Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Não há duas sem três... Qual a próxima trapalhada de Miranda Sarmento?

Zé LG, 16.04.24

psd.pngDepois do truque de ilusionismo do choque fiscal no IRS, eis que o ministro de Estado e das Finanças se envolve em mais uma trapalhada. Depois de ter nomeado para sua adjunta uma ex-deputada do PSD, um dos “braços fortes” de Pedro Calado, quando este chegou à vice-presidência do Governo Regional da Madeira e antiga presidente da Startup Madeira, Joaquim Miranda Sarmento foi obrigado a divulgar o seguinte comunicado: “Na sequência de notícias veiculadas pela comunicação social, sobre um processo que teve início em 2017 e que está ainda a decorrer nos locais próprios, sem que sobre o mesmo tenha sido proferida qualquer decisão judicial, Patrícia Dantas, mantendo a presunção da inocência que se impõe e após ponderação, comunicou ao Sr. Ministro de Estado e das Finanças que decidiu não assumir as funções de adjunta do Ministério das Finanças”.
Ou seja, em poucos dias o número três do Governo já se envolveu em duas trapalhadas… Qual será a próxima, quanto tempo vamos ter de esperar por ela e que consequências o ministro ou o primeiro-ministro vão tirar dela(s)?…

8 comentários

Comentar post