Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Resultados das eleições presidenciais e análises precipitadas

Zé LG, 24.01.21

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS - Análise comparativa dos resultados

PR.jpg

Tenho ouvido e lido muitas análises aos resultados das eleições presidenciais, hoje realizadas, algumas das quais enfermando de erros grosseiros, cometidos por distracção ou má-fé.

É uma realidade preocupante para todos os democratas a votação alcançada pelo líder do Chega. É igualmente uma realidade preocupante para a Esquerda a soma das votações das candidaturas dessa área.

Para facilitar a análise, elaborei este quadro comparativo das votações dos candidatos nestas e nas eleições de 2015, dividindo os candidatos por três grupos: MRS e outros da Direita; apoiados pelo PCP e pelo BE; e da área do PS. E agora, façam as vossas análises.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 25.01.2021

    André Ventura é um vendedor de banha da cobra? Sim. Mas a reflexão que se impõe sobretudo aos partidos da esquerda tradicional, percebendo-se claramente, para além da iliteracia política que ainda subsiste no eleitorado, a mensagem de AV, nos temas que os partidos do arco da governação nunca quiseram tratar ou discutir!...Apesar do discurso altamente demagógico e da berraria populista que constitui a matéria do Chega, há aqui motivo de enorme preocupação e sobretudo de uma reflexão séria. Que o digam Marisa Matias, e João Ferreira que colapsaram em territórios tradicionalmente de esquerda como são o alto e o baixo alentejo!...Não esperava nos discursos pós-eleitorais (como é costume) grandes prelecções sobre o resultado, mas impõe-se definitivamente uma introspecção interna inadiável, sob pena de em próximos actos eleitorais, o definhamento ainda ser mais expressivo- e aí temos verdadeiramente um problema democrático sério, que não augura nada de bom!...Os resultados para o Coiso podiam ter sido ainda mais vantajosos se não existisse a candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa (esse sim o maior opositor de Ventura)!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.