Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PS, PSD E CDS-PP QUEREM ESCONDER QUE ESTÃO CONTRA A REPOSIÇÃO DAS FREGUESIAS EXTINTAS

Zé LG, 18.08.15

A DORBE do PCP recorda que, correspondendo aos anseios e reivindicações das populações e das autarquias e dando corpo ao compromisso assumido de reposição das freguesias extintas, o seu Grupo Parlamentar apresentou mais de uma centena de projectos de lei de criação de freguesias, incluindo a reposição de freguesias extintas no distrito de Beja. Era intenção do PCP, como é prática na Assembleia da República, submeter estas iniciativas legislativas a votação no último plenário.
PS, PSD e CDS-PP impediram a votação para evitar que tivessem de tomar uma posição sobre estas iniciativas, uma atitude que só revela a cobardia política destes três partidos, que querem esconder das populações a sua verdadeira posição contra a reposição das freguesias extintas. Manuel Reis, da DORBE do PCP, afirma que a extinção das freguesias foi um “embuste”.

5 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 21.08.2015

    Um excelente comentário. Podia ter sido assinado.
  • Sem imagem de perfil

    Alensul 21.08.2015

    Então os comentários a nónimos não são excelentes?
    Este tal como outros é um bom comentário que pode trazer discussão e luz sobrem a reforma a fazer ao nivel da administração local , que está ,de facto, OBSOLETA.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 21.08.2015

    Pois, este é um exemplo de excelente comentário anónimo. De facto, a nível da administração pública, pode germinar uma revolução silenciosa.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 21.08.2015

    O único senão em relação ao excelente texto/comentário é se os serviços de proximidade que justificam a seu ver a continuação de lugares políticos não podem ser substituídos por técnicos qualificados para o efeito. E que até já existem, independentemente dos lugares políticos. Daí a duvida sobre a absoluta necessidade dos políticos ou não, ser efetiva.
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.