Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

AR recomenda “medidas urgentes” para Saúde no Distrito de Beja

Hospital-de-Beja texto.jpgO parlamento aprovou um projeto de resolução do PCP que recomenda ao Governo a adoção de medidas urgentes para reforçar a resposta pública na área da saúde no distrito de Beja. Este projeto, que tinha sido apresentado pelos comunistas no dia 3 deste mês, foi aprovado com os votos a favor das bancadas de PSD, CDS-PP, BE, PCP, PEV e PAN e de dois deputados do PS e a abstenção dos restantes deputados socialistas e do deputado não inscrito Paulo Trigo Pereira.
Ao nível dos cuidados de saúde hospitalares, o projeto recomenda ao Governo que reforce as medidas de incentivo e apoio à fixação de médicos na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), sobretudo das especialidades mais carenciadas, como obstetrícia, pediatria, imagiologia e ortopedia.
…. Leia aqui o resto da notícia.

PCP quer mais fiscalização na Almina – Minas de Aljustrel

201812241225153249.pngO Grupo Parlamentar do PCP voltou a questionar o Governo sobre o que se passa nas Minas de Aljustrel. Neste requerimento o PCP diz que a frequente ocorrência de acidentes é da maior gravidade e exige o esclarecimento cabal dos factos e o apuramento de todas as responsabilidades nos acidentes ocorridos nesta mina, da responsabilidade da Almina.

Nas minas de Aljustrel só nos últimos meses dois trabalhadores perderam a vida e esta semana aconteceu mais um acidente onde um trabalhador das lavarias foi vítima de uma descarga elétrica de 6 mil voltes, tendo ficado em estado grave. Trata-se de um trabalhador contratado através de uma empresa de subcontratação que opera nesta mina, refere o deputado do PCP, eleito por Beja, João Dias frisando que apesar dos vários requerimentos efetuados, o Governo continua sem responder.

Propostas do Beja Merece+ passam na AR, através de recomendações ao governo apresentadas por PCP e BE

A Assembleia da República aprovou esta sexta-feira três projetos de resolução que recomendam ao Governo a eletrificação e requalificação do troço ferroviário entre Casa Branca e a Funcheira, a conclusão do IP8 e a valorização do aeroporto de Beja.
O primeiro projeto de resolução foi apresentado pelo Bloco de Esquerda. Os outros dois pelo PCP. Todos eles resultam das reivindicações apresentadas pela petição do Movimento Beja Merece+ que também esta sexta-feira foi debatida pelos deputados.

280420172115-810-MOVIMENTO.jpg

A recomendação de eletrificação da linha ferroviária foi aprovada com a abstenção do PSD e os votos favoráveis dos restantes partidos.
Já a recomendação do cumprimento do Plano Rodoviário Nacional e conclusão do IP8 nos distritos de Setúbal e Beja, foi aprovada com os votos a favor de todos os partidos e os votos contra da maioria do grupo parlamentar do PS. Um grupo de sete deputados socialistas, entre os quais Pedro do Carmo (Beja) e Norberto Patinho (Évora) votaram a favor.
Finalmente, a recomendação ao Governo para valorização do aeroporto de Beja enquanto instrumento para o desenvolvimento da região foi aprovada com a abstenção do PS e os votos a favor dos restantes partidos e dos deputados Pedro do Carmo e Norberto Patinho. Leia e oiça também aqui e aqui.

Rui Rio escolhe Henrique Silvestre Ferreira para cabeça de lista do PSD

silvestre.jpgHenrique Silvestre Ferreira vai ser o cabeça-de-lista do PSD pelo círculo eleitoral de Beja às próximas eleições legislativas. Trata-se de uma escolha pessoal do presidente do partido, Rui Rio, que optou por não aceitar a proposta que havia sido avançada pela distrital de Beja, que havia proposto esta semana o nome de Maria Inês Guerreiro, antiga candidata à Câmara Municipal de Ourique.
Vencedor do prémio de melhor jovem agricultor em 2014, Henrique Silvestre Ferreira é filho do comendador António Silvestre Ferreira, proprietário de Vale da Rosa, a maior produtora nacional de uva de mesa.

Assembleia da Replública discute Petição do Beja Merece+

65313488_402529323689962_3139894575418572800_n.jpgEsta sexta-feira estará em discussão, análise e votação, a partir das 09:30 horas, na Assembleia da República (AR), a petição do Movimento Beja Merece+, que reivindica “que sejam retomadas e concluídas as obras do IP8/A26, a eletrificação do troço ferroviário Casa Branca-Beja-Funcheira, o total aproveitamento do aeroporto de Beja e melhores serviços de saúde para a região”. O documento, que foi entregue com 26 101 assinaturas, em maio do ano passado, no Palácio de S. Bento, estará agora à consideração dos vários grupos parlamentares que integram a “Casa da Democracia”. O “Diário do Alentejo” falou com os deputados eleitos por Beja, tentando antecipar o sentido de voto dos seus partidos, e com Florival Baiôa, sobre as expetativas que tem para esta votação. Ler aqui.

BE volta a candidatar Mariana Aiveca por Beja

MarianaAiveca.jpgO Bloco de Esquerda (BE) volta a apostar em Mariana Aiveca como cabeça de lista às Legislativas de Outubro, pelo círculo eleitoral de Beja.

Mariana Aiveca é funcionária pública aposentada e tem 65 anos. Foi deputada do BE de 2005 a 2015. Em 2015 foi cabeça de lista pelo círculo de Beja.

Pedro Gonçalves, agente funerário, 46 anos, deputado municipal do BE na Assembleia Municipal de Odemira desde 2013, reeleito em 2017 é o segundo da lista.

Cristina Ferreira, professora, 50 anos, membro da Mesa Nacional do BE, cabeça de lista à Câmara Municipal de Almodôvar em 2017 ocupa o terceiro lugar na lista do Bloco.

Cláudia Figueira, assistente social, 42 anos; Joaquim Brás, encarregado-geral na Somincor e Gina Mateus, professora, são os suplentes, anuncia o Bloco de Esquerda.

AR recomenda plano de gestão para ZPE dos concelhos de Moura, Mourão, Barrancos e Serpa

ZPE-768x432.jpgFoi publicado em Diário da República o Projeto de Resolução que recomenda ao Governo que elabore, no espaço de um ano, o plano de gestão do sítio e zona de proteção especial (ZPE) que correspondem os territórios dos concelhos de Moura, Mourão, Barrancos e Serpa.

A Resolução recomenda que sejam consagrados “mecanisnos de sazonalidade e apoio a estruturas relativas a itinerários e infraestruturas complementares às atividades, no âmbito da Estratégia do Turismo 2027, que consagra a natureza como ativo estratégico”.

Petição do Beja Merece+ é discutida e votada no Parlamento a 5 de julho

A discussão, análise e votação da petição do Beja Merece+ são feitas, no Parlamento, no dia 5 de julho. O Beja Merece+ quer que sejam muitos os alentejanos a acompanhar o movimento e está a apelar à inscrição da população no autocarro que rumará a Lisboa naquela data.

201906212019093113.jpg

Recorde-se que em maio de 2018, a petição foi entregue com mais de 26 mil assinaturas e por mais de 500 alentejanos.

Na petição é exigida a conclusão da A26 (Sines - Beja – Ficalho) e a eletrificação da linha de caminho de Ferro Casa Branca - Beja – Funcheira, assim como investimento no aeroporto de Beja e melhores serviços de saúde para o Baixo Alentejo.

Pedro do Carmo contra Capoulas Santos?

pedro-do-carmo-AR2-768x432.jpgO deputado do PS eleito por Beja interveio a favor do olival, durante o debate realizado na Assembleia da República, marcado pelo Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV), com o tema “travar as culturas intensivas e superintensivas”, considerando que a plantação de olival no Alentejo “cria emprego e fixa população jovem e qualificada nos territórios do interior” e que o Baixo Alentejo “é hoje uma das regiões do país que mais contribui para as nossas exportações” fruto dos investimentos realizados.

No mesmo debate, afirmou o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural: “Determinei, no atual quadro comunitário de apoio, que não haverá no perímetro de Alqueva mais apoios ao investimento para a instalação de olivais e de agro-industrias associadas ao olival, porque temos capacidade de laboração suficiente”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    São apenas recomendações e mais nada.O que é que q...

  • Anónimo

    Há, aí no problem, eles entendem todos bem.Se for ...

  • Anónimo

    Os deputados vão de férias descansados. Quem fica ...

  • Anónimo

    É evidente que é bom negócio. A questão é quando p...

  • Anónimo

    Para os seres humanos a saúde faz parte do seu bem...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds