Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Novo projecto aeronáutico a caminho de Évora

Zé LG, 25.05.20

image.jpgHá um novo projecto aeronáutico a caminho de Évora. O avião ATL-100 da brasileira Desaer vai ser desenvolvido em parceria com o a equipa de Évora do CeiiA, instalada no Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia, ao longo dos próximos 3 anos. Mas a empresa portuguesa pretende que o Alentejo receba uma linha final de montagem da aeronave, de acordo com entrevista publicada no Diário de Notícias, o diretor do CEiiA, para a Aeronáutica e Defesa, Miguel Braga.
O investimento para fase de desenvolvimento é de 20 milhões de euros.
Na fase de industrialização, o CEiiA pretende ter uma unidade em Évora e outra no Brasil e ainda a criação de uma unidade para o fabrico de componentes em Portugal. Mas o objetivo principal é ter um “final assembly line”. “O objetivo é igualmente montar a aeronave em Portugal, o que terá um efeito muito grande do ponto de vista do emprego indireto pela estabilização na região do Alentejo, em Évora, em Beja, em Ponte de Sôr, cidades que estão seguramente preparadas, em termos de infraestruturas para receber um projeto desta natureza” refere o responsável.

Hospital de Évora realizou a primeira coronariografia não invasiva no sul do país

Zé LG, 09.05.20

imgLoader2.ashx hosp.jpgA primeira coronariografia em hospitais do SNS do sul do país foi feita no Centro de Responsabilidade Integrado Cardiovascular do Alentejo (CRIA) do HESE, em colaboração com o Serviço de Imagiologia, utilizando "tecnologia de ponta" para a realização deste diagnóstico não invasivo, nomeadamente nas novas salas de intervenção e de angio tomografia computorizada (Angio TC) de 124 cortes. A coronariografia não invasiva "permite a realização deste exame sem necessidade de colocação de cateter dentro do coração, através da tomografia computorizada (TAC), com injeção de contraste".

A presidente do conselho de administração do HESE, Maria Filomena Mendes, salienta que, "apesar da conjuntura" relacionada com a pandemia de covid-19, "é muito importante" o hospital continuar a "evoluir, a investir em inovação, e a dar resposta aos doentes com outras patologias" e que "Esta nova tecnologia permite melhorar a qualidade dos cuidados prestados à população da região do Alentejo na área da cardiologia, cirurgia vascular e neuroradiologia e contribui para a descentralização e proximidade dos cuidados, evitando a deslocação dos doentes para fora da região".

ALENTEJO 2020 aprovou candidatura da Construção do Hospital Central do Alentejo-Consultas Externas

Zé LG, 02.05.20

202004291145302429 hospital.jpgO Alentejo 2020 recorda que “esta  nova infraestrutura projectada para a área de Consultas Externas estará assente em vários pressupostos como a minimização de incidências ambientais negativas, aplicáveis durante a fase de construção e de exploração do Hospital Central do Alentejo” e que “além disso, irá contribuir para a promoção de uma resposta eficaz e eficiente, de qualidade aos utentes, dos serviços das Consultas Externas nas várias especialidades que serão instaladas”. A execução deverá iniciar-se durante o ano de 2020, estando prevista a sua conclusão até final de 2023.

Évora acolhe supercomputador ligado ao projecto do maior radiotelescópio do mundo

Zé LG, 01.02.20

1435144.jpgO supercomputador Oblivion, com desempenho equivalente à combinação de mais de mil computadores, vai funcionar em Évora, associado ao projecto do futuro maior radiotelescópio do mundo e disponível também para a comunidade científica e empresas, foi revelado esta quinta-feira. Esse radiotelescópio é o SKA (Square Kilometre Array).

“É uma máquina potente, com nós de computação, de gestão e de armazenamento. E podemos dizer que tem uma performance equivalente a 1200 computadores pessoais a funcionarem em conjunto”, destacou o astrofísico Miguel Avillez, coordenador do Oblivion.

A máquina, instalada no Data Center da DECSIS, no Parque Industrial e Tecnológico da cidade, vai ser inaugurada pela Universidade de Évora a 4 de Fevereiro.

O supercomputador em Évora vai “apoiar no processamento de volumes em massa de dados resultantes de actividades de investigação e inovação desenvolvidas em Portugal e enquadradas no design, prototipagem e operação” do radiotelescópio SKA e dos “seus eventuais precursores”.

Évora incluída em projeto-piloto de subsídio para cuidadores informais

Zé LG, 20.01.20

cuida.pngO Governo vai testar um novo subsídio para Cuidadores informais. Este projeto-piloto vai começar por ser testado em 30 concelhos e, de acordo com a ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, Évora é um dos concelhos selecionados.
Este projeto-piloto prevê a criação de um subsídio “acumulativo” aos já existentes, não se sabendo ainda o valor da prestação, nem o número de pessoas que serão abrangidas por esta medida.

«Municípios e Desenvolvimento Turístico no Alentejo»

Zé LG, 27.11.19

darksky.jpgO Curso de Turismo da  Universidade de Évora vai organizar na próxima quinta-feira, 28, no auditório nobre do Colégio do Espírito Santo, em Évora, uma conferência intitulada «Municípios e Desenvolvimento Turístico no Alentejo».

O evento contará com a presença dos seguintes oradores: António Ceia da Silva (presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo), José Calixto (presidente do município de Reguengos de Monsaraz), Eduardo Luciano (vereador do município de Évora), Rosinda Pimenta (vereadora do município de Mértola), Rui Jesuíno (vereador do município de Elvas), Célia Ramalho (vereadora do município de Coruche) e Ricardo Cardoso (vice-presidente do município de Odemira).

Oito milhões de euros de investimento na 2ª fase do PACT de Évora

Zé LG, 23.11.19

ministra.jpgA ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, visitou o Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia (PACT), em Évora, e considerou que "é um caso de sucesso", porque, tendo em conta o que os responsáveis das empresas instaladas no parque lhe transmitiram, "está a abarrotar e a precisar urgentemente de uma segunda fase, revelando que a segunda fase do projeto, cuja candidatura a fundos comunitários "já está aprovada", envolve a construção de "quatro edifícios", num investimento de oito milhões de euros. "É um projeto emblemático ao qual daremos o maior apoio na segunda fase", vincou, salientando que as obras podem ir "para o terreno já", porque o projeto "já está aprovado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo".

“Geografia das Acessibilidades e as Infraestruturas do Alentejo é tema da Convenção da Plataforma Alentejo

Zé LG, 05.09.19

201904282338559916.jpgÉ já no próximo dia 12, que vai decorrer no auditório da CCDRA, em Évora, a Convenção “Geografia das Acessibilidades e as Infraestruturas do Alentejo”. A uma semana da realização, a Plataforma Alentejo recorda que as inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, podendo ser efetuadas até terça-feira, dia 10, junto do Secretariado da Plataforma, através do email plataforma.alentejo18@gmail.com.

Os trabalhos têm início às 9.30 horas e durante a manhã vai falar-se sobre “Porto do Sines e Aeroporto de Beja-Infraestruturas Estratégicas de interesse nacional e regional” uma intervenção a cargo de Manuel Tão, Grupo Técnico de Apoio à Plataforma Alentejo. Segue-se a intervenção de Elio Bernardino, do mesmo Grupo Técnico, com a abordagem ao tema “Infraestruturas de acessibilidade ferroviárias e rodoviárias-sua importância estratégica e prioridades”. Da parte da tarde, é a vez de Carlos Gaivoto, do Grupo Técnico de Apoio à Plataforma Alentejo abordar o “PROTA em revisão e o Plano Intermunicipal-modelo de ordenamento e planeamento”.

António Costa da Silva recusou integrar lista do PSD por Évora, depois da escolha de Sónia Ramos para cabeça de lista por Rui Rio

Zé LG, 27.07.19

silva.jpgA presidente da Comissão Política Distrital de Évora do PSD, a jurista Sónia Ramos, foi a escolha do líder do partido, Rui Rio, para cabeça de lista por este círculo eleitoral, em detrimento de António Costa da Silva, um dos atuais vice-presidentes da bancada parlamentar social-democrata.

"Parece evidente para todos que não faz sentido nenhum eu pertencer às listas do PSD. Obviamente que não aceitei", declarou hoje à agência Lusa o deputado social-democrata, que encabeçou a lista pelo círculo de Évora nas últimas eleições legislativas.

Alentejo Central irá poder votar eletronicamente já nas Eleições Europeias

Zé LG, 11.02.19

eleições.jpgA CIMAC acolheu a Sessão Pública de Apresentação do Projeto Piloto de Voto Eletrónico no Distrito de Évora, presidida pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Com a presença dos presidentes de Câmara Municipal do Distrito, membros do Governo, representantes dos Partidos Políticos e população em geral, foi dado a conhecer o sistema de voto eletrónico que será projeto-piloto no Alentejo Central, já nas próximas Eleições Europeias, marcadas para 26 de maio de 2019.

Maria Filomena Mendes reconduzida para presidir ao Hospital do Espírito Santo de Évora

Zé LG, 09.02.19

copy_of_cronistas_ta_155.jpgMaria Filomena Mendes foi reconduzida pelo Governo para presidir ao conselho de administração do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), cargo que já ocupou entre 2009 e 2013 e que desempenhava até ao momento. Além da presidente do conselho de administração do HESE, o Governo nomeou para vogais executivos Isabel Pita, como diretora clínica, Francisco Chalaça e Luís Cavaco, mantendo-se da anterior administração o enfermeiro-diretor José Chora.

Vice-reitora da UÉ desde 2014, Maria Filomena Mendes é licenciada em Economia e doutorada em Sociologia, na especialidade de Demografia, pela Universidade de Évora.

Rosa de Matos Zorrinho, ex- Secretária de Estado da Saúde e ex- presidente da ARS de Lisboa e Vale do Tejo e da ARS do Alentejo, foi nomeada presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central.

Hospital Central do Alentejo vai ser uma realidade

Zé LG, 14.01.19

 

6855_big.jpgO Primeiro-Ministro, o Ministério da Saúde e o Ministério do Planeamento e Infraestruturas apresentaram, em Évora, o projecto de financiamento do novo Hospital Central do Alentejo, no âmbito da reprogramação do Portugal 2020, que contará com 40 milhões de euros de fundos europeus FEDER de um investimento previsto de cerca de 150 milhões de euros, aos quais acrescerão custos com equipamentos na ordem dos 31 milhões de euros. 

O novo hospital terá um perfil assistencial diversificado, contando com um plateau tecnológico diferenciado, componente de radioterapia, de medicina nuclear e de meios de diagnóstico e terapêutica, polivalência de cuidados de saúde, valência de cuidados paliativos, desenvolvimento das áreas de ambulatório e alargamento a várias especialidades clínicas,  inexistentes na região, representando a criação de valor para toda a área de influência do hospital e de melhoria das condições de atractividade para profissionais de saúde. 

 

SE do Ambiente em Évora para discutir economia circular

Zé LG, 14.12.18

secretario-de-estado-do-ambiente-carlos-martins-.jO Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, participa numa sessão conjunta organizada pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento do Alentejo (CCDRA) e pelo Fórum da Economia Circular do Alentejo, para debater precisamente a economia circular, no âmbito da Agenda Regional para a Economia Circular do Alentejo, nesta sexta-feira, 14, às 10 horas, .

Esta sessão conta com a participação do Presidente Da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, Roberto Grilo e a representante da FECA Rita Martins, bem como das Comunidades Intermunicipais do Alentejo (CIM's) e da Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo.

Hospital de Évora recebe tecnologia única para detetar vírus e bactérias

Zé LG, 31.10.18

copy_of_cronistas_ta_59.jpg

O Hospital do Espírito Santo de Évora está desde ontem equipado com um sistema de diagnóstico laboratorial de microrganismos único no país, que permite acelerar a identificação de bactérias e vírus. Trata-se de uma solução de ponta, única nos hospitais públicos do país, segundo a administração do Hospital.

O sistema consiste em "novas ferramentas de diagnóstico in vitro' que permitem uma maior rapidez na identificação de microrganismos, em particular bactérias e vírus.

Câmara de Évora vai avançar com construção da ligação pedonal e ciclável entre o Bacelo e as Portas de Avis

Zé LG, 06.10.18

Rotundas-do-Bacelo-360x300.png

Trata-se de uma obra muito reivindicada pela população e também prometida pelo município.

O concurso público para a empreitada já foi lançado e publicado em Diário da República.

Segundo o presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá, a obra deverá ser executada no próximo ano.

O investimento previsto é de 358 mil euros. O prazo para a execução da obra é de seis meses.

Teatro Garcia de Resende vai ser requalificado

Zé LG, 01.10.18

garcia_resende.png

O mítico Teatro Garcia de Resende, em Évora, vai ser alvo de obras de requalificação orçadas em cerca de 1,4 milhões e que visa responder às necessidades de adaptação do Teatro às exigências de segurança. A intervenção inclui obras no sector cénico (compartimentação dos sub-camarins, camarins e boca de cena); sector público (alterações pontuais na receção, hall técnico e criação de instalação sanitária para pessoas com mobilidade reduzida); e exterior (manutenção da fachada e intervenção na escada de evacuação). Também o parque de estacionamento será alvo de obras de requalificação.

Alentejo Central escolhido para implementação do projeto piloto de voto eletrónico

Zé LG, 01.10.18

3112_img1.jpg

A CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central recebeu a secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Drª. Isabel Oneto, para uma reunião de trabalho com o Conselho Intermunicipal e técnicos dos municípios, sobre a implementação do voto eletrónico, em processo piloto, no Alentejo Central, nas próximas eleições para o Parlamento Europeu, em maio de 2019.