Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

MUNHOZ FRADE ACUSA CA DA ULSBA DE LHE MOVER PERSEGUIÇÃO PROFISSIONAL

mf.jpg

«Uma vez que aqui foi abordado o contexto de perseguição envolvendo a minha pessoa, entendo ter o direito de esclarecer a comunidade em que vivo e para a qual trabalho da existência de um conjunto de ações há muito levadas a cabo pelo CA da ULSBA, que em meu entender configuram objectivo prejuízo profissional:

1. Bloqueio de progressão profissional, não abrindo procedimento concursal para vaga em categoria superior (desde o início do mandato anterior até aos dias de hoje);
2. Tentativa de imposição forçada e inexplicada de mudança de Serviço (fevereiro de 2012);
3. Inexplicada retirada da Chefia de Equipa de Urgência, contra a opinião do então Director desse Serviço (novembro de 2012);
4. Encerramento de Fórum profissional na intranet, sem prévio aviso nem justificação (julho de 2013);
5. Afirmações difamatórias não fundamentadas em Conferência de Imprensa (setembro de 2013).
Que fique assim ao juízo dos leitores a veracidade da afirmação do CA que "não perseguiu qualquer trabalhador"...»

Munhoz Frade a 13 de Julho de 2016 às 16:52, AQUI.

8 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.07.2016 00:25

    A maioria dos colaboradores não tem uma visão partidarizada. O que não implica que lutem ativamente pelo interesse comum. A motivação individual tem habitualmente razões de procura de satisfação pessoal, principalmente de ordem material. Ao fim e ao cabo, o que para a maior parte interessa é ter um emprego estável. Vestir a camisola, assumir a missão da empresa, vem depois, se os dirigentes souberem conduzi-la sabiamente.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.07.2016 11:23

    Raros são os funcionários que tem uma actuação ou visão partidarizada,caro anónimo.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.07.2016 12:03

    Concordo e de que maneira, com o comentário das 23.14.
    Com já aqui disse várias vezes, não há pior exemplo de profissionalismo e ainda mais como funcionários públicos, do que aquele que uma vez e outra aqui são deixados aqui pelos "opositores" ao atual CA da ULSBA.

    E coloquei opositores com aspas, porque até me interrogo se não será mesmo uma manobra de contrainformação. Tal é o desplante, a falta de nível e a pouca inteligência reveladas.
    Pelo que me espanta e de que maneira, que M. Frade e M. Raposo venham aqui corroborar de tempos a tempos essas posturas e opiniões.
    Logo, contra factos não há mesmo argumentos, e não há mesmo duvidas, pelo nível de conhecimentos patenteados, que são mesmo funcionários da ULSBA.
    E que por inconsciência ou badalhoquice, escrevem impropérios uma vez e outra, insultando de forma reles e baixa e tentando descredibilizar os seus superiores hierárquicos.

    Os quais como é do seu conhecimento foram ali colocados após convite pelo poder democrática que temos, como qualquer ministro, presidente de uma CCRA, ou outra qualquer empresa ou instituição pública.
    Logo têm todo o direito constitucional de exercer as funções que lhe foram confiadas, até que o mesmo poder democrático lhas retire.

    Claro que pode-se não concordar com a gestão do atual CA, mas independentemente da postura que deveria ser sempre de funcionário do serviço público, há os locais e as instâncias próprias para o efeito, sendo à cabeça os partidos políticos através dos seus órgãos e fóruns próprios e específicos.

    Mas nunca, nunca desta forma. Até porque poderão fazer escola, e então se isto já é o país que é, o que é que será depois?
    Pelo que uma pergunta se impõe:
    E é esta gentinha, pois não tenho outro adjectivo para melhor as caracterizar, que pretende com o apoio do deputado Pedro do Carmo ir agora para o CA da ULSBA?
  • Sem imagem de perfil

    23.07.2016 12:53

    Alvitrar neste blog quem são os anónimos vários, que por aqui andam, caro anónimo das 12:03, e adjectiva -los de "gentinha" não me parece uma atitude nem digna , nem correcta e menos ainda defensória de um Conselho de Administração nomeado , como bem refere.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.07.2016 14:01

    LG: Entre pãos e pães, há diferentes opiniães.
    E eu como funcionário publico, patriota e homem de bem que me considero, não posso e nem devo permitir que outros tais como eu procedam desta forma.
    E não só acho, como penso que tenho direito de usar este termo para qualificar quem usa aqui outros bem mais pejorativos e inqualificáveis do que este.
    Saliento que não foi usado para qualificar M. Frade e M. Raposo.
    Disse.
  • Sem imagem de perfil

    23.07.2016 17:29

    Sou Zé nas não LG.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.07.2016 21:37

    Ó Zé Conde! Vai lamber sabão!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Fartura de partidos! Tudo quanto é demais não pres...

    • Anónimo

      Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

    • Anónimo

      Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

    • Anónimo

      O Imperador está suficientemente saudável para c...

    • Anónimo

      As odalascas vêm com o calor...

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    subscrever feeds