Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"Os senhores lá em Lisboa não conhecem o território", acusa presidente da JF de Longueira-Almograve

Zé LG, 10.05.21

Steotonio.png“Eu acho que os senhores [do governo] lá em Lisboa não conhecem o território e legislam uma coisa que não é exequível nesta freguesia”, lamentou Glória Pacheco, recordando que: “A farmácia que nós temos mais perto está fora da cerca, a nove quilómetros, em Vila Nova de Milfontes. Para comprar um teste, têm de saltar a cerca e, para a ir a São Teotónio, fazem o dobro dos quilómetros”.

O Governo decidiu que a cerca sanitária em vigor, desde dia 30 de abril, vai manter-se, mas definiu que a entrada naquelas freguesias para o “exercício de atividades profissionais” e para o “apoio a idosos, incapacitados ou dependentes e por razões de saúde ou por razões humanitárias” depende da apresentação de comprovativo de teste PCR negativo realizado nas 72 horas anteriores ou de teste rápido antigénio negativo realizado nas 24 horas anteriores.

A autarca afirmou ainda que “É uma vergonha o que se está a passar”, acrescentando que “Não sei se não está também aqui em causa uma questão de direitos humanos”.