Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

SER EUROPEU

Zé LG Zé LG, 01.07.14

Sei o que é SER ALENTEJANO. Sei e sinto. Faz parte das minhas raízes, da minha identidade, do que sou de mais profundo.

Sei o que é SER PORTUGUÊS, principalmente quando estou no estrangeiro ou quando comparado com o ser de outros países.

Não sei o que é SER EUROPEU. E muito menos sinto o que é isso. Com frequência me identifico mais com povos, culturas e idiossincrasias de outros continentes. Ainda agora, ao assistir a jogos do Mundial de Futebol que põem em confronto selecções de países europeus com as de países outros continentes, torço, sem dar por isso, por estas últimas, principalmente dos continentes africano e americano.

Será que isto acontece com a maioria ou apenas com uma minoria de portugueses? E com os naturais de outros países europeus? Era importante dispormos de estudos deste fenómeno, porque pode residir aqui uma boa explicação para as dificuldades da “construção europeia”.

2 comentários

Comentar alvitre