Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PORTUGAL PRECISA DE ALGUÉM CAPAZ AGREGAR PESSOAS E VONTADES

7779_445545228974573_9066936564863248517_n.jpgApoio o Professor António Sampaio da Nóvoa porque me revejo por inteiro no país que ele descreve.
No país com as virtudes e os defeitos que enumera, com os méritos e as fraquezas que observa.
Vejo com grande nitidez nas análises lúcidas do Prof. Sampaio da Nóvoa o povo que conheço do dia-a-dia. As suas dificuldades, os seus anseios, as suas expectativas.
O Prof. Sampaio da Nóvoa demonstra com as suas intervenções, conhecer muitíssimo bem os portugueses que diariamente dão o melhor de si pelo país.
Julgo que o Portugal precisa de alguém com a simplicidade, a serenidade, a lucidez e a honestidade moral do Prof. Sampaio da Nóvoa para Chefe de Estado no sentido de agregar pessoas e vontades em vez de dividir e de promover tricas palacianas.

Encontro neste candidato características únicas para concretizar este ambicioso desígnio.
Alguém que disse desde a primeira hora ao que veio, com total transparência e sem subterfúgios ou jogadas de carácter tático.
Que não se apresenta contra ninguém mas si e somente a favor da coesão entre portugueses.
Um homem simples, um grande humanista e a personalidade que, de entre os candidatos, melhores características reúne para desempenhar com elevação a mais alta magistratura do Estado.
Apoio pois convictamente o Candidato António Sampaio da Nóvoa nesta eleição presidencial.

Paulo Jorge Arsénio – 44 Anos
Técnico de Administração Tributária-Adjunto a exercer funções na Direção de Finanças de Beja
Presidente da Concelhia de Beja do Partido Socialista
Coordenador do Grupo do Partido Socialista na Assembleia Municipal de Beja

http://bejaporsampaiodanovoa.blogspot.pt/2015/12/paulo-arsenio-beja.html

5 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 29.12.2015 21:09

    Como disse? Candidato à Câmara de Beja? O Arsenio? Estão a brincar? Ele nunca ia querer isso, que disparate.
    O Presidente de Ourique foi agora para deputado, logo não vai abandonar para concorrer a beja, não foi para isso que p baixo Alentejo votou em massa nele, ia ser celindrado.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 29.12.2015 22:41

    E porque não?
    Quem é que lhe disse que uma pessoa que é Presidente da Concelhia de Beja do Partido Socialista e Coordenador do Grupo do Partido Socialista na Assembleia Municipal de Beja, não terá outras ambições politicas?
    É por ser o "Arsénio" e de Beja?
    O que é que tem o "Pedro do Carmo" de Ourique a mais para ser deputado, ou melhor, o que é que tinha ou fazia a mais antes de ser presidente da Câmara Municipal de Ourique?

    Esta história de se ter que ter um Dr mesmo tirado sabe Deus como ou se ser de fora, para se ser alguém ou candidato a algum lugar de destaque, tem que se lhe diga.
    Até mesmo com os casos recentes de Miguel Relvas ou José Sócrates, parece que as cabeças e as mentalidades não mudam de maneira alguma.

    Sim, eu que até sou licenciado e não sou do PS, considero que Paulo Arsénio seria um bom candidato. Trata-se de uma pessoa honesta, que independentemente da politica tem o seu trabalho e o seu emprego, e que certamente com a experiencia politica que tem se saberia rodear dos melhores técnicos para levantar de vez a cidade e a região da decadência em que se encontra.

    Pena foi este apoio explicito a Sampaio da Nóvoa, quando o PS tem uma militante como candidata. Pois assim já não será um candidato consensual. E ainda mais quando a distrital é da linha segurista em que a dita candidata também pertence.
    Daí que Pedro do Carmo e ... João Rocha, agradeçam.

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 29.12.2015 23:28

    Quem ainda pensa que a política é uma espécie de futebol deixou-se formatar pelo Marcelo. Quando resumem a força das candidaturas e candidatos a contagem de espingardas continuam a desprezar a personalidade própria dos candidatos. Seja em que eleição for. Seja em processos eleitorais seja em escolhas de outro tipo. À competência individual baseada no conhecimento conta. O caciquismo está em extinção.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 30.12.2015 00:40

    Concordo com este último anónimo.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Comentários recentes

    • Anónimo

      E nem sequer sobre o facto de a CDU ter aqui tido ...

    • Anónimo

      Desta vez ninguém comentou sobre quem fez parte da...

    • Anónimo

      As saudades da Rural Beja têm que ver com a qualid...

    • Anónimo

      Olhe que não, olhe que não!

    • Anónimo

      Também este blog já não é o que era.Nem uma pequen...

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    subscrever feeds