Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
19
Ago 17

150500_364499860311480_1508364405_n.png

Acho que devemos fazer uma campanha eleitoral austera, sem folclores nem grandes despesas, privilegiando o contacto com as pessoas à exposição pública / visibilidade.

Acho que esse tipo de campanha será melhor compreendida e aceite pelas pessoas e, eventualmente, reconhecida pela comunicação social.

Acho que não nos devemos endividar / empenhar, mesmo que tenhamos a certeza de podermos vir a ser financiados.

Acho que não devemos gastar dinheiro em painéis, mupis e coisas do género.

Esta poderá ser também uma imagem de marca do Movimento, que nos distingue dos outros – privilegiamos o contacto directo com as pessoas, a política com conteúdo, o debate político à política espectáculo, sem conteúdo e embrutecedora.

 

Assim, proponho que se:

- prossiga, intensificando, a realização de reuniões temáticas e tribunas abertas (o ideal seria, pelo menos, uma por semana);

- promovam encontros com as populações, em espaços públicos ou fechados;

- façam portas-a-portas de forma a abranger o maior número de pessoas, em que se fale directamente com as pessoas; (que não sejam meras distribuição de documentos);

- elaborem diversos documentos*, atraentes e de simples leitura, que sejam distribuídos de porta-a-porta ou pelos correios;

- use de forma mais frequente, regular e preparada as redes sociais, quer na divulgação de informação, quer na animação de debates, usando os meios do Movimento e, também, os outros, de maior impacto;

- promovam espectáculos com artistas amigos, que ofereçam os seus cachés e tenham baixos custos de produção;

- promovam outras actividades culturais, desportivas ou recreativas. 

Proposta apresentada e aprovada pelo "Por Beja Com Todos", há quato anos.

publicado por Zé LG às 00:00
Isso é verdade? Vai haver candidatura?
Anónimo a 19 de Agosto de 2017 às 00:11
Atenção! Isto foi há quatro anos... mas como me parece actual e oportuna, resolvi (re)publicá-la. Compare-se com outras.
Zé LG a 19 de Agosto de 2017 às 00:57
Ok, não tinha percebido.
Anónimo a 19 de Agosto de 2017 às 01:17
Uma campanha sóbria, bem organizada, sem custos escandalosos, certamente, mas essa fobia contra os painéis e os mupis , não tem muita lógica, qualquer jantarada, ou cantor pimba para animar o pessoal , custa bem mais.

E os resultados do movimento, tão parcos, também deveriam merecer Reflecção, o povo não compreendeu as propostas ou ou o movimento não teve meios de militância nem capacidade econômica para se fazer ouvir?

O exemplo do Marcelo não serve, quem tem necessidade de gastar dinheiro ou fazer campanha, se tudo o que é televisão ou meio de comunicação social,lhe faz o frete.
Anónimo a 19 de Agosto de 2017 às 10:56
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
os ignorantes deviam ser proibidos na net
É verdade, tanta ignorância, é o que dá em faltar ...
O MPLA que explora angola há dezenas de anos, tem ...
Tanto disparate, tanta ignorância!
Angola comunista??????
podem sempre ir ler algo sobre marx ao mural que a...
Foi só para ser mais objectivo. Aconselho-te a ler...
O partido Socialista é um partido Marxista não é ?...
Estás a repetir as coisas...deve ser soninho.
Obrigado, prefiro ser ignorante a ser manipulado p...
Pois, pois......... eu sei que dói.Sabes ao menos ...
Pois,pois... amigo....... sabes ao menos o que é o...
Um diz mata e vem o outro a dizer esfola, estivera...
Certo !Escolham bem os novos candidatos, o Alentej...
O PCP reuniu, discutiu e decidiu por unanimidade, ...
blogs SAPO