Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
17
Jan 18

SI2E-768x512.jpg

A CIMBAL- Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo decidiu prescindir de 956 mil euros para desenvolvimento de projectos municipais a fim de reforçar o pacote de ajudas a investimentos privados no quadro do SI2E – Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego.

anúncio foi feito ontem por Jorge Rosa. O presidente da CIMBAL considera que a decisão vai viabilizar a aprovação de mais candidaturas ao programa que tem, neste momento, em fase de avaliação 35 projectos de investimento.

publicado por Zé LG às 17:49
Anónimo a 18 de Janeiro de 2018 às 22:30
A CIMBAL deveria fazer um esforço para sair do "segredismo" em que se encontra mergulhada desde sempre e fazer um esforço no sentido para que todos os munícipes que representa saberem ao menos da sua "existência".
Aliás deveria ser mesmo o organismo local que através dos meios de comunicação locais desse conhecimento do que se está realmente a passar nestes tempos no Baixo Alentejo e Alentejo Litoral.
Como por exemplo, as dúvidas sobre a sustentabilidade da agricultura intensiva e para onde vão as mais valias de todos estes investimentos agrícolas, porque é que não temos acessibilidades como as outras regiões e porque é que a linha férrea que une Sines a Espanha só para apenas em Évora, o que faz falta para atrair investimentos na vertente industrial ou agro-industrial, etc, etc, etc,...
Anónimo a 20 de Janeiro de 2018 às 12:56
Não se percebe mesmo, porque é que nuns tempos em que a comunicação é pedra fundamental das nossas vidas, porque é o que se passa ou o que não se passa à nossa volta nos é dado tão pouco conhecimento.
A sensação que fica é que os nossos responsáveis políticos, chegados aos seus lugares, vulgo tachos, entram numa espécie de blackout, onde só se diz o politicamente correto. O qual passa pela não informação das populações.
Até porque não esqueçamos, informação é poder.
Anónimo a 21 de Janeiro de 2018 às 11:53
Muito bem, anónimo das 11:53!
Anónimo a 21 de Janeiro de 2018 às 12:05
Que políticos! Uma vergonha!
Anónimo a 21 de Janeiro de 2018 às 20:36
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Em Beja também se trabalha nisso: https://www.face...
As empadas altas são muito boas!
Dizer mal de tudo e de todos é um passatempo nacio...
eheheheh não resisto, adoro o "para ali vão passar...
Já era tempo de essa pastelaria/ restaurante vir p...
O DN, sabe-se lá bem porquê, parece se o único jor...
Boa reportagem https://www.dn.pt/portugal/interior...
Esqueçam a eletrificação da linha férrea, o IP8 e ...
Os eleitores de Beja, tal como os de Portalegre, i...
Bem visto! Já agora era útil que se demonstrasse e...
E não é que a senhora tem toda a razão! Para não f...
Realmente é uma autêntica vergonha o péssimo estad...
No Baixo Alentejo os eleitores não votam em indepe...
Ponham ali os olhos, políticos do Baixo Alentejo. ...
Quando não há perspectivas de melhoria, o assunto ...
blogs SAPO