Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Mais de 130 PME andaluzas e do Alentejo e do Algarve capacitadas e 45 novos produtos agroalimentares criados

Zé LG, 29.11.20

081020131207-372-empresas.jpgMais de 130 micro e pequenas agroalimentares da Andaluzia e de Portugal (regiões do Algarve e do Alentejo) receberam formação e assessoria na área de inovação e desenvolvimento de novos produtos agroalimentares. Foram desenvolvidos 45 novos protótipos de produtos agroalimentares e realizados 26 testes de mercado dos mesmos, em mercados e lojas da Andaluzia do Alentejo e do Algarve. No Alentejo, o projeto foi liderado pela ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo e envolveu, na sua totalidade, um conjunto de 37 empresas/entidades.

Estes são os resultados do Prototyping AAA +, um projeto transnacional desenvolvido ao longo dos 3 últimos anos, na Eurorregião AAA + (Andaluzia, Algarve e Alentejo), que pretendeu melhorar a competitividade e rentabilidade das PME agroalimentares nestes territórios. Para isso, desenvolveu um serviço de apoio às micro e pequenas empresas para a colocação de novos produtos no mercado, de forma rápida, barata e sem riscos.

"IN Castro é uma mais-valia evidente para Castro Verde"

Zé LG, 28.11.20

202011250735361.jpgO IN Castro-Centro de Ideias e Negócios de Castro Verde atingiu pela primeira vez a sua capacidade máxima de acolhimento físico de empresas, com 20 empresas instaladas e mais sete projectos empresariais com domiciliação virtual. David Marques, vice-presidente da Câmara de Castro Verde, frisa que este é um sinal "muito positivo" para a economia local e que “a grande aposta do Município é a infra-estruturação da Zona de Actividades Económicas (ZAE), projecto fundamental em toda a estratégia de afirmação e de dinamização económica do concelho e que, em complementaridade com todo o trabalho já referido, permitirá atrair mais empresas e criar mais postos de trabalho no concelho.”

Castrense Helena Alegre distinguida com prémio atribuído pela Associação Internacional da Água

Zé LG, 28.11.20

15134775_1184440501648094_6178976133761297969_n (1Helena Alegre, 59 anos, natural de Castro Verde, licenciada e doutorada em Engenharia Civil pelo Instituto Superior Técnico, tem dedicado a vida profissional à Engenharia Sanitária e Ambiental, no Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), onde é investigadora. É atualmente diretora do Departamento de Hidráulica e Ambiente do LNEC, uma unidade de investigação aplicada que cobre desde a hidráulica marítima, costeira e estuarina até aos recursos hídricos, às obras hidráulicas e à engenharia sanitária.

Helena Alegre, “cidadã do mundo que muito se orgulha de ser castrense”, foi distinguida, no passado mês de outubro, em Brisbane, na Austrália, com o prémio Contributo Extraordinário para a Gestão da Água e para a Ciência, atribuído pela Associação Internacional da Água (IWA). Esta distinção insere-se no IWA Recognition & Awards Programme, que bienalmente reconhece três membros da associação, um por cada categoria do programa, que tenham dado importantes contributos para a gestão da água a nível mundial.

Baixo Alentejo corre risco de ficar sem médicos de saúde pública, o que trará "consequências dramáticas" em tempos de pandemia

Zé LG, 24.11.20

imgLoader.jpgA Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo tem três médicos - dois especialistas em saúde pública e uma interna em formação na especialidade -, na sequência de um concurso de mobilidade. Se ficar sem médicos de saúde pública, "a maneira de operar" da Unidade de Saúde Pública terá de ser "reajustada" com outros cinco médicos de família que desempenham funções de autoridade de saúde e têm colaborado no processo" de gestão da covid-19, o que "será difícil", explicou a presidente da ULSBA, Conceição Margalha.

O presidente do Conselho Sub-regional de Beja da Ordem dos Médicos (OM), Pedro Vasconcelos, mostrou-se "bastante preocupado" com a situação, frisando que se a ULSBA ficar sem médicos de saúde pública "pode ter consequências dramáticas na capacidade de resposta" do Baixo Alentejo na gestão da pandemia de covid-19.

Presidente da Câmara de Serpa defende condições de vida dignas para imigrantes

Zé LG, 24.11.20

150920161724-19-TomePires.jpgO presidente do município de Serpa, onde há registo de três surtos de covid-19 entre imigrantes trabalhadores agrícolas temporários, defendeu hoje a criação urgente de legislação nacional para garantir condições mínimas de habitabilidade a estas pessoas em Portugal.

“Urge uma legislação a nível nacional que dê resposta à situação problemática destas pessoas que vivem em Portugal sem condições mínimas de habitabilidade”, disse Tomé Pires, presidente da Câmara de Serpa, acrescentando que, se Portugal precisa de imigrantes temporários para trabalhos em explorações agrícolas, “tem de criar condições para que vivam condignamente enquanto cá estão”.

Atualmente, não existe legislação específica que regulamente o alojamento de imigrantes trabalhadores agrícolas temporários, “o que faz com que muitas destas pessoas vivam em casas sem as mínimas condições, dentro de localidades ou em zonas isoladas, em situações desconhecidas e que dificultam a intervenção das autoridades”, sublinhando que: “Quem traz estas pessoas para Portugal, quer sejam empesas de trabalho temporário, quer sejam os próprios empresários que necessitam da mão-de-obra, não revelam preocupação nenhuma” com os imigrantes quando aparecem casos de infeção pelo vírus da covid-19.

Ana Gomes, candidata à Presidência da República, visita o distrito de Beja na próxima terça-feira

Zé LG, 23.11.20

126199041_10219933907601529_8176889002781315164_n.10h30m - recepção no salão nobre da Câmara Municipal de Mértola - projecto da Estação Biológica de Mértola será um dos temas a abordar com os autarcas e outros convidados.

11h15m -  visita ao Centro de Agroecologia de Mértola – Horta da Malhadinha, promovido pela Terra Sintrópica, organização de conservação do ambiente.

15h15m - recepção na Praça da República da cidade de Serpa, seguida de visita à Escola EB S de Serpa.

18 horas - tertúlia na cafetaria do Pax Julia – Teatro Municipal de Beja, transmitida em directo nas redes sociais de Ana Gomes, depois de passagem agendada pelo centenário café Luiz da Rocha.

ADRAL promoveu, hoje, o II Fórum Transfronteiriço de Cooperação para a Internacionalização

Zé LG, 19.11.20

10498_big.jpg… com o objectivo de reunir entidades e promotores para partilhar os seus projectos inovadores desenvolvidos na zona EUROACE (Euro-Região do Alentejo, Centro de Portugal e Extremadura Espanhola), assim como o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido neste território, no âmbito do projecto CETEIS, em matéria de empreendedorismo e inovação, tendo em vista o aumento da competitividade desta região ao nível da internacionalização no actual contexto económico e social da União Europeia. O evento contou com a participação do Secretário de Estado da Internacionalização Eurico Dias Brilhante.

Parque Natural do Vale do Guadiana celebra 25 anos de existência com um “Dia Aberto”

Zé LG, 18.11.20

leadImage_thumb.jpgA criação da área protegida do Parque Natural do Vale do Guadiana, que abrange os municípios de Mértola e Serpa foi formalizada através do Decreto Regulamentar n.º 28/95, de 18 de novembro. Nesta data o PNVG faz 25 anos e assinala a efeméride com um “Dia Aberto” em que participa João Paulo Catarino, secretário de Estado da Conservação da Natureza, Florestas e Ordenamento do Território, através de um webinar que começa às 10.00 horas e que tem programado, igualmente, uma mesa redonda, para as 11.00 horas, sobre “Histórias de um Parque Natural”.

Baixo Alentejo (Distrito de Beja - Odemira) com 202 casos activos de COVID-19

Zé LG, 17.11.20

Covid-BA-768x576.png

Compare-se esta situação, conjunta ou concelho a concelho, com a existente em grandes centros urbanos  e reflitamos até que ponto é que se justifica a aplicação de medidas mais restritivas a concelhos da nossa região. Nós temos fartura de espaço, não andamos aos encontrões uns com os outros... Não considerar a densidade demográfica parece-me um erro.

Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito recupera adega centenária

Zé LG, 16.11.20

160820171628-207-ruy13iotz43xszhnhincvinq0e2.jpgA Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito descobriu um edifício antigo para a produção de vinho, dentro da própria Adega e decidiu recuperá-lo e torná-lo visitável.

Informa a Adega Cooperativa que “durante os trabalhos de remodelação do espaço, surgiram estruturas antigas, com várias fases de construção e adaptação à função que agora retoma: uma Adega tradicional num edifício nobre da vila de Vidigueira. Após esta descoberta a Adega optou por alterar o sentido da decoração inicial, deixando à vista a estrutura da Adega Velha, o que permitirá ao seu visitante usufruir do espaço conforme este foi criado e permitir a todos ter contacto com a história.”

A Adega Velha pretende ser “um complemento da Casa das Talhas, o espaço de enoturismo da Adega, cujo foco é o vinho de talha e toda a sua abrangência história e cultural. Este novo espaço de enoturismo, denominado Adega Velha, pode ser visitado todos os dias das 9h00 às 19:00 horas”.

Câmara de Moura intervém para prevenir riscos de cheias e incêndios

Zé LG, 14.11.20

10467_big noura.jpgForam realizados trabalhos de limpeza e desobstrução da linha de água que se encontra localizada entre a ponte “Sua Alteza” e a ponte do cemitério, em Moura, com o objectivo de garantir as condições de escoamento dos caudais líquidos e sólidos (areia, lama e sedimentos) em situações hidrológicas normais ou extremas.

Estes trabalhos realizados contribuem, para a minimização de riscos em situação de cheia e também em situação de incêndio, dado o vasto material combustível que o local apresentava. Esta intervenção foi promovida pela autarquia de Moura.

Inaugurado novo serviço de urgência do Hospital do Litoral Alentejano

Zé LG, 13.11.20

202011131449159867 inaug.JPGForam inauguradas oficialmente esta sexta-feira, as novas instalações do Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, com a presença do primeiro-ministro, António Costa e da ministra da Saúde, Marta Temido.

202011131532138949 Sant.jpg

As novas instalações do Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), representa um investimento total de 2,4 milhões de euros, e vai servir uma população de cerca de 100 mil habitantes dos concelhos de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira.

Abatimento de pavimento obriga a corte de tráfego na estrada entre Pias e Brinches

Zé LG, 13.11.20

EN-392.jpgA Infraestruturas de Portugal (IP) informa que, em virtude de um abatimento do pavimento identificado ao quilómetro 79,4 da EN392, torna-se necessário, por forma a garantir a segurança de pessoas e bens, proceder ao corte de tráfego nesta via de ligação entre Pias e Brinches, no concelho de Serpa.

A IP está já a realizar os trabalhos de reparação, tendo em vista a rápida reposição das condições de circulação neste local, o que se prevê possa ocorrer ainda na primeira quinzena de dezembro. A zona de trabalhos e respetivo desvio de trânsito estão devidamente sinalizados no local.