Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
18
Jun 18

35422428_2079925265555889_5176665146327564288_n(1)

O presidente da Câmara de Aljustrel não poupou críticas à EDIA- Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas de Alqueva, no final da Feira do Campo Alentejano, considerando que a empresa caminha para algo que não é “bom”, eventualmente com a “conivência da tutela”.

Nelson Brito lamentou que a EDIA, apesar de ter estado representada institucionalmente, não tenha tido uma participação mais ativa no certame que acontece “num dos principais concelhos do regadio, onde estão a acontecer coisas”.

No entender do autarca, “a EDIA não pode estar só em Cascais. A EDIA não se pode promover só nessas coisas chiques. Tem que estar no território, perto dos seus empresários, perto do que está a acontecer”.

publicado por Zé LG às 00:45
Um comentário verdadeiramente triste
Anónimo a 18 de Junho de 2018 às 06:52
Trieteza de comentario de um Presidente de Camara.O que dira o Sr.Presidente Brito quando dizem que ele e um Pau Mandado do Presidente da Associao de Regantes do Roxo ?
Anónimo a 18 de Junho de 2018 às 11:37
A luta pelo poder na gestao da agua do Alqueva continua ,agora com mais um protagonista , que diga-se de passagem nao tem qualquer categoria.
Esperemos que o Dr. Pedro Carmo o mesta na oddem.
Anónimo a 18 de Junho de 2018 às 14:31
Eu que nunca votei no PS, a não ser em pessoas com ele identificadas aquando de candidaturas à presidência da república, concordo inteiramente com este senhor, por quem não tenho especial simpatia.
A EDIA não pode ser o paraíso dos tachos dos senhores do PS e do PSD(e se do PCP a mesma coisa). VÃO TRABALHAR. E isso só é possível num país altamente corrupto e em que as pessoas vivem alienadas.
Os frustrados partidários após as derrotas eleitorais devem ir trabalhar e não parasitar instituições financiadas pelo erário público.
Com os IEFP's a mesma coisa. Tomara que a investigação a decorrer em Ovar(ou Barcelos) se estenda a todos os Centros de Formação do País. Aposto que não escapa um das malhas da corrupção.
Anónimo a 27 de Junho de 2018 às 10:57
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Na saude esta quase tudo inaceitável. O objectivo ...
(O que é certo é que é sempre ele a atirar a pedra...
A dotação orçamental para o SNS é inaceitavelmente...
Parabéns, Paulo Barriga.
E para o Cante e a boa comida!
Vamos todos para Évora! Património Universal... De...
Ampliar o quê e para quê se o Alentejo alegadament...
Depende da sorte: se calhar num dos dois dias da s...
E se for um ataque cardíaco ou outra pataleca grav...
Ah, isso já não é preciso. É só ver os programas d...
Dará?
A Presidente da ULSBA vai dar conta publica disso ...
Então que paguem a saúde porque os privados agrad...
Sim, porque a pretensa falta de poder de compra ne...
Vão à CUF,aos Lusíadas, às clinicas das especialid...
blogs SAPO