Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Câmara de Vidigueira estabeleceu protocolo de cooperação e parceria com a AENIE

201812131525194144.pngA Câmara Municipal de Vidigueira estabeleceu um protocolo de cooperação e parceria com a AENIE - Associação Educativa Nacional de Inclusão e Inovação nas Escolas, que tem como principais objectivos: Dinamizar e potenciar parcerias estratégicas com vista à criação de uma cultura de inovação e criatividade nos processos de formação, ensino e aprendizagem, promovendo o desenvolvimento de novas competências e conhecimentos que fomentem a adaptação a novas realidades, à mudança, à diversidade cultural ao exercício de uma cidadania activa.

Miguel Violante diz que “em 2018 muita coisa ficou por fazer na região”

201812131639176458.jpgMiguel Violante, da DORBE do PCP, disse que este ano ficou provado que o crescimento não se faz com políticas de cortes e frisou que a tese de que o Baixo Alentejo avança cada vez que o PS está no Governo não se verificou, recordando que ferrovia, rodovia e saúde continuam a não estar nas prioridades do Governo. E perspectiva 2019 com um ano que se prevê exigente e de eleições Europeias e Legislativas.

CIMBAL já tem Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas

20181211220016907.jpgConselho Intermunicipal da CIMBAL , composto pelos treze presidentes das Câmaras Municipais do Baixo Alentejo, aprovou o PIAACBA - Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Baixo Alentejo, que tem como principal objetivo é a capacitação dos Municípios para a tomada de decisão sobre a adaptação às alterações climáticas.

“Um certo e incerto Alentejo”, de António José da Costa Neves, vence Prémio Literário Joaquim Mestre

Foto E. S. Tagino.JPG

capa Um certo incerto Alentejo.jpg

É apresentado ao público, amanhã, 15, pelas 16:30, na Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago, a obra vencedora da 1ª edição do Prémio Literário Joaquim Mestre.

O romance intitulado “Um certo e incerto Alentejo”, da autoria de António José da Costa Neves, foi escolhido por unanimidade pelo júri do concurso, e a publicação acontece neste final de ano, conforme previsto no regulamento do prémio.

O Prémio Literário Joaquim Mestre foi instituído pela ASSESTA – Associação de Escriores do Alentejo em parceria com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e contou com o apoio do Município de Beja.

 

SE da Valorização do Interior diz que ensino profissional e superior são fundamentais para fixar pessoas no interior

48266563_2045336252209868_9213384502724788224_n.jpO Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino afirmou, hoje, que “Portalegre não era a mesma cidade” sem as escolas de Hotelaria e da GNR e sem o Instituto Politécnico, vincando que se tratam de “âncoras”, que devem “ser fortalecidas”, por contribuírem para a fixação de pessoas.

João Paulo Catarino, que falava na sessão comemorativa do décimo aniversário da Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre, frisou que as cidades do interior do país que conseguiram “segurar alunos e jovens foram as que têm ensino profissional e superior, uma vez que todas as outras perderam muita gente”.

Odemira debate “Actividade Agrícola na área de Perímetro de Rega do Mira e no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina”

secretario-de-estado-do-ambiente-carlos-martins-.jesta tarde, a partir das 14 horas, numa reunião extraordinária da Assembleia Municipal, que se realiza no auditório da Biblioteca Municipal José Saramago.

A Assembleia Municipal de Odemira convidou para participar nesta reunião temática a CCDRA-Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, ICNF-Instituto de Conservação da Natureza e das Floresta e AHSA-Associação de Horticultores do Sudoeste Alentejano.

“Odemira na Europa-Há presente e há futuro aqui”

O concelho de Odemira está a receber, até Outubro de 2019, seis jovens voluntários europeus, oriundos de Itália, França, Turquia e Letónia, que contribuem com o seu trabalho para o desenvolvimento de projectos de intervenção comunitária.

201812101626578748.jpg

Esta iniciativa surge no âmbito da candidatura do município, aprovada e financiada pela Agência Nacional Erasmus+ Juventude em Acção, através do programa de Serviço Voluntário Europeu.
Através do projecto “Odemira na Europa-Há presente e há futuro aqui”, a par da recepção de voluntários, é também contemplado o envio de seis jovens odemirenses para a Europa, nomeadamente ara a Eslovénia, Espanha e França, no Verão de 2019, uma oportunidade de viver experiência internacional, que possa enriquecer o seu futuro profissional e pessoal.

Câmara de Moura aposta na educação cívica dos mais novos

Assembleia-Infantil-768x432.jpgNo quadro do Plano Educativo para o Sucesso e Inovação, em Moura realizou-se no final da semana passada mais uma Assembleia Infantil do Concelho.
A Sala de Sessões da Câmara Municipal recebeu dois representantes de cada uma das turmas das escolas envolvidas, num total de 20 crianças, do 3.º e 4.º ano do 1.º ciclo do ensino básico, dos Agrupamentos de Escolas de Moura e de Amareleja.
A iniciativa pretende, segundo o município, “incentivar a participação e a educação cívica das crianças do concelho”.
A Assembleia Infantil volta a reunir-se em Março e Junho de 2019.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Utensílios de cozinha é noutra secção.

  • Anónimo

    Picaste-te com o tacho ou com a panela?

  • Anónimo

    Uma boca, para denegrir o debate que este blogue p...

  • Anónimo

    Parece que estamos no blog "Por entre tachos e pan...

  • Anónimo

    Já está no final do caminho para o precipício.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.