Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PCP QUESTIONA GOVERNO SOBRE CPC DE BEJA

160120151159-21-cpcBEJAII.jpgO deputado do PCP eleito por Beja questionou o Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social sobre os acordos de cooperação com o Centro de Paralisia Cerebral de Beja para funcionamento do Lar Residencial.
João Ramos quer saber por que razão não foi orçamentado para 2015, o valor necessário para estabelecer o acordo de cooperação com o Centro de Paralisia Cerebral de Beja para 22 vagas em valência de lar residencial.
Por outro lado, pretende apurar a razão que leva o Centro Distrital de Segurança Social de Beja a recusar falar com a direcção do Centro de Paralisia Cerebral e que garantias pode dar o Governo que o acordo já assinado com o Centro de Paralisia Cerebral de Beja será alargado de 12 para 22 utentes.
In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=6100
e http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=4875

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Dá jeito em todos os partidos, haver lacaios pront...

  • Anónimo

    Efectivamente é disso que se trata! Banalizam-se a...

  • Anónimo

    Exactamente! O "idiota útil", empurrado pelos "gra...

  • Anónimo

    totalmente de acordo. o Paulo Arsenio é um boy com...

  • Anónimo

    O Paulo Arsénio está ao serviço do PS, não contest...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds