Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Paulo Arsénio garante que tudo o que aconteceu de bom é da sua responsabilidade e acusa os “outros” de tudo o que está mal

Zé LG, 01.06.21

Paulo-Arsenio-324x160.jpgPaulo Arsénio, atual presidente da Câmara de Beja, diz ter “herdado” do anterior executivo um “concelho extremamente degradado em termos de vias de comunicação, dos edifícios públicos e das suas estruturas e garante que o “primeiro mandato foi genericamente bem conseguido” e por isso volta a estar “presente para a chamada”.
O autarca refere que “ao longo destes quatro anos foram lançados concursos como a melhoria do IP8 e a eletrificação da ferrovia, que já deviam ter sido lançados há nove ou dez anos”, porque o “atraso não é de agora, é de há muitos anos atrás e nessa altura não era o Paulo Arsénio, nem sua equipa que estavam na Câmara Municipal”.
Quanto à construção da segunda fase do hospital, a expetativa, do candidato do PS “é que possa avançar no próximo mandato, no entanto, o hospital público de Beja “não é da responsabilidade da Câmara Municipal”, porque se assim fosse, “as autarquias que durante 40 anos pertenceram a outro partido, certamente já teriam realizado a segunda fase do hospital de Beja”.

40 comentários

Comentar alvitre

Pág. 1/2