Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
30
Nov 14

Para que o Cante Alentejano fosse classificado como Património Cultural Imaterial da Humanidade foi decisiva a iniciativa e a determinação destes dois homens e o envolvimento das entidades que representavam: João Rocha, enquanto presidente da Câmara Municipal de Serpa, e Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo.

Ceia4.jpg

Foto in: https://1.bp.blogspot.com/-eZ42ujd-k7g/U4dJLqGnZtI/AAAAAAABTtM/98cwz77gSHw/s1600/Ceia4.jpg

 

publicado por Zé LG às 10:00
Tão bom que o primeiro é!...Só falta erguerem-lhe uma estátua na Praça da Republica não?
Ganhava mais se tivesse o mesmo empenho a defender os trabalhadores.
Preocupam-se com os funcionários da PT, da Segurança Social.. e os outros, que por acaso estão debaixo da sua alçada?!
É mais fácil intervir "na defesa da saúde, dos salários, dos postos de trabalho e da dignidade de todos os trabalhadores”, quando não são os seus próprios certo?

Basta de tanta demagogia e palmadinhas nas costas!
Anónimo a 30 de Novembro de 2014 às 14:43
A pouco e pouco vai instalando o estilo do quero, posso e mando que teve em Serpa. Como os eucaliptos seca todos à sua volta desde os vereadores que não têm voto na matéria em tudo o que ele decide sózinho até aos trabalhadores e quem o enfrentar vai para a prateleira. Vejam o que aconteceu a tantos vereadores em Serpa, nem aqueciam o lugar. E vai fazendo o que quer desde as alianças com o PSD do Mário Simões até às mordomias burguesas de que não abdica. Como o povo diz cada um tem o que merece e os bejenses ainda vão ter disto mais três anos embora não mereçam.
Anónimo a 30 de Novembro de 2014 às 15:27
Para quem tenha acompanhado a gestão de Rocha em Serpa não poderá ficar minimamente admirado com a forma como a CMB é gerida.
O Rocha também tem que acorrer a apagar todos os fogos, dado que os 3 vereadores são 3 perfeitas nulidades tal a incapacidade e incompetência que diáriamente revelam.
Rocha fez recentemente 64 anos , irá concluir o mandato que só acaba em 2017 ? Não acredito . Com Picado a concluir os ultimos 2 anos de mandato e a candidatar-se em 2017 , conseguirá o PCP manter a Camara ?
MAX a 30 de Novembro de 2014 às 21:31
Ná. Com este tipo de comentários os PSs não vão lá.
JR poderá ter esses defeitos todos e mais alguns.
Agora se o próximo candidato e a próxima equipe do PS não apresentar propostas e soluções para os graves problemas da cidade e do concelho, perdem mais uma vez.
Não é com este tipo de critica pela critica que se safam. Ou muito menos com o que diz que diz da politica.
Digo-vos eu...
Atento a 30 de Novembro de 2014 às 18:23
Tanta sapiencia...tanta casmurrice!

Atento, faça jus ao seu nome e esteja realmento atento ao que se passa.

Falei de pessoas, de trabalhadores. 1/3 de trabalhadores que desde Outubro de 2013 estão encostados sem fazer nada.
Alguns sem higiene, outros sem condições, outros ainda (veja bem) sem mobiliário de escritório para, no minimo cumprirem o horário.

Acha bem, que enquanto contribuinte pague a funcionários publicos (eu incluido), para não fazerem nada?!
Acha bem, que enquanto bejense "atento" simplifique o seu discurso aos "PS's" da vida?!

Por acaso, mas só por acaso, não sou do Partido Socialista (mas esta minha afirmação pouco lhe importa, não é verdade?). Se calhar até é esse o meu problema! Depois de décadas a servir a causa publica, por não me ter decidido publicamente por nenhum, esteja a ser castigado. Pouco importa a minha experiência, o meu curriculum, a minha forma honesta de estar na vida e no trabalho.

Há problemas graves na cidade e no concelho é verdade. Problemas que, para já, a CDU não soube resolver (talvez o Partido esteja demasiado ocupado..talvez seja o próprio João Rocha a estar demasiado ocupado...) Pouco me importa se o PS saberá... mas, e os problemas graves diários dos trabalhadores? Das pessoas? De todos aqueles que se roçam nas paredes diáriamente sem fazer, absoluta e rigurosamente NADA?! Que estão nisto desde Outubro, Novembro, Dezembro de 2013?

Que durante pouco mais de um ano veem o seu trabalho a ser comprado por fora? Será por ser bom? Bonito? Barato? E a dignidade onde fica? E a defesa do povo? E o blá blá blá que lemos e ouvimos todos os dias?

Entre posts e comentários, o pior mesmo é perceber que a cassete é a mesma, as atitudes não mudam, a região continua atrofiada, os problemas persistem e quem poderia mudar, trata a força da cidade (para quem ainda tem duvidas: as pessoas!) abaixo de lixo (esse por acaso muito na moda nas nossas ruas ultimamente), assobia para o lado e continua com a mesma demagogia!

LG para quando um post realmente sério que dignifique todos aqueles que estão a ser maltratados, esquecidos e humilhados diariamente? Porque é que só tem coragem de falar/referir noticias sobre os trabalhadores da Segurança Social e PT? É preciso que haja algo maior que a humilhação humana para que tenhamos o privilégio de sermos defendidos pelo Movimento?

Atento.. isto não é uma critica! Não é um diz que disse. É a verdade. Haja coragem para pôr o dedo na ferida!
Anónimo a 1 de Dezembro de 2014 às 06:30
O problema dos funcionários camarários de Beja e não, é deveras complexo.
De modo que restringir as dificuldades existentes em Beja com a personalidade do seu presidente, parce-me algo redentor.
Sobretudo porque mal ou bem, quem num passado recente em Serpa, mostrou ter engenho e capacidade para lidar com os mesmos, a ponto de tornar a cidade de Serpa num exemplo de limpeza e conservação.
E não votei nele, nada tenho em comum, e nem sequer nos conhecemos.
Anónimo a 1 de Dezembro de 2014 às 09:07
De facto é mais fácil não arranjar "culpados". É mais fácil assobiar para o lado (como vejo tantas vezes por aí).
Este é um daqueles gravissimos exemplos em que os fins não justificam os meios. E pior do que isso é que toda a gente sabe o que se está a passar e ninguém faz nada!!

O problema dos funcionários da Câmara Municipal de Beja e dos outros todos, que não sendo, estão no mesmo saco só é complexo para quem não sabe o que anda aqui a fazer. Mandar e governar, não é só fazer bailaricos.Longe vão os tempos em que as pessoas se contentavam com pão e circo! Ou será que esses tempos nunca foram embora e é disso que os bejenses se alimentam?

Do que adianta proclamar mudança se todos estão coniventes com o que se passa? De que adianta apregoar com unhas e dentes os direitos das pessoas se são os primeiros a humilhar e a denegrir todos os que não têm cartão do partido? Já nem falo daqueles que "ousam" pensar de forma diferente...!

O problema dos funcionários da Câmara Municipal de Beja e dos outros todos deixaria de ser complexo se nem sequer tivessem criado o problema em primeiro lugar.

Não é redentor apontar o dedo ao Presidente da Câmara, quando foi ele o causador de toda a humilhação que dezenas e dezenas e dezenas de pessoas passam todos os dias durante o ultimo ano!

Já agora, não compare Serpa com Beja, pois se para que uma cidade seja exemplo de limpeza e conservação é necessário deixar a mesma na bancarrota, então mais uma vez lhe digo: os fins não justificam os meios!

Alem disso, é muito fácil termos sido bons...quando fomos os unicos!! Não há forma de comparação com nada, nem ambição para mais e melhor.

É o tipico "quem vier atrás que feche a porta", independentemente dos danos causados, dos (enomes) buracos financeiros, das familias destruidas, das pessoas humilhadas, das carreiras destruidas, dos esquemas organizados...

Isso não é governar democraticamente! Isso é uma ditadura!
Anónimo a 1 de Dezembro de 2014 às 16:50
Agora a pretexto da elevação do Cante a Património da humanidade avizinham-se por aí ainda mais festas, festarolas e foguetes. Nem quero pensar o estado em que ficarão, ou já estão as contas do município, onde vão eles buscar tanto dinheiro? Mas assim vão entretendo o povo, só que nem todos são parvos, valha-nos isso!
Tirando a tragédia grega chamada Rocha, Viva o cante.
Anónimo a 30 de Novembro de 2014 às 22:34
Toda esta dramatização que algumas pessoas do PS faz sobre J. R. é contraprudecente. Já que apenas serve para o valorizar e provar que ele devido à sua personalidade não pactua com previlégios e tem uma conduta acertiva sobre os deveres dos trabalhadores camarários, sejam eles de que partido forem.
Ainda não perceberam, que foi por esses mesmos defeitos que lhe apontam que sempre ganhou e como bem quis as eleições em Serpa.
Ou os responsáveis máximos revêem a estratégia do PS percebem isto ou então estão na contigencia de perpetuar JR ainda para além deste mandato. Já então caquético e talvez senil, ainda lhes vai ensinar como se ganham ou perdem eleições.
Anónimo a 1 de Dezembro de 2014 às 18:43
Não é dramatização do PS , é transversal a pessoas de todas as ideologias incluindo comunistas , pois existe um reconhecimento de todos em que JR trata os trabalhadores como lixo.
Caro ANONIMO DA 18 H 43 M , o Salazar , o Estaline , o Hitler , o Fidel Castro também ganhavam sempre e mantiveram-se no poder durante muitos anos !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Em Africa também existem uma séries de Paises em que os " Presidentes " se mantêm por muitos anos , será por bom desempenho ?????? Porque não vai para lá e leva o Grande Presidente Rocha ?
Anónimo a 1 de Dezembro de 2014 às 21:04
Só que ao contrário dos presidentes africanos, ele ganha-as ... democraticamente e até agora sempre por maioria.
É chato, mas é assim a vida...

O PS deveria ter uma espécie de observatório politico local para analisar e estudar bem o fenómeno Rocha. Já que é disso mesmo que se trata de facto.
Ora se as coisas se passam assim como aqui são descritas, qual o motivo então do seu sucesso continuo e imperturbável?
Pois como todos nos lembramos, ele nem em Beja residia, apareceu por cá nas vésperas das eleições e xás. Ganhou-as.
Anónimo a 1 de Dezembro de 2014 às 22:23
em terra de cegos quem tem um olho é rei
Anónimo a 1 de Dezembro de 2014 às 22:27
Também pode ser o caso, mas os cegos foram os mesmos que mudaram o sentido de voto das eleições de há 5 anos para estas últimas.
Pelo que mais do ver os defeitos dos outros (cegos), não seria tão ou mais importante olharmos bem para os nossos, e vermos onde é que falhamos e o que está de errado em nós próprios?
Anónimo a 2 de Dezembro de 2014 às 09:08
Em nós próprios e em tudo o resto!
Não é por acaso que o Alentejo continua a ser a região atrasada que é...curiosamente está, maioritariamente nas mãos do PCP durante decadas.. tão bons que eles são! (nem para eles próprios, quanto mais para os outros...)

Afinal, mais do que os portugueses não poderem ser pieguas, principalmente os bejenses também não o deverão ser!

Agora, é necessário engolir em seco aquele que foi eleito democraticamente (também o Passos o foi, logo não entendo porque é que o PCP tem a "ousadia" de exigir a sua demissão) e aguentar por mais o tempo que o povo (aquele...o pieguas!) entender...

Enquanto isso, ver nascer na nossa praça movimentos que se dizem independentes e defensores de outras alternativas, mas que só sabem defender e propor mais do mesmo. É o compadrio no seu mais alto nivel! Haja paciencia.. temos realmente o que merecemos! Oh triste sina a nossa!
Anónimo a 2 de Dezembro de 2014 às 09:39
Eu acho que o Alvitrando tem razão quando diz que o João Rocha e o Ceia da Silva são dois dos maiores responsáveis pelo sucesso da candidatura do cante junto da Unesco, mas falta acrescentar mais alguns nomes, nomeadamente o Paulo Lima que organizou os documentos e o Paulo Barriga que desde sempre acompanhou o processo no Diário do Alentejo.
Lourenço Féria a 3 de Dezembro de 2014 às 16:06
É evidente que existem muitas outras pessoas, a começar nos cantadores, sem as quais não se teria conseguido a classificação e não haveria cante com a pujança que tem.
Mas reparem bem no que escrevi: "foi decisiva a iniciativa e a determinação destes dois homens e o envolvimento das entidades que representavam".
Zé LG a 4 de Dezembro de 2014 às 00:28
É pena que não se digne a responder ao resto......... é só para o que convém, não é verdade?
Anónimo a 4 de Dezembro de 2014 às 17:20
E ao que é que não respondi? Quer fazer o favor de dizer?
Zé LG a 5 de Dezembro de 2014 às 00:37
Esses nomes não dão tanto "jeito" e certamente haveriam outros!... Mas os dois mencionados, como são mais sonantes, pode ser que lhe caia alguma coisa do tacho.
Anónimo a 3 de Dezembro de 2014 às 18:11
Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
20
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
às 11H00?
safa, aqui aprende-se pouco, ou mesmo nada!
A loucura anual, para depois ano após ano ficar tu...
Cada um lê aquilo quer e vossemecê não tem nada a ...
E o anonimo(a) das 11:24 leu, senão, leia, é capaz...
Que triste pasmaceira!
Estes não se preocupam com coisa alguma e não se ...
Passaram cinco anos. Mudou governo e administração...
Saudável era a dieta daquele ministro obeso. Os ca...
Ambiente saudável...
podia ter colocado uma foto da sala de macas da ur...
Tal como o cartel dos madeireiros.
e não é para menos! Vamos continuar a rir? Porque ...
Passando agora dos investidores chineses para os e...
Deixa-me rir para tamanho empenho e dedicação ás p...
blogs SAPO