Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

6 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 26.01.2021

    O estímulo para quem trabalha para o bem comum é a maneira como a comunidade em que se insere se comporta. Quando uma parte significativa dessa comunidade “joga fora o menino com a água suja do banho“ desincentiva-se a cidadania...
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 26.01.2021

    Se alguém trabalha para o "bem comum" com certeza não precisa de viver ás custas dos outros, a vossa cidadania não passa de um roubo generalizado ao qual nem as gerações futuras escapam, mas claro bem intencionadamente
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 26.01.2021

    Conversa de treta!...E quem recebe dignamente o ordenado pelo seu efectivo trabalho, vive às custas de quem?...Porra!
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 26.01.2021

    Quando se é contra o lucro (esses apoiantes do "bem comum") significa que não é mais que um parasita daqueles que realmente produzem riqueza (aqueles que correm riscos, os do sector privado), efetivamente tornam os outros escravos para satisfazer os vossos caprichos que designam de direitos (errado, são privilégios).
    Os do sector publico não correm riscos, têm todas as mordomias, regalias, trabalham muito menos, se é que o chegam a fazer, para receber muito mais. O único trabalho a sério que têm é no dia das eleições para votar naquele que roube mais aos outros para lhes dar a eles (isto legalmente). Quando se vive do roubo aos outros não há dignidade!!!

    Quem não vive às custas dos outros vive às suas próprias custas, quer me vir dizer que não é um ser racional para fazer? Os animais tb supostamente não o são e fazem-no

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 26.01.2021

    "A estupidez coloca-se na primeira fila para ser vista; a inteligência coloca-se na retaguarda para ver".
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.