Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Presidente do CA da ULSBA diz que a preocupação é manter as extensões de saúde abertas em condições seguras

Zé LG, 23.09.20

110120181516-728-ConceioMargalha.jpgO plano da saúde para o outono-inverno 2020-21 está a ser preparado e “pretende mobilizar todos os agentes do setor e o país para o período exigente que se avizinha e que requer uma resposta conjunta e participada.”

“Preservar vidas humanas; proteger os mais vulneráveis, particularmente a população idosa a viver em estruturas residenciais para idosos e preparar a resposta ao crescimento epidémico da pandemia” são os principais objetivos deste plano, que prevê, ainda, “um reforço da resposta em saúde pública, especialmente, em situações de surtos, adapta as atuais áreas dedicadas à Covid-19 em áreas dedicadas aos doentes respiratórios e os circuitos de internamento hospitalar para diferentes fases da resposta.”

Conceição Margalha, presidente do Conselho de Administração da ULSBA, assegura que perante a perspetiva que se avizinha de se caminhar para um tempo em que a gripe sazonal se vai misturar com a Covid-19 “está tudo a ser preparado para lidar com estas possibilidades” e explica que “Com o aproximar do inverno, a preocupação é manter as extensões de saúde abertas, mas em condições seguras, no sentido de se evitarem contágios, ou seja apostando na marcação de horários para consultas e na não acumulação de doentes nos centros”.

1 comentário

Comentar alvitre