Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“O Filho do Sapateiro Valentino”, obra autobiográfica de Agostinho Moleiro

Zé LG, 03.01.21

imgLoader2.ashx.jpg… foi recentemente apresentado ao público, na Biblioteca Municipal de Beja. Uma obra em que o autor homenageia “todos os ‘sapateiros’ e ‘camponesas’ que, nas mais adversas condições de vida, fizeram tudo pelo bem-estar dos seus filhos”.

“Foi gratificante escrever mais um livro, foi um delicioso exercício de memória. Pedi ajuda, à minha irmã mais velha, na certificação dos dados mais antigos. Um sonho partilhado – com a minha família, os amigos, a minha terra e outras mais – e um pedacinho da história do meu país. Bem ou mal, nunca perfeito e sempre real. Os “sonhos” não terminaram e antes que o Sol se ponha vamos a outro!”, assim termina Agostinho Moleiro a sua entrevista ao Diário do Alentejo, que pode ler aqui.

Câmara de Viana do Alentejo entregou candidatura do Paço dos Henriques a Marca do Património Europeu

Zé LG, 16.12.20

viana-candidatura.pngA Câmara Municipal de Viana do Alentejo entregou, na Direção Regional de Cultura do Alentejo, a candidatura do Paço dos Henriques, em Alcáçovas, à Marca do Património Europeu (MPE), instituída em 2011, engloba mais seis sítios localizados em outros tantos Estados Membros da União Europeia, que possuem um Património Imaterial similar, onde foram assinados relevantes Tratados de Paz.
A candidatura desenvolvida em estreita colaboração entre o município de Viana e a Associação European Network of Places of Peace, foi apresentada na categoria de “sítio transnacional” que se trata de “um sítio que associa vários sítios localizados em diferentes Estados-Membros que se centram num tema específico”. Além do Paço dos Henriques como sítio coordenador, esta candidatura integra também o Conjunto Histórico de Alcañices (Espanha), o Castelo de Trencin (Eslováquia), a Casa da Paz de Vasvár (Hungria), o Mosteiro de S. Francisco de Zadar (Croácia), o Parque da Fonte Histórica de Kaynardzha (Bulgária) e o Museu Nacional Cotroceni de Bucareste (Roménia).

Manuel Venes apresenta o seu livro “Imperfeições no Caminho”, esta tarde, na Biblioteca de Beja

Zé LG, 15.12.20

128974474_3650089075052023_5223594706770096317_o.j

«“Imperfeições no caminho” é uma obra de ficção na modalidade de romance, privilegiando temáticas diretamente relacionadas com gentes, lutos e dramas de pessoas e famílias que viveram no Alentejo. É um tributo a um ente querido que partiu prematuramente, aborda as fases desse luto vivido, profundo e insanável. O autor remete ainda o leitor para a uma experiência vivida na sua peregrinação a Santiago de Compostela, durante trinta e cinco dias, percorrendo o Caminho Francês, num total de 850 km.» Pode ler-se na descrição da obra.

Marcelo Rebelo de Sousa "revelou" que é candidato à presidência da República

Zé LG, 07.12.20

MRS.png“Porque temos uma pandemia a enfrentar. Porque temos uma crise económica e social para vencer. Porque temos uma oportunidade única de, para além de vencer a crise, mudar para melhor Portugal, na economia, mas sobretudo, no nosso dia a dia, reforçando a nossa coesão social e territorial”, afirmou o atual Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, quando anunciou a sua recandidatura ao cargo que ocupa nas eleições de 24 de janeiro de 2021. Justificou o caráter tardio com a vontade de publicar as leis eleitorais, convocar as eleições e tomar decisões quanto à pandemia "enquanto presidente e não enquanto candidato".

Apresentação pública do Observatório do Baixo Alentejo, com a presença de António Costa Silva

Zé LG, 27.10.20

122274752_141804574314158_2837776753115758405_o.jpAmanhã, a partir das 16h acompanhe aqui a sessão de apresentação pública do Observatório do Baixo Alentejo, com a presença do professor António Costa Silva - autor e coordenador do Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020 / 2030. A simbologia do dia 28 de Outubro reverte-se de enorme significado, sendo a data de constituição há 250 anos da diocese de Beja, definindo o espaço territorial do Baixo Alentejo e que o OBA pretende enaltecer.

Livro “Fake News na Medicina”, de André Casado, apresentado em Alcácer do Sal

Zé LG, 24.10.20

84611934_3104353932931025_5088016205294338048_o meO livro “Fake News na Medicina” vai ser apresentado no Auditório Municipal de Alcácer, no dia 25 de outubro (domingo), às 16h, pelo seu autor, André Casado.  Natural de Alcácer do Sal, André Casado é médico especialista em Medicina Interna no Hospital da Luz em Lisboa, com 20 anos de experiência de Consulta, e especialista em Medicina Intensiva. É formador em diversos cursos de pós-graduação e instrutor de Simulação Clínica, integrando a coordenação dessa área, no mesmo Hospital. 

Em “Fake News na Medicina”, com chancela da editora Matéria Prima, o autor apresenta um livro de leitura obrigatória para quem privilegia a Ciência como fonte única de informação sobre o seu bem-estar e pretende ver clarificados mitos e falsidades propalados como verdades científicas. Aqui não há fake news. Um livro que cuida da sua saúde.

Arte Pública apresenta “Loucas, não como as outras” no Pax Júlia

Zé LG, 21.10.20

202010191708595078 arte.jpg“Loucas, não como as outras” é um “espetáculo assumidamente feminista, um trabalho de teatro de cabaré muito divertido em que rir a rir vai-se falando de coisas serias”. A peça é apresentada pela companhia de teatro de Beja Arte Pública, que pode ver hoje, e no dia 28 deste mês, no Pax Júlia, na capital de distrito, a partir das 21.30 horas.

“Loucas, não como as outras” é uma “muito bem-humorada incursão ao território do bicho-homem e da construção social das suas máscaras, das suas inseguranças e medos - que originam o machismo, o racismo, as mentiras conjugais, a dificuldade de aceitação das suas próprias incongruências e a diferença do outro - encenada por Gisela Cañamero e interpretada pelas atrizes Carmen Jesuíno, Sandra Maya e Tânia Sacramento que reclamam para si a liberdade de serem diferentes às bem arrumadas convenções sociais de género”.

“O Alentejo Primeiro!” é o lema da candidatura de Roberto Grilo à presidência da CCDRA

Zé LG, 08.10.20

copy_of_copy_of_copy_of_copy_of_cronistas_ta_68.pn«Sou, em todo o território nacional, o único candidato independente às eleições das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional, não apresentado nem apoiado por qualquer partido. O meu partido é o Alentejo! Por isso mesmo, o lema da minha candidatura é “O Alentejo Primeiro!”.

Sou o presidente da CCDRA há já cinco anos. Conheço profundamente o Alentejo, os seus autarcas e o valoroso trabalho que todos fazem. Defendo que o poder autárquico é uma das mais importantes conquistas de Abril e da Democracia. E sou um adepto confesso da Regionalização, aliás, gostaria que neste processo se tivesse ido mais longe e estivéssemos a discutir a Regionalização, restando-me esperar que de facto este seja pelo menos um passo nessa direção e, depois de ser eleito, trabalharei para isso, dento do quadro legal das minhas competências.

O Alentejo tem uma estratégia para 2030 e essa será a minha base de trabalho na CCDRA, tendo em conta as competências e atribuições dos parceiros regionais e a certeza de que tudo farei para assegurar o suporte institucional da CCDR e a mobilização adequada e eficaz dos fundos para concretizar os investimentos.

...» Roberto Grilo, Candidato independente à presidência da CCDRA, aqui.

Roberto Grilo formalizou a sua candidatura a presidente da CCDR do Alentejo

Zé LG, 23.09.20

120079994_184734176478753_7207092891498493577_n RGRoberto Grilo anunciou ter já formalizado a sua candidatura a Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA) nas eleições que ocorrerão no próximo dia 13 de Outubro, afirmando que: “Decidi candidatar-me, como independente (e é a única candidatura independente, não apoiada, nem proposta por qualquer partido, em todas as regiões do País), quando percebi que posso unir o Alentejo em torno de um projeto comum, que há um grande reconhecimento pelo trabalho que desenvolvi nos últimos cincos anos e porque tenho que ser sensível ao apelo da região para que não me fosse embora nesta situação de crise em que vivemos. Apresento-me a eleições, portanto, com a legitimidade do trabalho feito e o reconhecimento desse trabalho.”

Ler aqui toda a publicação.

Investigadores do CEBAL apresentam projetos de negócio

Zé LG, 22.06.20

bfk rise.pngOs investigadores do CEBAL terminaram a sua participação num programa (Born from Knowledge (BfK) Rise) de aceleração de negócios, concluindo que “foram três meses de capacitação intensiva com a participação de mentores especialistas em diversas áreas, para que projetos nascidos de investigação académica, mas com potencial de negócio, se possam apresentar ao mercado de forma estruturada e convincente”.

 Os resultados são dados a conhecer amanhã, via online a partir das 17h30 para a Edição Alentejo.

Na Edição Alentejo foram selecionados para participar no Programa dois projetos de equipas do CEBAL, ReWhey e HiCass, num total de sete projetos, que terão agora a oportunidade de apresentar as suas ideias de negócio a representantes de entidades institucionais, agentes académicos, investidores e comunidade empreendedora.

Leia mais aqui.

Ana Paula Fitas apresenta livro “Landroal d´Encantar”, no Dia da Criança, no Castelo de Alandroal

Zé LG, 31.05.20

hbuh.jpgAlandroal prepara-se para celebrar o 1 de junho, Dia Mundial da Criança, com o lançamento de um livro de contos infantis que junta velhas e novas histórias de um Alandroal "terra de mitos e lendas sem fim que são o resultado de uma combinação única de heranças culturais diversas e cultos antigos". “Landroal d´Encantar”, é assim que se chama o livro, é da autoria de Ana Paula Fitas e ilustrado por Andreia Albernaz Valente.
Simbolicamente, será realizada uma breve cerimónia de lançamento da obra, no castelo de Alandroal, pelas 11h30 do dia 1 de Junho, dia da Criança, com a presença da Diretora Regional de Cultura, Ana Paula Amendoeira e do Presidente da Câmara de Alandroal, João Grilo, assim como da autora, a ilustradora e o editor da obra.

CDU faz propostas à Câmara de Beja para apoiar a economia local

Zé LG, 27.05.20

201803061730278395 cdu.jpgOs eleitos da CDU na Câmara Municipal de Beja apresentaram propostas de apoio à economia local. Entre elas “baixar preços do consumo de água ou isentar 50% do consumo de água em maio, junho e julho 2020" empresas "que demonstrem quebra na faturação relativa a 2019”.
“Tendo em conta a continuação e os conhecidos desenvolvimentos relacionados com o COVID-19 e os impactos na saúde, mas também ao nível da economia local, com principal destaque para as micro, pequenas e médias empresas, os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Beja, apresentaram, mais uma vez, um conjunto de medidas julgadas essenciais para ajudar a minorar os efeitos nefastos que esta crise já causou nos diversos tipos” de empresas.

Bejenses Virgem Suta lançam "Mão na mão" em sexta-feira 13

Zé LG, 08.03.20

kjhit_.png"Mão na mão" é o título da nova canção dos Virgem Suta. Provando que "sexta-feira 13" é afinal dia de sorte, a banda de Nuno Figueiredo e Jorge Benvinda dá a conhecer este novo tema no próximo dia 13 de Março.
Os Virgem Suta voltam a surpreender tudo e todos, provando que não se esgotam em fórmulas e que continuam a reinventar-se canção após canção.
É com este novo tema  que os Virgem Suta avançam para uma nova fase da sua carreira, explorando novas abordagens e ideias, mas conservando a sonoridade luminosa que os caracteriza.
"Mão na mão" tem letra e música de Nuno Figueiredo, arranjos de João Martins, e conta com concepção gráfica dos premiados ilustradores Paulo Monteiro e Susa Monteiro. Este é o primeiro avanço de 2020, ano que promete muitas novidades para os Virgem Suta.

Será este Projeto que vai tirar o Sítio do Fórum Romano de Beja do abandono em que se encontra?

Zé LG, 20.02.20

O Projeto do Sítio do Fórum Romano é apresentado esta sexta-feira, 21 de Fevereiro, às 21h00, no Centro Unesco, em Beja, numa sessão que contará com a presença de Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, Ana Paula Amendoeira, diretora regional de Cultura do Alentejo, e do arquiteto Vitor Mestre.

projeto-do-sitio-forum-romano-848x468.jpgEstas ruínas foram descobertas em 2008, mas têm sofrido um elevado estado de degradação desde então. Agora, este projeto nasce para dar vida a um espaço de valor histórico.