Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Museu de Beja vai ter obras de conservação e valorização

museu.jpgA APT - Associação Portas do Território viu aprovada a candidatura ao FEDER, para valorização e conservação do Museu Regional de Beja, no valor de 1 milhão e 200 mil euros. O apoio a fundo perdido é de 75% e os restantes 25%, correspondentes à comparticipação nacional, serão suportados pela autarquia bejense e, eventualmente, pela Secretaria de Estado da Cultura.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja explica que esta é uma hipótese ímpar para se renovar o Museu, com um apoio a fundo perdido de grande escala. Refere, também, que a autarquia vai ser lançado o concurso de empreitada até final do corrente ano, para que durante o ano de 2020 o Museu possa entrar em obras. Esclarece ainda que vai ser melhorada toda a arquitetura do edifício, assim como valorizado o recheio e seu interior.

Capela de SANTA ÁGUEDA / ERMIDA DE S. NEUTEL vai ter obras de donservação e restauro

St'Águeda interior.jpgO projeto, candidatado ao Programa Operacional Regional do Alentejo (Alentejo 2020), que prevê um investimento elegível total de 294.580,46€ e é cofinanciado pelo FEDER a uma taxa de comparticipação de 85%, diz respeito à obra de conservação e restauro do Imóvel classificado de Interesse Público, que é “um ícone da pintura mural do concelho”, situado nas imediações de Vila Nova da Baronia.

A intervenção tem como objetivo a resolução de problemas estruturais, nomeadamente consolidação e impermeabilização da cobertura, reparação e substituição de revestimentos e instalações diversas, rebocos exteriores e pintura mural.

Moura vai adaptar Estação de Caminhos de Ferro a terminal rodoviário

moura.jpgA Câmara Municipal de Moura viu aprovada a candidatura apresentada ao Alentejo 2020, de um projeto que prevê a adaptação do edifício de passageiros da antiga Estação de Caminhos de Ferro de Moura a terminal rodoviário, de modo a constituir uma plataforma adaptada para o Transporte Coletivo Rodoviário. Esta operação representa um investimento elegível de 669.741,72 euros e conta com uma taxa de cofinanciamento FEDER de 85%.
O Município, para além da valorização do edifício, que está a degradar-se pretende "criar condições de incentivo a uma maior utilização de meios de transporte coletivo e promover a intermodalidade entre diferentes meios de transporte".

CEBAL conseguiu financiamento do Alentejo 2020 para 13 projectos de investigação

CEBAL-768x512.jpgO CEBAL – Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo está a apresentar alguns dos 13 projectos financiados pelo Alentejo 2020. O Centro está a avaliar novas candidaturas, muitas na área da transferência de tecnologia, segundo Fátima Duarte, directora executiva do Centro, que enaltece a importância do financiamento comunitário para o desenvolvimento de projectos de “investigação estratégica para problemas que têm grande impacto a nível regional e nacional”.

Município de Alvito cria creche em Vila Nova da Baronia

OBRAS ARRANCAM AINDA ESTE ANO

creche de alvito.jpgCom o objetivo de criar uma resposta social inexistente no Concelho de Alvito e proporcionar uma resposta especializada na área da infância à população do Concelho, o Município viu aprovada a candidatura ao Alentejo 2020 para a requalificação de uma antiga escola primária em Vila Nova da Baronia para instalação de uma creche com berçário (dos 3 meses aos 3 anos de idade).

Pretende-se, assim, contribuir para a inclusão das mães das crianças no mercado de trabalho e promover a criação de postos de trabalho, fixando a população jovem na região.

Ministro do Planeamento preside Conselho Regional em Beja

pedro_nuno_santos_foto_antonio_cotrim_lusa1482d68dO Conselho Regional da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA) reúne, esta tarde, pelas 15 horas, no auditório do NERBE, em Beja.

Neste encontro, em que marca presença o novo ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, o objetivo é discutir a estratégia para os investimentos estruturantes da região Alentejo, nomeadamente, os que estão relacionados com o Programa Nacional de Investimentos 2020-2030.

Daqui e daqui.

CPC de Beja tem Centro de Apoio à vida Independente

cpc.jpgO CPCB- Centro de Paralisia Cerebral de Beja está, desde o mês passado, a desenvolver o projecto “Centro de Apoio à Vida Independente”, que surge no âmbito da candidatura aprovada aos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento – Programas Operacionais do Portugal 2020.

Este projecto visa “disponibilizar assistência pessoal a indivíduos com deficiência e incapacidade para a realização de actividades da vida diária e de mediação em contextos diversos” e vai ser desenvolvido “durante 36 meses” e vai abranger “24 destinatários”.

Vidigueira vai ter um novo Centro de Saúde

vidigueira.jpgO novo Centro de Saúde, que vai nascer num terreno cedido pela autarquia de Vidigueira, tem um orçamento de cerca de 1 milhão e 700 mil euros, financiado em 85% por fundos comunitários, o restante é suportado pela ULSBA. No inicio deste mês, foi publicado, em Diário da República, o concurso público para adjudicação da obra.

Câmara de Alvito reabilita área degradada e instala edifício multiusos

CM-Alvito-multiusos-768x432.jpgA Câmara Municipal de Alvito deu início à empreitada de reabilitação e reconversão do terreno do Assis, cujo projecto prevê a recuperação dos imóveis degradados e a instalação de um edifício multiusos dotado de condições para acolher serviços administrativos.
O investimento na ordem dos 950 mil euros é comparticipado pelo “Alentejo 2020”.

Câmara de Beja vai reabilitar Arco dos Prazeres e estabilizar muralhas interiores e exteriores do Castelo de Beja

51492254_627219641043616_4762909420327796736_n.jpgA candidatura da Câmara de Beja ao PORA para recuperação de troços da muralha do Castelo de Beja e reabilitação do Arco dos Prazeres, que sofreu danos aquando da demolição do depósito da água na Rua da Moeda, foi aprovada, com um financiamento FEDER de € 160.017,60. A Câmara de Beja assumirá os restantes € 28.238,40 não comparticipados.
Vai assim ser reabilitado o Arco dos Prazeres e estabilizadas as muralhas interiores e exteriores do Castelo de Beja orientadas para a porta de entrada do monumento.
Foto: CM Beja - Arco dos Prazeres.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se são carneirinhos ou não como V.a Ex.a defende, ...

  • Anónimo

    Ele não vai , LEVAM-NO !!!.

  • Anónimo

    Lá estás tu a pôr defeitos ao homem.Não o deixam e...

  • Anónimo

    Falar do que não se conhece é espalhar a própria i...

  • Anónimo

    Com tanta agro-industria de capital exclusivamente...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.