Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

O que se passa no Hospital Distrital de Beja?

Zé LG, 01.08.14

Duas enfermarias do Hospital de Beja desinfestadas devido a ácaros do ambiente

In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=3515

Ácaros obrigam a desinfestação no Hospital de Beja

In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=4636

 

Afinal o que se passa no Hospital Distrital de Beja? Com frequência vêm a público notícias sobre o mau funcionamento do Hospital e a degradação dos serviços que presta. Cada vez mais, são mais as pessoas que dizem que procuram outras alternativas ao Hospital de Beja porque não existem especialistas ou não confiam nos que existem.

Há pouco tempo realizou-se uma reunião entre a Administração da ULSBA e o presidente da ARS do Alentejo e os autarcas, da qual foi divulgada uma acta que relatava os assuntos abordados mas não referia conclusões. Ou seja, ficámos sem saber se os problemas existentes vão ser resolvidos, como e quando ou se vão manter.

Só com uma informação correcta e com o envolvimento das populações será possível evitar a aparente progressiva desqualificação do Hospital. Cabe à Administração da ULSBA e aos autarcas assegurar a informação e aos autarcas o envolvimento das populações para que tal não se verifique.

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    JMSC 02.08.2014

    A única coisa que se passa no Hospital de Beja nada tem a ver com pragas de piolhos ou de åcaros .
  • Sem imagem de perfil

    Spartacus 03.08.2014

    enquanto se degladiam aqui com tretas deviam preocupar-se com a situação dos trabalhadores. porque não há quem diga qq coisa sobre a situação de escravatura que se vivencia diariamente nos serviços? Faltam Assistentes, faltam enfermeiros, as pessoas estão a fazer 10 e mais turnos seguidos, ninguém se atreve a atender um telefone quando está de descanso, não vá ser um pedido para ir trabalhar.
    O que será preciso acontecer para que os do bunker do 6º piso façam alguma coisa? Que morra gente?
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.