Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PS CLASSIFICA DE “MILAGRE DA SALVAÇÃO” O ORÇAMENTO DA CÂMARA DE BEJA E ABSTÉM-SE

Zé LG, 09.11.16

Os vereadores do PS classificam de “milagre da salvação” o orçamento apresentado pela CDU, uma vez que os três primeiros anos do actual mandato foram “um dó de alma” onde “o grande marco” foi a demolição do depósito de água e a requalificação de apenas uma rua (a Rua General Teófilo da Trindade).

Contestam ainda o facto de questões como a requalificação do Mercado, da Biblioteca, da Casa da Cultura ou a aposta em espaços verdes não constarem no documento ou surgirem “sem planificação adequada e com verbas insuficientes”.

071120161727-181-240820161621-483-CmaradeBeja(2).J

Consideram os vereadores do PS que mesmo com problemas evidentes aos olhos de todos, infelizmente a grande aposta irá para a organização de festas, festinhas, desfiles e outras acções da natureza semelhante que ao consumirem grande parte dos recursos disponíveis criam dificuldades acrescidas a outros sectores de actuação municipal que não poderiam nem deviam ter sido descurados.

Dizem ainda que, apesar do aumento de receitas que de acordo com os documentos oficiais fornecidos pelo próprio executivo CDU, entre impostos e Fundo de Equilíbrio Financeiro, aumentaram entre 2013 e 2016, cerca de 4,5 milhões de euros, a capacidade de execução tem sido quase nula nestes três anos.