Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“O ESTADO DA SAÚDE NA REGIÃO” EM DEBATE PROMOVIDO PELA VOZ DA PLANÍCIE

Zé LG, 26.02.18

201802231913096443.jpg

A Voz da Planície quer saber qual é “O Estado da Saúde na Região” e vai debater esta matéria, no dia 15 de março, a partir das 17.30 horas, na Cafetaria do Pax Julia – Teatro Municipal de Beja, com médicos, enfermeiros e decisores políticos. E porque a saúde é um fator fundamental para o desenvolvimento este vai ser um debate aberto ao público, e com transmissão em direto, onde todos podem participar.

Em entrevista à Voz da Planície, Miguel Guimarães, Bastonário da Ordem dos Médicos, afirma que a ULSBA tem necessidade de novas instalações e de equipamentos para o exercício da atividade profissional e grandes carências de especialistas, concluindo que só quando houver abertura de concursos para os especialistas que terminam a sua formação é que a ordem das coisas se vai alterar no Hospital e centros de saúde, caso contrário, o Interior nunca se irá desenvolver.

7 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.03.2018

    Os diretores que subscreveram o manifesto vão pedir a demissão?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.03.2018

    Não. Claro que não. Casos haveria em que nem sequer havia quem os substituísse.
    Isto por aqui não é como em Lisboa ou até no Algarve, em que de tempos a tempos há sempre quem se esteja a demitir, e arranja-se logo de imediato quem os substitua.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.03.2018

    Ora que desculpa! Neste caso a demissão até é mais eficaz!
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.03.2018

    E os doentes, depois como é que seria... Já que afinal afinal, é para eles que o hospital serve.
    Ou então teríamos uma espécie de banda da Salvada.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.03.2018

    Os médicos que deixariam de ser diretores continuariam a ser médicos. Alguns até voltariam a cuidar de doentes.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 01.03.2018

    Sem chefes, até o trigo afunda pelo chão dentro...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.