Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Maioria CDU na Assembleia Municipal aprovou extinção da INOVOBEJA

Foi ontem aprovada, com os votos da maioria CDU na Assembleia Municipal de Beja, a extinção da empresa municipal INOVOBEJA, com o fundamento na insustentabilidade económica e financeira.

O PS afasta o argumento financeiro, uma vez que a empresa só apresentou resultados negativos em 2013. “Houve transferências que não foram feitas do município para a INOVOBEJA que levaram à situação de resultado negativo” afirmou Paulo Arsénio.

O vereador Manuel Oliveira adiantou que os projectos a cargo da INOVOBEJA vão ficar a cargo de um Gabinete de Desenvolvimento que será criado pelo município, não se comprometendo com a garantia de emprego em relação às trabalhadoras da empresa.

In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=4355

 

Importa recordar que esta empresa municipal foi criada pela Câmara Municipal de Beja, de maioria CDU, presidida por Francisco Santos. É caso para se dizer que mudam os tempos mudam-se as vontades. Mas seria importante explicar porque mudaram as vontades da CDU, porque as razões apresentadas para a extinção da INOVOBEJA não parecem justificar tal decisão.

5 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Ana Matos Pires

    Como dizia o outro "seu grandessíssimo e alternadí...

  • Anónimo

    Perdeu uma boa oportunidade de estar calado porque...

  • Vitor Paixão

    Por vezes dou comigo a pensar se falo, se fico cal...

  • Anónimo

    Saloio é você seu atrasado mental

  • Anónimo

    Já a pensar nas criticas ao festival ainda ele não...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.