Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
09
Mar 16

Nunca simpatizei com a aplicação de medidas administrativas para resolver problemas políticos. E, por isso, não me agradou a limitação de mandatos de alguns cargos políticos executivos por força de lei.
Mas a verdade é que sem essa medida administrativa alguns “dinossauros” ainda se mantinham nas mesmas funções. Veja-se o caso do Presidente da República. Todos têm sido reeleitos e se calhar se não houvesse a limitação de mandatos ainda teríamos o primeiro que foi eleito…
A perpetuação nestes lugares de poder tem, quase sempre, aspectos perniciosos para as organizações, designadamente o reforço de poder, as rotinas, a diminuição da capacidade de autocrítica e de ouvir as críticas, a confusão entre a função e a pessoa, a dificuldade crescente de encontrar sucessores, etc.
E isto aplica-se a todos os cargos e não apenas aos políticos. Veja-se o que acontece com alguns líderes de associações sindicais, empresariais, culturais, desportivas, …

publicado por Zé LG às 13:55
Então e os dinossauros das Câmaras e Juntas de Freguesia, mesmo mudando de concelho não tem importância? que dualidade de de critérios é esta LG.
anomimo a 9 de Março de 2016 às 19:22
Refiro-me a todos.
Zé LG a 10 de Março de 2016 às 00:28
Agora percebo porque e que no sindica
to dos enfermeiros do sul os dinossauros se mantem.
Mas se formos ver na ulsba acontece o mesmo, pois sao sempre os mesmos que ficam com os tacinhos....
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 23:17
Quando se faz crer que todos sem exceção se movem por interesse material, está instalado um grande cinismo na sociedade. Como se não existissem valores, princípios, razão e moral. Também alguns ainda se movem por causas. Ainda alguns têm ética. Alguns são totalmente desapegados do conforto. Que maldade não reparar nisso, e considerar todos igualmente maus! A viver numa sociedade assim, mais vale morar numa caverna.
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 23:29
Os enfermeiros na ULSBA não se mexem por outra coisa a não ser pelo lugarzinho no Conselho de Administração. Agora até a enfermeira Augusta da Psiquiatria se esquece que é familiar do deputado e não hesita em não deixar o cunhado em maus lençóis para ir para o tal lugar como até se atreve ela a escolher o dito Presidente do CA.
Os valores das causas em primeiro lugar, é mesmo de quem não quer ver a realidade!
Anónimo a 10 de Março de 2016 às 23:45
Concordo plenamente com o anónimo das 23:29 .Ha funcionários que se movem pelo interesse público e por verdadeiras causas, com "amor à camisola", em todos os níveis da estrutura hierárquica, desde os que ganham 500€aos que auferem alguns milhares. Na minha vida profissional de mais de três dezenas de anos, encontrei-os no ensino e na saúde, funcionando como autênticos pilares das organizações ,com quem dá gosto conversar e trabalhar, e até criar fortes laços de amizade e consideração, mesmo quando ocupamos posições verticais na esteira hierárquica.
E pela causa pública, pelo utente, pela casa que é o hospital e agora a ULSBA , que devemos continuar a pensar , em sede de organização e gestão. Como muito bem refere o Sr. Ministro da Saúde a maioria dos problemas situam-se a este nível.E este nível exige , e muito,competencias,experiencia,conhecimento...reconhecidos Aquilo que constitui a essência do conceito de poder informal que aliado ao poder formal que os cargos conferem permitem o cumprimento de missões em causa pública.
MAriana Raposo-AH a 11 de Março de 2016 às 10:02
Março 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
O SMP foi iniciativa de um governo provisório, em ...
É fundamental um maior empenhamento das autarquias...
Para quando a inauguração da sua casa-museu?Alguém...
O principal problema de saúde e não só que deve gr...
És muito valente,mas se calhar só a coberto do ano...
Então. Ninguém aqui quer debater os graves problem...
Quanto ao relevante disse... nada.Então vamos lá:1...
Incompetência,incompetência...nada fazer nem nada ...
Para o inefável Adalberto, está tudo no melhor dos...
E quem é agora o administrador da Resialentejo? E ...
É uma tendência que se agravará ainda mais, pois o...
Será bom perguntar ao sr Arquiteto José Falcão e s...
Mais valia substituírem este deputado pelo profess...
O deputado João Dias avançou à Voz da Planície, as...
Já não seria sem tempo. Ufffffff
blogs SAPO