Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

OBRIGADO Catarina Valença Gonçalves!

IMG_6886 - Cópia.JPG

“Este projeto começou em Alvito por causa de uma particularidade. É que todas as igrejas que tem ainda hoje têm pintura mural, e por isso é que este projeto nasceu aqui e também muito devido à visão do presidente da altura, Lopes Guerreiro, que percebeu a amplitude e a potencialidade do projeto. Foi, inclusive, por indicação sua que o estudo que eu tinha feito sobre a pintura mural de Alvito se acabou por estender, na altura, a mais quatro municípios (Cuba, Vidigueira, Portel e Viana do Alentejo) e foi, por isso, que este projeto foi gerido, durante vários anos, pela Associação de Municípios do Alentejo Central (Amcal), porque a partir daí originou-se uma rota que já não foi só para Alvito”, explica agora Catarina Valença Gonçalves, que continua a estar à frente da Rota do Fresco, mas, desde 2009, na empresa Spira, uma agência de revitalização patrimonial, propriedade da historiadora, e que tem sede em Vila Nova da Baronia, no concelho de Alvito.

Ler uma interessante reportagem de Bruna Soares e José Ferrolho sobre a Rota do Fresco, no Diário do Alentejo desta semana ou aqui.

 

Obrigado Catarina pela visão, pela inteligência, pelo trabalho, pela insistência e resiliência que colocou ao serviço deste Projecto, que tanto tem promovido esta região.

Obrigado ainda por naquele dia, há 20 anos e acompanhada pelo João Goes Janeira, me ter batido à porta a pedir que lhe conseguisse o acesso à Ermida de Santa Luzia e, dessa forma, me ter envolvido, desde o início, no que viria a ser a Rota do Fresco!

13 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

  • Anónimo

    Factos são factos. Palavras para quê??!

  • Anónimo

    "os filhos da casa" vão resolver o assunto!...o qu...

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.