Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Querem matar o que resta de esperança no futuro da região

Governo vai fechar Maternidade de Beja

A maternidade do hospital de Beja vai fechar no final de 2015 se o Governo não revogar uma portaria publicada em “Diário da República” no último dia 10 de Abril.
Segundo apurou o “CA”, a decisão do Ministério da Saúde já entrou em vigor e estabelece um novo “ordenamento” das valências médicas nos hospitais portugueses.

In: http://www.correioalentejo.com/?diaria=11497&page_id=36

 

Fechar uma maternidade na capital de distrito e, segundo o que se fala também, a urgência pediátrica significa agravar o estado depressivo e recessivo da região e matar o que resta da já pouca esperança no seu futuro, para além das consequências imediatas na (in)segurança das famílias e na taxa de natalidade.

NÃO PODEMOS PERMITIR MAIS ESTE ATAQUE ao direito que temos de habitar este território. É necessário, é urgente criarmos um movimento, reunindo todos, que consiga travar mais este atentado contra a nossa região e as nossas gentes.

Julgo que esta poderá ser a primeira medida a ser tomada pelo grupo de trabalho que está a ser criado na Assembleia Municipal de Beja para acompanhar estas questões da Saúde.

9 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Outro Paspalho 29.04.2014 22:48

    Mas a PCA e a Pecezinha estão as duas doentes? Que desgraça de gestão que a ULSBA tem desde que existe? No anterior CA o duplo não sabia nem o que dizia nem o que fazia,mas sabia o que queria.Neste CÁ a PCA não sabe o que diz,o político não diz o que sabe e o resto não existe. Que sorte a nossa!
  • Sem imagem de perfil

    Bacoco 30.04.2014 19:02

    mas quem é afinal a Peczinha?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 30.04.2014 20:31

    O anterior CA era tão mau ou pior que o atual. Mas estranhamente estava tudo calado. Agora fala-se, fala-se, fala-se.
    Porque é que será que há tantos interesses a mexerem-se agora, e que dantes estavam tão quietinhos?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.05.2014 12:05

    Não é verdade que todos estiveram calados. Os que não calaram, escrevendo artigos de opinião, foram alvo de procedimentos pidescos e de processos disciplinares.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.05.2014 12:42

    Exatamente, ao contrário de que agora sucede.
    Não é verdade Dr Munhoz Frade?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.05.2014 12:59

    Alguém está esquecido de quem encerrou um blog na intranet da ULSBA.
  • Sem imagem de perfil

    Fénix 02.05.2014 20:49

    Nenhum contribuinte com dois dedos de testa e que pague minimamente os seus impostos pode achar normal e ético que alguém, durante o horário normal de trabalho, opine em blogs. Ainda mais se for Médico, as aplicações informáticas onde durante o horário de trabalho é esperado que escreva serão o SAM ou SClinico, Alert,.... ié, aplicações onde registe o que está relacionado com os Doentes que em princípio atende durante essas horas em que está no local de trabalho.
    Fingir que não se vê isto é alimentar o que não deve ser alimentado, e enganar quem não deve ser enganado.
    Alguma dúvida?
  • Sem imagem de perfil

    Informático 04.05.2014 09:50

    A propósito do que dizem os pretensamente obcecados com certas “contabilidades”, há que esclarecer que as aplicações informáticas generalizadas também dão a possibilidade de partilhar trabalho feito em casa, trazido numa “pen”, o que demora uma pequena fracção do tempo consumido a fumar um cigarro… Tanto quanto sei, o blogue em causa tratava de assuntos de trabalho.
    A propósito do que dizem os que pretensamente se dedicam ao escrutínio do tempo de trabalho de outrem, lembre-se que esse é o caminho bem do agrado dos senhores de escravos: a pretexto das obrigações laborais, começam por descontar o tempo “gasto” em refeições e cafezinhos, em idas à casa-de-banho, ao gasto em SMS’s e chamadas pessoais, etc, etc.
    Os que gerem as empresas como tiranos nunca lhes convém que os trabalhadores falem entre si sobre o que se passa nas empresas em que trabalham. Não querem que os trabalhadores sejam pessoas pensantes, apenas querem que sejam "robôs", que se deixem escravizar.
    Por isso, na ULSBA, o acesso a sites como a Radio Voz da Planície e o Sindicato dos Médicos (FNAM) estão bloqueados.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Muitos funcionarios da Camara comentam que no temp...

    • Anónimo

      Arsenio e companhia nao se inibem de perseguir aqu...

    • Anónimo

      Não há nada melhor que o anonimato para dar tintin...

    • Zé LG

      Em momento algum coloquei em causa a competência d...

    • Anónimo

      Queiram ler o ultimo post de Paulo Arsênio no Face...

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    subscrever feeds