Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“O desenvolvimento económico será o nosso grande foco”, afirma José Manuel Efigénio, presidente da Câmara de Alvito

Zé LG, 09.12.21

Sem nome.pngIndependente eleito pelo PS, José Manuel Efigénio, o novo presidente da Câmara Municipal de Alvito, diz que encontrou uma autarquia “desorganizada” e elege o desenvolvimento económico e a atração de população como as suas prioridades.

Considera que o concelho "debate-se com dois problemas estruturais e um conjuntural que têm vindo a contribuir decisivamente para a estagnação do seu desenvolvimento. O primeiro estrutural está relacionado com a estrutura etária da população. ... bastante envelhecida, ... Fruto dessa circunstância, começa a ser bastante sintomático a ausência de dinâmicas económicas, sociais e culturais dentro da nossa população. O segundo estrutural diz respeito às deficientes vias de comunicação. Alvito, neste momento, certamente possuirá as piores estradas comparativamente com os concelhos limítrofes. E sobretudo quando essas estradas são fustigadas diariamente por largas dezenas de viaturas de grande tonelagem. Iremos ser incansáveis e resilientes na reivindicação da resolução desta situação junto das entidades competentes e das suas tutelas políticas. O problema conjuntural deriva e é consequência da total ausência de uma visão estratégica virada para o desenvolvimento económico do concelho, sobretudo dos executivos liderados pela CDU nos últimos 12 anos. O concelho de Avito é o único no Alentejo que não tem em funcionamento uma infraestrutura de acolhimento empresarial, ... E este será um problema a que iremos dar prioridade absoluta, pois o desenvolvimento económico será o nosso grande foco, visto que só por esta via conseguiremos captar investimentos, criar postos de trabalho, atrair pessoas e conter a saída dos que cá estão." - Da entrevista publicada na última edição do Diário do Alentejo.

6 comentários

Comentar alvitre