Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“PARA ISTO, EU QUERO PAGAR IMPOSTOS”

Anabela Mota Ribeiro, no FB:
"Um amigo chileno veio passar férias a Portugal e acabou no hospital de Beja, onde foi operado de urgência (uma situação que, mais umas horas, seria fatal). A maneira como tudo se passou no hospital público, o cuidado, profissionalismo, a competência da equipa deixaram o meu amigo profundamente grato, e admirador do nosso Sistema Nacional de Saúde. Pessoalmente, senti-me orgulhosa da nossa jóia da coroa e a pensar: para isto, eu quero pagar impostos. Claro que há falhas tremendas, há sempre, claro que o sistema não é perfeito. Mas que uma pessoa possa vir do outro lado do mundo, ter um azar, ser atendido sem que lhe peçam, antes de mais, o cartão de crédito ou um seguro de saúde internacional…, dá-nos a ideia de que temos de lutar infatigavelmente para que continue a ser assim. Cada vez mais, na saúde, mas também na educação, lutarei pela canalização de recursos para o sector público. O meu sentido de humanidade passa por aqui."

Deixado por Ana Matos Pires a 8 de Agosto de 2016 às 22:55, AQUI:

8 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Essa e outras matérias, limitações sérias ao acess...

  • Anónimo

    Para ter voz na política não é preciso estar em qu...

  • Anónimo

    Mesmo que assim passasse a ser,os partidos que der...

  • Anónimo

    Para não perderem a voz na política há um partido ...

  • Anónimo

    O pão do dia a dia ou os privilégios e mordomias q...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.