Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Querem matar o que resta de esperança no futuro da região

Governo vai fechar Maternidade de Beja

A maternidade do hospital de Beja vai fechar no final de 2015 se o Governo não revogar uma portaria publicada em “Diário da República” no último dia 10 de Abril.
Segundo apurou o “CA”, a decisão do Ministério da Saúde já entrou em vigor e estabelece um novo “ordenamento” das valências médicas nos hospitais portugueses.

In: http://www.correioalentejo.com/?diaria=11497&page_id=36

 

Fechar uma maternidade na capital de distrito e, segundo o que se fala também, a urgência pediátrica significa agravar o estado depressivo e recessivo da região e matar o que resta da já pouca esperança no seu futuro, para além das consequências imediatas na (in)segurança das famílias e na taxa de natalidade.

NÃO PODEMOS PERMITIR MAIS ESTE ATAQUE ao direito que temos de habitar este território. É necessário, é urgente criarmos um movimento, reunindo todos, que consiga travar mais este atentado contra a nossa região e as nossas gentes.

Julgo que esta poderá ser a primeira medida a ser tomada pelo grupo de trabalho que está a ser criado na Assembleia Municipal de Beja para acompanhar estas questões da Saúde.

9 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Outro Paspalho 29.04.2014 22:48

    Mas a PCA e a Pecezinha estão as duas doentes? Que desgraça de gestão que a ULSBA tem desde que existe? No anterior CA o duplo não sabia nem o que dizia nem o que fazia,mas sabia o que queria.Neste CÁ a PCA não sabe o que diz,o político não diz o que sabe e o resto não existe. Que sorte a nossa!
  • Sem imagem de perfil

    Bacoco 30.04.2014 19:02

    mas quem é afinal a Peczinha?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 30.04.2014 20:31

    O anterior CA era tão mau ou pior que o atual. Mas estranhamente estava tudo calado. Agora fala-se, fala-se, fala-se.
    Porque é que será que há tantos interesses a mexerem-se agora, e que dantes estavam tão quietinhos?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.05.2014 12:05

    Não é verdade que todos estiveram calados. Os que não calaram, escrevendo artigos de opinião, foram alvo de procedimentos pidescos e de processos disciplinares.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.05.2014 12:42

    Exatamente, ao contrário de que agora sucede.
    Não é verdade Dr Munhoz Frade?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.05.2014 12:59

    Alguém está esquecido de quem encerrou um blog na intranet da ULSBA.
  • Sem imagem de perfil

    Fénix 02.05.2014 20:49

    Nenhum contribuinte com dois dedos de testa e que pague minimamente os seus impostos pode achar normal e ético que alguém, durante o horário normal de trabalho, opine em blogs. Ainda mais se for Médico, as aplicações informáticas onde durante o horário de trabalho é esperado que escreva serão o SAM ou SClinico, Alert,.... ié, aplicações onde registe o que está relacionado com os Doentes que em princípio atende durante essas horas em que está no local de trabalho.
    Fingir que não se vê isto é alimentar o que não deve ser alimentado, e enganar quem não deve ser enganado.
    Alguma dúvida?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 04.05.2014 09:03

    "(...) as questões relativas aos recursos humanos da saúde acabam por se tornar num factor estratégico, que contribuirá para o êxito ou o fracasso de qualquer processo de reforma e de redinamização do SNS.
    É habitual lermos e ouvirmos que os recursos humanos são o património mais valioso de qualquer organização.
    A maior ou menor capacidade de uma organização cumprir com a sua missão e com os seus objectivos depende dos seus recursos humanos, da sua motivação, da sua qualidade
    formativa e da sua relação com os objectivos organizacionais.
    Na gestão dos recursos humanos, em concreto na saúde, são 4 os grandes sectores
    funcionais: a liderança; as condições de trabalho; o desenvolvimento dos profissionais; e as relações administração/pessoal.
    Destes 4 sectores somente o desenvolvimento dos profissionais tem sido um elemento de claro êxito.
    A grande maioria das lideranças e o relacionamento da maioria das administrações com os profissionais têm assumido proporções verdadeiramente lamentáveis. E o mais
    preocupante é que gozam de total impunidade das tutelas ministeriais.
    Os profissionais são encarados, em muitas unidades de saúde, como os inimigos internos, merecedores de todo o tipo de desconfianças e de retaliações.
    Estas práticas assentes na criação de espantalhos de inimigos internos sempre redundaram no plano político geral em concepções totalitárias de negação da democracia institucional e, no caso da gestão dos recursos humanos, na negação do envolvimento participativo, sem o qual é muito mais difícil encontrar soluções céleres para a adequada capacidade de resposta dos serviços aos cidadãos.
    Hostilizar os profissionais e erigi-los em inimigos internos é uma outra forma, ainda que mais dissimulada e logo mais perigosa, de procurar desarticular, enfraquecer e contribuir para a destruição do SNS.
    O SNS é uma construção que necessita de encontrar permanentemente respostas novas e céleres aos sucessivos problemas novos que se lhe deparam.
    Uma perspectiva imobilista de defender somente o conceito sem ter em conta a realidade difícil em que ele se insere, seria desastrosa para a sua continuidade como um dos factores centrais de equidade e de coesão sociais.
    O SNS é um serviço indissociável da Democracia em que vivemos."
    Coimbra, 12/4/2014
    Mário Jorge Neves
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Um bom registo fotográfico, que é quase uma pintur...

    • João Espinho

      Boa!

    • Anónimo

      Anónimo das 19:20, por mais que nos queira baralha...

    • Anónimo

      Boa resposta! Então os que cá estão nada devem ou ...

    • Anónimo

      Já vens atrasado...

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    subscrever feeds