Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alentejo XXI com 2ª melhor Taxa de Realização do Programa 2020

201811122220269369.jpgA Alentejo XXI, com sede em Beja, apresenta boas taxas de Compromisso, Execução e Realização no âmbito da Medida 10, do PDR 2020, que visa apoiar os pequenos investimentos através da criação ou modernização de unidades de transformação e comercialização de produtos agrícolas. A nível nacional, no universo de 54 associações, a Alentejo XXI apresentava, à data de 30 de setembro, a posição 13, na Taxa de Compromisso, a posição 3, na Taxa de Execução e a posição 2, na Taxa de Realização.

UBIKE UÉVORA DISPONIBILIZA 500 BICICLETAS À COMUNIDADE ACADÉMICA

u-bike_0.jpg

A Universidade de Évora prepara-se para colocar à disposição da comunidade académica quinhentas bicicletas (200 eléctricas e 300 convencionais) em cedências de longa duração (6 ou 12 meses), num programa financiado pelo Portugal 2020 e cordenado pelo IMT, que incentiva a utilização de bicicletas em alternativa aos transportes motorizados, reduzindo o consumo de energia, o congestionamento e a poluição da cidade Património da Humanidade.

O projeto UBike UÉvora inclui ainda a instalação de uma infraestrutura inteligente de parqueamento e carregamento para as bicicletas elétricas, bem como um sistema avançado de monitorização das mesmas em tempo-real.

O lançamento decorre na próxima quinta-feira, 14 de junho, às 17:30 horas, numa sessão que conta com a presença do ministro do Ambiente, João Pedro Fernandes.

BOMBEIROS DE BEJA CONTAM COM MAIS UM VEÍCULO DE COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS

carro bvb.png

A aquisição deste veículo, que veio reforçar a capacidade de resposta operacional da Corporação aos incêndios em meio rural, resultou de uma candidatura ao POSEUR, que financiou a aquisição do veículo em 70% do valor total de 149.000,00€, tendo o Município de Beja comparticipado com os restantes 30% do valor total, no valor de cerca de 45.000,00€.

"AGDA VAI INVESTIR 64 MILHÕES NO DISTRITO DE BEJA ATÉ 2020"

20180222171150.jpg

O presidente do conselho de administração da Águas Públicas do Alentejo (AgdA), Joaquim Marques Ferreira, revela ao "CA" os investimentos que a empresa tem em curso no Baixo Alentejo, que superam os 60 milhões de euros. Marques Ferreira garante ainda que estas obras irão assegurar "o abastecimento de água em quantidade e qualidade à população" do distrito de Beja.

RUA DA LAVOURA REABERTA AO TRÂNSITO

A Rua da Lavoura já está aberta ao trânsito. A intervenção consistiu numa alteração de traçado e redimensionamento da via, repavimentação e requalificação de todas as infra-estruturas de águas residuais domésticas, de abastecimento de água, de águas pluviais, de iluminação pública e de telecomunicações.

201802192300387374.jpg

“A obra vem permitir uma melhoria nas acessibilidades na cidade e representa um investimento de 1 milhão de euros, financiado pelo FEDER” em mais de 900 mil euros, salienta a Câmara de Beja.

Foto DAQUI.

BEJA VAI PASSAR A TER TRÊS ORIGENS DE ÁGUA NO ABASTECIMENTO À CIDADE

EMAS-1-768x512.jpg

A EMAS- Empresa municipal de água e saneamento de Beja, tem em curso um investimento de 7,4 milhões de euros para melhorar o abastecimento de água às populações do concelho.

O projecto comtempla a nova Estação de Tratamento de Água da Magra que fará o abastecimento de água a Beja, Salvada, Quintos, Cabeça Gorda e Baleizão. Inclui também o novo sistema adutor com uma extensão de 38 quilómetros.

As intervenções são realizadas através da EMAS- Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja (mediante delegação de competências da Câmara), com recurso à Águas Públicas do Alentejo. O projecto é co-financiado a 85% pela União Europeia, através do POSEUR, no âmbito do Portugal 2020.

Rui Marreiros Administrador executivo da EMAS fala deste investimento como uma “verdadeira transformação no fornecimento de água”, que vai “triplicar a origem de água no abastecimento à cidade”, acrescentando que “as empreitadas estão no terreno” (…) a previsão é que “até ao final do ano estejam concluídas”.

"FÁBRICA DE CHOCOLATE" NA ANTIGA ESTAÇÃO DE COMBOIOS DE MONTEMOR-O-NOVO

transferir.jpg

Desativada há 30 anos, a antiga estação de comboios de Montemor-o-Novo vai ser “adoçada” pela transformação do cacau, num projeto empresarial de 1,8 milhões de euros, com apoio de fundos comunitários.

O edifício quase centenário, que se encontra degradado e sem utilização há cerca de 20 anos, depois de “animado” por uma discoteca, vai ser transformado em fábrica de chocolate por iniciativa do chefe chocolateiro António Melgão e do seu irmão Serafim.

“Estamos à espera de iniciar as obras ainda este mês e queremos começar a produzir o nosso chocolate este ano”, revela António Melgão, que já possui pastelarias e uma empresa de distribuição para profissionais e diz que quer criar “uma marca de chocolates que seja uma referência” em Portugal e no mundo.

MUNICÍPIOS ABDICAM DE VERBAS PARA APOIO AO EMPREENDEDORISMO PRIVADO

SI2E-768x512.jpg

A CIMBAL- Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo decidiu prescindir de 956 mil euros para desenvolvimento de projectos municipais a fim de reforçar o pacote de ajudas a investimentos privados no quadro do SI2E – Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego.

anúncio foi feito ontem por Jorge Rosa. O presidente da CIMBAL considera que a decisão vai viabilizar a aprovação de mais candidaturas ao programa que tem, neste momento, em fase de avaliação 35 projectos de investimento.

CIMBAL COM 6 DOS 100 PROJETOS DE EMPRESAS DO DISTRITO JÁ APROVADOS

A Comunidade Internacional do Baixo Alentejo (CIMBAL) faz hoje, nas instalações da CIMBAL, às 11.30 horas, a assinatura do termo de aceitação do SI2E – Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e Emprego. Foi no âmbito deste concurso que a CIMBAL viu aprovados 6 projetos de empresas do distrito, nos mais diversos setores de atividade.

Jorge Rosa, presidente do Conselho Intermunicipal da CIMBAL, explicou que tem estado a colaborar com a Autoridade de Gestão do Alentejo 2020, por convite desta entidade, nesta vertente virada para as empresas, referindo que dos projetos candidatados, 6 já estão aprovados e que mais 94 aguardam aprovação, o que significará a criação de 100 postos de trabalho.

Comentários recentes

  • Anónimo

    E o PS não se sente incomodado com a saúde no Dist...

  • Anónimo

    CIDADE DE PANHONHAS...

  • Anónimo

    Agora é passado, mais uma vez. A ULSBA não terá es...

  • Anónimo

    Fazendo uma análise mais profunda verificamos que ...

  • Munhoz Frade

    Sobre o anúncio da criação de Centros de Responsab...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds