Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alentejo Central irá poder votar eletronicamente já nas Eleições Europeias

eleições.jpgA CIMAC acolheu a Sessão Pública de Apresentação do Projeto Piloto de Voto Eletrónico no Distrito de Évora, presidida pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Com a presença dos presidentes de Câmara Municipal do Distrito, membros do Governo, representantes dos Partidos Políticos e população em geral, foi dado a conhecer o sistema de voto eletrónico que será projeto-piloto no Alentejo Central, já nas próximas Eleições Europeias, marcadas para 26 de maio de 2019.

Maria Filomena Mendes reconduzida para presidir ao Hospital do Espírito Santo de Évora

copy_of_cronistas_ta_155.jpgMaria Filomena Mendes foi reconduzida pelo Governo para presidir ao conselho de administração do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), cargo que já ocupou entre 2009 e 2013 e que desempenhava até ao momento. Além da presidente do conselho de administração do HESE, o Governo nomeou para vogais executivos Isabel Pita, como diretora clínica, Francisco Chalaça e Luís Cavaco, mantendo-se da anterior administração o enfermeiro-diretor José Chora.

Vice-reitora da UÉ desde 2014, Maria Filomena Mendes é licenciada em Economia e doutorada em Sociologia, na especialidade de Demografia, pela Universidade de Évora.

Rosa de Matos Zorrinho, ex- Secretária de Estado da Saúde e ex- presidente da ARS de Lisboa e Vale do Tejo e da ARS do Alentejo, foi nomeada presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central.

Hospital Central do Alentejo vai ser uma realidade

 

6855_big.jpgO Primeiro-Ministro, o Ministério da Saúde e o Ministério do Planeamento e Infraestruturas apresentaram, em Évora, o projecto de financiamento do novo Hospital Central do Alentejo, no âmbito da reprogramação do Portugal 2020, que contará com 40 milhões de euros de fundos europeus FEDER de um investimento previsto de cerca de 150 milhões de euros, aos quais acrescerão custos com equipamentos na ordem dos 31 milhões de euros. 

O novo hospital terá um perfil assistencial diversificado, contando com um plateau tecnológico diferenciado, componente de radioterapia, de medicina nuclear e de meios de diagnóstico e terapêutica, polivalência de cuidados de saúde, valência de cuidados paliativos, desenvolvimento das áreas de ambulatório e alargamento a várias especialidades clínicas,  inexistentes na região, representando a criação de valor para toda a área de influência do hospital e de melhoria das condições de atractividade para profissionais de saúde. 

 

SE do Ambiente em Évora para discutir economia circular

secretario-de-estado-do-ambiente-carlos-martins-.jO Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, participa numa sessão conjunta organizada pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento do Alentejo (CCDRA) e pelo Fórum da Economia Circular do Alentejo, para debater precisamente a economia circular, no âmbito da Agenda Regional para a Economia Circular do Alentejo, nesta sexta-feira, 14, às 10 horas, .

Esta sessão conta com a participação do Presidente Da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, Roberto Grilo e a representante da FECA Rita Martins, bem como das Comunidades Intermunicipais do Alentejo (CIM's) e da Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo.

Hospital de Évora recebe tecnologia única para detetar vírus e bactérias

copy_of_cronistas_ta_59.jpg

O Hospital do Espírito Santo de Évora está desde ontem equipado com um sistema de diagnóstico laboratorial de microrganismos único no país, que permite acelerar a identificação de bactérias e vírus. Trata-se de uma solução de ponta, única nos hospitais públicos do país, segundo a administração do Hospital.

O sistema consiste em "novas ferramentas de diagnóstico in vitro' que permitem uma maior rapidez na identificação de microrganismos, em particular bactérias e vírus.

Câmara de Évora vai avançar com construção da ligação pedonal e ciclável entre o Bacelo e as Portas de Avis

Rotundas-do-Bacelo-360x300.png

Trata-se de uma obra muito reivindicada pela população e também prometida pelo município.

O concurso público para a empreitada já foi lançado e publicado em Diário da República.

Segundo o presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá, a obra deverá ser executada no próximo ano.

O investimento previsto é de 358 mil euros. O prazo para a execução da obra é de seis meses.

Teatro Garcia de Resende vai ser requalificado

garcia_resende.png

O mítico Teatro Garcia de Resende, em Évora, vai ser alvo de obras de requalificação orçadas em cerca de 1,4 milhões e que visa responder às necessidades de adaptação do Teatro às exigências de segurança. A intervenção inclui obras no sector cénico (compartimentação dos sub-camarins, camarins e boca de cena); sector público (alterações pontuais na receção, hall técnico e criação de instalação sanitária para pessoas com mobilidade reduzida); e exterior (manutenção da fachada e intervenção na escada de evacuação). Também o parque de estacionamento será alvo de obras de requalificação.

Alentejo Central escolhido para implementação do projeto piloto de voto eletrónico

3112_img1.jpg

A CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central recebeu a secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Drª. Isabel Oneto, para uma reunião de trabalho com o Conselho Intermunicipal e técnicos dos municípios, sobre a implementação do voto eletrónico, em processo piloto, no Alentejo Central, nas próximas eleições para o Parlamento Europeu, em maio de 2019.

Obras de requalificação da ligação da cidade ao PIA de Évora em fase de conclusão

rua_piae-360x300.jpg

As obras de requalificação da ligação da cidade ao Parque de Industrial Aeronáutico de Évora (PIAE) estão quase concluídas, com um investimento de quase 900 mil euros.

A intervenção surge no seguimento de vários investimentos que o município tem vindo a efetuar no PIAE para dotar esta infraestrutura de todas as condições para um bom acolhimento industrial e vai servir nove lotes industriais, dois dos quais com fábricas já em funcionamento: Mecachrome e EMMAD.

Trata-se de uma obra de infraestruturas para o desenvolvimento dos dois arruamentos projetados e executados, que possibilitarão no futuro duas ligações ao Aeródromo de Évora caso se venha a justificar.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Gosto.Categoria de mensagem. Teria a mesma mensag...

  • Anónimo

    Que outros agentes desportivos ... e já agora polí...

  • Munhoz Frade

    Exemplar.

  • Anónimo

    O problema, é que por mais considerações ideológic...

  • Anónimo

    “DesilusãoTenho estado, como é meu hábito, atento ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds