Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

11 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Munhoz Frade 08.11.2015 10:29

    Vamos lá repor as coisas no devido sítio. Afirmei: "A mudança de CA é vital. É mesmo uma condição de sobrevivência do Hospital." Quem se considera ameaçado com a minha afirmação?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.11.2015 14:21

    Mas porque o Dr. não diz sem rebuços que o Hospital nas mãos deste CA vai a caminho da catástrofe? Os utentes deviam ser alertados desse perigo! Andam o brincar, ou quê?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.11.2015 14:58

    O CA anda a brincar com o fogo!
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.11.2015 15:37

    Tens toda a razão. A luta pelo dominio e controle CA vai ser muito quente, a tal ponto que tal como nas fogueiras da Inquisição, muitos aí irão arder e da forma mais dolorosa.
    Vamos lá ver quantos e de que lados, além dos inocentes claro, como é hábito. Os chamados danos colaterais.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.11.2015 15:55

    Isso seria uma inaceitável irresponsabilidade!
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.11.2015 16:49

    Quando a luta pelo poder é colocada desta forma e a nivel tão alto, que mais se poderá esperar?
    Não esqueçamos que mesmo ecléticos, cultos e racionais, não deixaremos de ser animais.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.11.2015 19:10

    A luta pelo poder, quado este não é visto como um fim em si próprio, mas sim como um instrumento necessário de transformação, é legítima. O que não quer dizer que todos os meios para o obter são legítimos. Sem ingenuidade, tenhamos a consciência de que quando o que está em causa é verdadeiramente importante, essa luta mobiliza toda a inteligência de quem nela se envolve. Essa é uma luta de fortes. Os golpes são fortes e por vezes feios. Por isso, tudo o que os espectadores tem a fazer é ficar atentos ao desenrolar da contenda. No caso presente, muita dessa luta é feita longe dos olhares públicos. Não se julgue que a opacidade voluntária dos lutadores se vá tornar transparente por artes mágicas. Como em qualquer disputa, toma-se partido e formam-se claques. E nada mais. Esta é a verdade, nua e crua.
  • Sem imagem de perfil

    Visao 11.11.2015 21:04

    Curta mas grande reflexão que este anónimo aqui nos trouxe.
    Mas quanto ao hospital já não há tempo para luta de claques ,creio. A claque vencedora não pode ser outra senão aquela que aposte no conhecimento , no saber de saúde, no profissionalismo e a que melhor consiga ainda envolver os poucos que acreditem e queiram o sucesso da causa pública ,sendo que aos outros resta lhe acompanhar a orquestra.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.11.2015 22:51

    aonde nos podemos inscrever para concorrer ao futuro CA? está equacionada a apresentação de candidaturas espontâneas? aqui em casa, melhor, na família e com uns Amigos, podíamos constituir uma equipa e garantidamente íamos fazer menos M... que esses que lá estavam.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.11.2015 22:55

    Propostas em envelope fechado, dirigido ao Pai Natal...
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Ainda o espetáculo não começou e já se ouvem vaias...

    • Anónimo

      É o costume! Mudam-se umas cadeiras de sítio para ...

    • Anónimo

      Vai continuar?https://odigital.pt/ministerio-da-sa...

    • Anónimo

      Tá o baile armado!

    • Ana Matos Pires

      Que erro?

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    subscrever feeds