Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
25
Mai 18

Portalegre.jpg

A presidente da Câmara de Portalegre acusou a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Alentejo de “esquecer drasticamente” o Alto e o Baixo Alentejo, no que diz respeito à distribuição dos fundos comunitários.

Para Adelaide Teixeira “esta descriminação é bem evidente” quando se olha para os números e nos deparamos, com “quase 93 por cento de fundos aplicados em Évora e os restantes míseros 7 por cento para repartir por Beja e Portalegre”.

A autarca afirmou ser “aviltante” olhar para estes números quando se fala tanto no Interior e em discriminação positiva e enviou ainda um recado ao Governo para que seja consequente com o que tem vindo a afirmar e que seja capaz de olhar para país como um todo e mobilize recursos para onde mais falta fazem.

publicado por Zé LG às 15:08
Ponham ali os olhos, políticos do Baixo Alentejo. Tal como lá, que tal uma lista de independentes para a autarquia de Beja nas próximas eleições?
Anónimo a 25 de Maio de 2018 às 17:11
No Baixo Alentejo os eleitores não votam em independentes. Não gostam de arriscar, jogam pelo seguro, para ficar do lado do poder.
Anónimo a 25 de Maio de 2018 às 21:41
Os eleitores de Beja, tal como os de Portalegre, irão mais tarde ou mais cedo perceber que os políticos locais dos partidos políticos, estão ao serviço dos interesses destes últimos e das suas cúpulas sejam elas nacionais ou regionais. E não das populações que os elegem e a quem deveriam ter obrigação de defender acima de tudo.
Pode demorar tempo, mais irá ser uma constante, as listas de independentes à frente das autarquias.
Anónimo a 26 de Maio de 2018 às 10:05
E não é que a senhora tem toda a razão! Para não falar do monstro burocrático existente nessa tal de Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Alentejo ... muita arrogância e incompetência que grassa nessa instituição estatal não eleita portanto sem legitimidade democrática ... não falam com ninguém, não sabem nada, ... enfim, está o Alentejo bem entregue!!

zéi a 26 de Maio de 2018 às 00:12
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
O SMP foi iniciativa de um governo provisório, em ...
É fundamental um maior empenhamento das autarquias...
Para quando a inauguração da sua casa-museu?Alguém...
O principal problema de saúde e não só que deve gr...
És muito valente,mas se calhar só a coberto do ano...
Então. Ninguém aqui quer debater os graves problem...
Quanto ao relevante disse... nada.Então vamos lá:1...
Incompetência,incompetência...nada fazer nem nada ...
Para o inefável Adalberto, está tudo no melhor dos...
E quem é agora o administrador da Resialentejo? E ...
É uma tendência que se agravará ainda mais, pois o...
Será bom perguntar ao sr Arquiteto José Falcão e s...
Mais valia substituírem este deputado pelo profess...
O deputado João Dias avançou à Voz da Planície, as...
Já não seria sem tempo. Ufffffff
blogs SAPO