redução de 540 toneladas face a 2022”.
Vítor Picado, secretário-geral da AMCAL, revela, ainda, que no dia 12 de março, vai ser inaugurada a Central de Valorização Orgânica, um investimento de 8,5 milhões de euros destinado ao tratamento e valorização dos biorresíduos. Daqui e daqui.

Ministra da Agricultura recebe agricultores, com manifestação à porta

Zé LG, 09.02.24

VILA-VERDE-FICALHO-Segundo-dia-protesto-2_800x800.jpgA ministra da Agricultura recebe hoje, às14h30, um grupo de agricultores representativo das várias regiões do país. Os agricultores estão a usar as redes sociais para mobilizar um protesto em frente ao ministério, no Terreiro do Paço. “Só com manifestações de força se consegue a atenção do poder”, disse António Almodôvar que liderou o movimento de agricultores que cortou a EN260, na fronteira de Vila Verde de Ficalho.

Os agricultores exigem medidas, como apoios à seca para os que não beneficiam do regadio alimentado pelo Alqueva, ou seja, 90% do Alentejo. Mas, “muitas medidas não têm a ver com dinheiro, mas com estratégica”. António Almodôvar chama a atenção para o problema dos agricultores não ter a ver apenas com o Governo, mas com o monopólio da Jerónimo Martins e da Sonae cujos supermercados têm 70% da quota de mercado, e alerta os consumidores para a sua segurança alimentar, porque os produtos importados da América do Sul, de África ou da Ásia não são produzidas com as mesmas regras.