Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Os médicos de saúde pública da ULSBA sempre se foram embora, contrariando o que disse o secretário de Estado Adjunto da Saúde

Zé LG, 17.12.20

260920130939-912-3019_HospitalBeja2000.jpgOs médicos de saúde pública da ULSBA já saíram. Embora o secretário de Estado Adjunto da Saúde tenha dito, em Beja, no final do passado mês, que iriam ser mobilizados para ficarem isso não se concretizou.

Os médicos de saúde pública são os responsáveis pelos processos de investigação na área da Covid-19, pelas decisões de isolamento e pela realização de testes e a ULSBA tinha três que desempenhavam estas funções fundamentais neste contexto de pandemia.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 18.12.2020

    Não me parece que a culpa seja por inteiro de algum dos atrás referidos.
    Estamos num estado de direito que tem as suas leis e os seus concursos. De modo que se houvesse uma qualquer tentativa de interferir no que quer que fosse. Seria considerado um atentado aos direitos daqueles profissionais.
    O problema é outro e que se continua a não querer assumir. Que é criar condições para que haja profissionais de todas as áreas, que queiram vir e se fixar na região.
    Daí que não se perceba que seja quase unânime nos partidos políticos e nas autarquias, o continuo aprofundamento do decrepito e antidemocrático processo de regionalização em curso. E depois regeitem qualquer responsabilidade ao nível autárquico na saúde.
    Pois, enquanto não houver um compromisso efetivo a nível local, o poder central não tem meios nem capcidade para fixar esses profissionais.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.