Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
13
Jan 18

201801111609241.jpg

administrador-executivo aponta o facto de terem encontrado "um conjunto de intervenções e de pequenas empreitadas que não deram continuidade ao plano de renovação da rede que já estava definido" anteriormente. "Aquilo que encontrámos foram intervenções casuísticas em determinadas zonas, separadas umas das outras, que muitas vezes pretendiam dar resposta a intervenções urbanísticas de outra natureza 'mascaradas' de projectos de renovação da rede de águas".
Ao mesmo tempo, foi detectado um "buraco" financeiro de 2,5 milhões de euros. "Fomos confrontados com pagamentos a empreiteiros que se deixaram de fazer em Maio/ Junho de 2017 e, portanto, havia um défice muito grande em termos de dívida aos empreiteiros. Além disso, depois de esgotados os recursos financeiros da empresa, a anterior administração, para continuar com esta actividade, recorreu à contracção de sucessivos empréstimos de curto-prazo junto da banca para ir alimentando esta tipologia de intervenção".

publicado por Zé LG às 10:23
E tem toda a razão porque aquilo já estava uma bandalheira que só visto. Felizmente já se nota a diferença
Anónimo a 14 de Janeiro de 2018 às 11:22
O poder de fogo do PS neste blog é avassalador, a ponto de não se poder discutir qualquer assunto com o mínimo de coerência e responsabilidade.
Usando a tática de Donal Trump e sus muchachos das Pós-verdades, conseguem minar toda e qualquer discussão séria e construtiva. Não aceitando a mínima critica por mais construtiva que seja.
Veja-se este caso flagrante do EMAS, em que já têm ali assunto para 4 ou mais anos, mesmo reconhecendo que não houve qualquer tipo de corrupção ou favorecimentos, mas tão só investimento e algumas míseras regalias aos trabalhadores de forma equitativa.
Eles e os seus boys é que são os bons, e nada mais há dizer.
Agora cuidado, porque tal como aconteceu com o Rocha, nas próximas eleições os eleitores estarão tão enjoados destas sobrancerias, que podem votar no primeiro que lhes faça frente.
Anónimo a 14 de Janeiro de 2018 às 12:46
Boys & Girls
Anónimo a 14 de Janeiro de 2018 às 14:57
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Em Beja também se trabalha nisso: https://www.face...
As empadas altas são muito boas!
Dizer mal de tudo e de todos é um passatempo nacio...
eheheheh não resisto, adoro o "para ali vão passar...
Já era tempo de essa pastelaria/ restaurante vir p...
O DN, sabe-se lá bem porquê, parece se o único jor...
Boa reportagem https://www.dn.pt/portugal/interior...
Esqueçam a eletrificação da linha férrea, o IP8 e ...
Os eleitores de Beja, tal como os de Portalegre, i...
Bem visto! Já agora era útil que se demonstrasse e...
E não é que a senhora tem toda a razão! Para não f...
Realmente é uma autêntica vergonha o péssimo estad...
No Baixo Alentejo os eleitores não votam em indepe...
Ponham ali os olhos, políticos do Baixo Alentejo. ...
Quando não há perspectivas de melhoria, o assunto ...
blogs SAPO