Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

NÃO PONHAM MAIS PRESSÃO ONDE JÁ EXISTE DEMASIADA!

Zé LG, 26.03.20

Numa fase difícil como esta, em que muitos nos interrogamos se vamos sobreviver e as autoridades fazem tudo para tentar controlar a epidemia com os menores custos (vidas e outros), tenho dificuldade em admitir que alguns continuem, permanente e insistentemente, de armas apontadas a quem tem a obrigação de nos defender.

Certamente que o governo, o Ministério da Saúde e demais já cometeram, estão a cometer e irão cometer erros na sua intervenção. Alguém acha que, nesta situação, o fazem intencionalmente, que não estão a fazer o que acham melhor para a ultrapassar da melhor forma e o mais depressa possível? Acham que é o momento de os criticar / acusar de tudo e mais alguma coisa? Não acham que já têm demasiada pressão em cima, para se dispensar que lhe acrescentem mais?

Nada do que escrevi deve ser entendido como eu achar que não devem ser feitas críticas à forma como o processo está a ser conduzido e às suas falhas. Acho é que AGORA devem ser feitas críticas com sugestões de como se deve fazer melhor, corrigindo falhas detectadas. As outras críticas de avaliação global da condução do processo devem ser feitas DEPOIS. A luta política não acaba aqui, mesmo que muitos dos seus protagonistas morressem nesta epidemia...

É uma questão de bom senso, de oportunidade e de responsabilidade. Apenas isso.

3 comentários

Comentar alvitre