Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PCP receia encerramento de serviços como a obstetrícia e exige respostas sobre “carência de médicos” na ULSBA

Zé LG, 18.01.19

070620161129-357-HOSPITALDEBEJA.jpgO PCP manifesta o seu desagrado por aquela que diz ser “a crónica carência de médicos na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), particularmente no que respeita à urgência de obstetrícia”, frisando que já este ano, no dia 6 de Janeiro, “o serviço de urgência obstétrica esteve encerrado durante 12 horas o que implicou à deslocação de grávidas ao Hospital do Espírito Santo em Évora”.

O Conselho de Administração da ULSBA e o Ministério da Saúde, em resposta a requerimentos de João Dias, deputado do PCP eleito por Beja, “têm reconhecido as dificuldades e admitido o risco eminente de colapsar nas urgências de Pediatria e Obstetrícia e graves dificuldades nos serviços de Anestesiologia, Radiologia, Cirurgia Geral e Ortopedia”.

A DORBE do PCP, receia o encerramento de serviços como a obstetrícia, em Beja. Pelo que vai fazer uma visita à unidade hospitalar, prevista para o próximo dia 21 de Janeiro.

Daqui e daqui.

7 comentários

Comentar alvitre