Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
07
Fev 18

Paulo-Arsénio-3-768x512.jpg

A Câmara de Beja está disponível para, “com os meios de que dispõe”, dar o seu contributo na resolução dos problemas de saúde, garantiu o presidente do Município, em reacção ao manifesto público, subscrito por doze Directores de Serviço do Hospital José Joaquim Fernandes, a alertar para o “risco de colapso” nas urgências de Pediatria e Obstetrícia.

Esta tomada de posição, surge depois da administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) ter reconhecido que existem dificuldades "em várias especialidades médicas" e constrangimentos "em atrair e fixar novos profissionais médicos na região", garantindo que tudo continuará a fazer "para encontrar soluções concretas para os problemas já conhecidos" e "que estaremos sempre disponíveis para, todos juntos, discutirmos problemas, definirmos estratégias e encontrarmos as melhores soluções".

publicado por Zé LG às 08:44
Será desta que veremos os autarcas envolverem-se verdadeiramente neste setor estruturante da nossa região? Há muitos anos que alguns vinham alertando para o rumo desastroso que a Saúde do distrito de Beja seguia. Em boa hora - que se espera seja atempada - parece haver agora receptividade para este derradeiro alerta. Talvez seja possível impedir a degradação final dos serviços. É tempo dos representantes eleitos da população intervirem decididamente, para isso estão mandatados. É também tempo dos cidadãos intervirem - isto é mais grave do que não termos comboios ou aviões!
Anónimo a 7 de Fevereiro de 2018 às 09:23
Vamos ver se não fica tudo em declarações de circunstância.
Anónimo a 7 de Fevereiro de 2018 às 10:01
Esta declaração da Câmara de Beja devia ser secundada pelas outras câmaras.
Anónimo a 7 de Fevereiro de 2018 às 10:52
Independentemente da cor política.
Anónimo a 7 de Fevereiro de 2018 às 11:09
Desta vez é de vez.Dinheiro para a Câmara que vai ajudar.
Mariana Raposo Correia a 7 de Fevereiro de 2018 às 15:21
Com descentralização , responsabilização /avaliação e envolvimento.
Mariana Raposo Correia a 7 de Fevereiro de 2018 às 15:23
Assim seja! Amén
Anónimo a 7 de Fevereiro de 2018 às 18:42
Paulo Arsênio está disponível para “participar em qualquer fórum”, então que esperam para avançar ?
Ele nao disse mais do que isto, parece-me!
Anónimo a 7 de Fevereiro de 2018 às 20:37
Porque não ser a CIMBAL a promover um fórum?
Anónimo a 7 de Fevereiro de 2018 às 21:13
Então a CIMBAL ainda não indicou um Vogal para o Conselho de Administração , no cumprimento do legislado, quanto mais organizar um forum?Isso é com os doze manifestantes e o CA.
Anónimo a 7 de Fevereiro de 2018 às 22:39
e o Deputado Pedro do Carmo ? calado que nem um RATO.!!!
anonimo a 7 de Fevereiro de 2018 às 21:51
Inadmissível, que ainda não tenha feito uma declaração sobre o assunto. Quando os candidatos do PS forem escolhidos por diretas, situações destas desaparecerão.
Anónimo a 8 de Fevereiro de 2018 às 00:06
A esta hora, já uma delegação composta pelo presidente da ARS, pela presidente do CA da ULSBA e pela diretora da Psiquiatria, está em vias de se encontrar com o ministro. O que parirá a montanha?
Anónimo a 8 de Fevereiro de 2018 às 18:22
Não chega a ser um rato , mas sim um ratinho.
Anónimo a 8 de Fevereiro de 2018 às 19:48
Uma ratinha, vá.
Ana Matos Pires a 9 de Fevereiro de 2018 às 00:23
Chegámos bem a casa, obrigada pela preocupação.
Ana Matos Pires a 9 de Fevereiro de 2018 às 00:23
A fraca aderência da população a este manifesto tem como fator importante a pouca credibilidade interna (na ULSBA) que o movimento tem.
Anónimo a 9 de Fevereiro de 2018 às 00:16
Corrija lá isso, é adesão, não aderência.

(e está equivocado(a), não qualquer "movimento")
*não há, faltou o verbo.
Ana Matos Pires a 9 de Fevereiro de 2018 às 00:25
Há movimentação...
Anónimo a 9 de Fevereiro de 2018 às 01:01
Pelo tom morno do texto, percebe-se que não quiseram fazer um apelo de mobilização dos utentes. Uma coisa semipública quanto baste. Apenas querem ganhar ascendente na hierarquia?
Anónimo a 9 de Fevereiro de 2018 às 08:42
Bingo! Fomos caçados.
Ana Matos Pires a 9 de Fevereiro de 2018 às 09:37
Não concordo que tivessem sido apagados alguns comentários...em nome da verdade democrática , ajudavam a alvitrar* algumas consciências mais adormecidas.
Anónima a 10 de Fevereiro de 2018 às 02:48
Mas foram apagados comentários aqui do Alvitrando?
É modelo novo não?
Anónimo a 10 de Fevereiro de 2018 às 08:49
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Sr. Presidente Paulo Arsenio o que se passa com os...
Tenho uma dúvida, será que com a praia cheia de pe...
Toino João!...
Belíssimo cartaz!
Pseudo anónimo das 14.00, não tenho procuração do ...
Quem ainda mantém este esquema de análise - a ilus...
O Dr. Munhoz Frade não tem a receber lições de mor...
Quem se atreve a mandar postas de pescada a quem s...
A propósito de opção de classe: qual foi a opção q...
Anónimo das 14:00h: quem não assume a identidade p...
Estou a ver-te de mãozinha estendida a tentar toca...
E mal gerido por aprendiz de feiticeiro..A casa nã...
Em Beja...
À falta de assunto, sai lá uma praia.
O SNS está FALIDO!!!
blogs SAPO