Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“Onde estão os meus terapeutas?”, da jornalista Bruna Soares do “Diário do Alentejo”, distinguida no Prémio Dignitas

Zé LG, 08.05.14

A reportagem “Onde estão os meus terapeutas?”, da autoria de Bruna Soares, jornalista do “Diário do Alentejo”, publicada neste jornal no dia 1 de novembro de 2013, foi distinguida com uma menção honrosa do Prémio Dignitas, galardão nacional de jornalismo atribuído pela Associação Portuguesa de Deficientes, com o patrocínio da MSD e o apoio da Escola Superior de Comunicação Social. O trabalho do “Diário do Alentejo” foi o único galardoado a nível nacional na categoria de Imprensa Escrita.
“Onde estão os meus terapeutas?” aborda o tema de quatro crianças (Rodrigo, Afonso, João e Alexandru) com Necessidades Educativas Especiais a frequentar o ensino regular. Retrata a reivindicação dos encarregados de educação a propósito da aprovação dos planos de ação e financiamento do Ministério da Educação, nomeadamente “a diminuição de horas de apoio terapêutico e a ausência de técnicos habitualmente colocados pelas escolas”.
Para o Prémio Dignitas, “trata-se de uma reportagem que infelizmente denuncia a forma desastrosa como se iniciou o ano letivo por todo o País”, retratando, neste caso, o que se passou em Beja. E “reforça ainda a importâncias dos técnicos na educação destas crianças e conta o percurso de cada uma e a sua evolução com o apoio dos terapeutas”.

In: http://da.ambaal.pt/noticias/?id=5474

1 comentário

Comentar alvitre